http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

O meu caderno

 
Tenho um caderno pautado
Com muitas linhas escritas...
Nunca está acabado
Nem tem coisas já ditas,
Não se vê ou está guardado
E não é coisa de inteligente letrado.

Tem as mãos que também tenho,
As que estão coladas aos braços... os meus,
Tem os olhos com que olho
Para um mundo cheio de céus
E tem a boca com que contorno
Os lábios que são teus.

Tenho um caderno pautado
Com muitas linhas vivas...
Nunca está arrumado,
Nunca está fechado,
Só vive, vivo escrito
Nas palavras que guardo.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
3535
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 25/06/2007 16:14  Atualizado: 25/06/2007 16:14
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: O meu caderno
Esse caderno bem poderia ser a tua vida, e se vive das tuas palavras, espero que tenha uma longa vida, meu amigo!

Beijinhos

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 25/06/2007 17:11  Atualizado: 25/06/2007 17:11
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: O meu caderno
Aqui está um caderno maravilhoso
beijos

Tália
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...