(1) 2 3 »


e quando as máscaras caem (baixinho)
sem nome
Ó cara de cachorro vira lata, se vens do manicómio, garante-te que aqui não há lugar para tua cura, o melhor é virares teu focinho fedorento para outras paradas.

upanhaca

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=316884 © Luso-Poemas[/quote]

...................................................................................
...................................................................................







às vezes gostava de me enganar... enfim
é
quanto mais vejo menos me apetece ver




.

Criado em: 1/12 13:27
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
31/3/2008 18:45
De Braga
Mensagens: 8003
realmente achei uma indecência o insulto do upanhaca só porque tiveste opinião contrária à dele sobre o divórcio; enfim, também li os comentários e sobretudo um deles fartei de rir por conhecer aquele ditado, faz o que digo não faças o que faço....enfim, alguém descobriu a pólvora...

Criado em: 1/12 18:57
_________________
RoqueSilveira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
sem nome
sabes que este é o papel que menos gosto de fazer mas eu ainda acredito no ser humano com tudo o que isso implica.

não precisamos de ser todos da mesma opinião em relação a um determinado assunto mas a forma como as pessoas reagem por vezes... aqui há dias deixei um comentário num poema sobre o fidel castro do nosso amigo poeta Araújo e ele tem uma opinião diferente da minha, mas foi de uma elegância... por isso eu continuo a acreditar

um abraço grande para ti

Criado em: 1/12 20:09
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
21/1/2015 0:03
De Sol Poente
Mensagens: 3652
Cara Amiga, é preciso ter factos concretos para chegar a conclusão de quem insultou quem, por isso leia os seguintes trechos:
…acho que nem o pior escritor do século 15 tinha semelhante pensamento
…parece que por aqui anda tudo tolo. Desculpe…
Em caso de dúvida vá ao: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=306335

Leia na íntegra o 1º comentário do antónioventura e me diga quem proferiu primeiros insultos.
Se a verdade existe é para ser dita longe das parcialidades.

Criado em: 2/12 2:11
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
sem nome
Adelino... nhaca, disse assumo-o e repito, em letra grande a ver se o menino entende. e não traga para aqui apenas e somente um exerto do que eu disse.

esquecer o divorcio é amar a morte. e os pequenos não teem de ter um futuro comprometido por causa disso. talvez seja assim com atrasados. as partes se forem além de si mesmas acautelando os seus, não teem de viver presas porque se enganaram ou porque o amor simplesmente acabou. antigamente era assim, e hoje isso ainda acontece por causa do super ego e dos interesses, além do ciúme e outros sentimentos e razões... estúpidas.
é como digo, a verdade de alguns está ultrapassada e é prejudicial à salutar vivência humana. o amor nada tem haver com a morte. mais um texto... será que as pessoas não teem o direito de serem felizes em qualquer altura das suas vidas? acho que nem o pior escritor do século 15 tinha semelhante pensamento mas, é somente a minha opinião. eu ainda acredito no amor. e sei que há casos que duram uma vida. mas quando assim não é, quando a relação se torna uma ralação, então o melhor é o divorcio, até por respeito e salvaguarda dos respectivos descendentes.
parece que por aqui anda tudo tolo. desculpe...


Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=306335 © Luso-Poemas

o divorcio é um mal menor na vida das pessoas. o pior é viver uma farsa e meter as crianças que são a parte mais sensível e prejudicadas com o pensamento expresso no seu texto. quando as pessoas são civilizadas assumem a responsabilidade de tal acto blindando e apoiando os seus descendentes em todas as fases das suas vidas, principalmente nessas alturas em que todos numa primeira fase sofrem com uma separação. por isso disse que o seu pensamento é realmente nefasto à salutar vivência das partes. posso até estar errado, o sinceramente não me parece, mas isso não significa que você tenha esperneado berrado e sei lá quantos mais ados por causa do que lhe disse. afinal, todos são abertos à mudança, de língua, porque quando se trata de mudar... são capazes de fazer cenas que nem ao diabo lembraria.

a boa literatura choca e não deixa de ser boa por isso.
você, e repito, deve ser mais uma vítima do facebook onde todos cagam as suas verdades... será que estamos a criar pessoas para a vida ou bebés atrasados mentais?!

olhe, quando postei aqui este caso tinha na ideia apagar o post após dois ou três dias porque o fiz para lhe mostrar a sua cara ao espelho. agora ainda vou pensar se o apago ou não.

se queria debater uma opinião sobre este assunto, fê-lo da pior maneira. você vive na civilização ou no meio do mato? (não responda que eu não tenho tempo para isto, demonstre-o com atitudes.

bem, hoje até já estou atraso para os meus afazeres e... até amanhã ou até um dia destes.

Criado em: 2/12 10:03
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
21/1/2015 0:03
De Sol Poente
Mensagens: 3652
Ao longo dos comentários vejamos quem mais usou palavras indecentes
21 de Novembro 2016
antónioventura diz:
-acho que nem o pior poeta do século 15 tinha semelhante pensamento
-parece que aqui anda tudo tolo. Esculpe…

Responde upanhaca:
Caro amigo, não venhas por aqui cuspir teu veneno, a tua forma de expressar usando insultos, demonstra que fazes parte problema; homem que não respeita a si mesmo, não respeita os outros, muito menos as mulheres.
Se mau trato é teu forte, claro, concordo contigo.

antónioventura diz:
-ora o que é que se chama a um pensamento de atrasado? Atrasado com certeza.
-já agora, nhaca é nome de gente ou de crocodilo!

Responde upanhaca:
-O teem é desconhecido na língua portuguesa, será que querias dizer "Têm"? Reveja teus erros e vá aprendendo. “Em resposta ao um erro meu, concodo ao invés de concordo que ele diz não conhecer”

E desculpe-me lá, mas a verdade tem de ser dita, doa a quem doer.

antónioventura diz:
-tanta informação, tanta sabedoria, e cada vez as pessoas estão cada vez mais burras e pior, mais estupidas e fundamentalistas
-conheces o cócó o facada e o ranheta? Sodasse

Responde upanhaca:
Na língua que tu criaste, claro.
Vai dar curvas noutras paradas
e passe bem, não se diz: passar bem. OK!

Tchau, até nunca mais.

Abraço!
Upanhaca

antónioventura diz:
-peixe! a sério. deixa de ser burro pá. vai para escola ó azeiteiro. até sempre. ficai com o vosso mundo pequenino. continuai a pedir uns aos outros para seres ninguém e ide à grandessíssima merda. merda. está bem assim.

Insatisfeito continua antónioventura:
-deves ter fodido o focinho à tua mulher, ela pôs-te os cornos e agora eu é que tenho de te aturar! eheh se te pôs os cornos fez ela muito bem. Todas as mulheres deviam pôr corno a gente pequenina como tu. E havia de ser comigo que assim eles cresciam-te até ao céu filho duma

Responde upanhaca:
-Seja civilizado ó cão sanhado, fizeste bem de ter ido embora, porque no Luso não cabem os incultos.
Em caso de dúvida, leia:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=306335

Os insulto continuam e é o antónioventura agora albertos quem começa
30 de Novembro 2016
albertos comenta:

para um analfa beto

Elucidado com um video em:
https://youtu.be/KEFBXL1w9e0
Nota: comentário retificado para: um bom poema ao invés de "para um analfa beto" original.

responde upanhaca:
Ó cara de cachorro vira lata, se vens do manicómio, garante-te que aqui não há lugar para tua cura, o melhor é virares teu focinho fedorento para outras paradas.

Elucidado com um video em:
https://youtu.be/B5TPrVYFNIo

Em caso de dúvida, leia:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=316884

Criado em: 2/12 12:52
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
sem nome
veem teem deem

análise feita eeeeeeeeeee....

eu escrevi foido! pois, mas é fodido que se diz sabias! estás habituado aos cordeiros! olha se quiseres pagar um pc novo agradeço porque o meu...

não sabia que hoje era dia de missa cantada mas, venha daí sete e quinhentos de vinho e já agora, o troco de rebuçados.

adios

Criado em: 2/12 14:24
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
21/1/2015 0:03
De Sol Poente
Mensagens: 3652
Reparem nesta frase de antónioventura:
- ficai com o vosso mundo pequenino. continuai a pedir uns aos outros…

Esta frase é dirigida só a mim ou a todos os autores e leitores do LUSO-POEMAS?
Espero que a verdade seja dita sem imiscuir-se com as parcialidades.

Em caso de dúvida, LEIAM:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=306335

upanhaca

Criado em: 2/12 15:08
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
31/3/2008 18:45
De Braga
Mensagens: 8003
Caro Adelino, eu li e mantenho o que disse...
nas transcrições dos comentários do Alberto não estão insultos, são meras opiniões; o que é escritor mau ou bom? mera avaliação subjectiva; o que para uns é bom para outros pode ser mau: isso não constitui insulto.
e dizer que parece que anda tudo tolo, será insulto? não creio, não é dirigido a ninguém especial, e como eu não enfio a carapuça, até porque discordo que se mantenha um casamento de fachada, por amor aos filhos, até jogo o chapéu para longe...
Foi o Adelino que insultou e ainda veio com lições de português para humilhar...pensava melhor de si, lamento!
E quanto a avaliação de poemas o alberto, até pode dar uns erritos de português, mas tem uma escrita sensacional que tomara a maioria de nós um dia lá chegar; o alberto ir embora do site é uma perda para o luso-poemas e para todos nós; lamento também que o Adelino não tenha tido a capacidade de ver isto, nos seus deselegantes comentários ao escritor.
Enfim...falta de capacidade de interpretação e de encaixe, é o que penso!

Criado em: 2/12 17:59
_________________
RoqueSilveira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: e quando as máscaras caem (baixinho)
Colaborador
Membro desde:
21/1/2015 0:03
De Sol Poente
Mensagens: 3652
A verdade aqui exposta é clara como a luz do dia. Não importa o jogo das parcialidades.
O provérbio“faz o que digo não faças o que faço…” , dito na hora da virada da verdade, encaixa cabalmente no perfil de quem o diz e não desfaz o que alguém disse.

upanhaca

Criado em: 3/12 12:02
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados