http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA

 
No armário de cedro-branco
Sua coleção de camisas
De mangas compridas
Gastas, descoloridas,
Engomadas a favor do sol,
Impecavelmente penduradas.

No rodapé do quarto
Pequeno por terminar,
Suas botinas de couro
Amareladas pela ferrugem,
Pisam com o solado do calcanhar
O chão gelado de vermelhão.

No prego da parede musgada,
Seu chapéu panamá
Meio de lado,
Refrigera a parede
Descascada, parada.

Rindo do próprio corpo
Debilitado,
Seus olhos por onde
Aprendi a olhar,
Vestem-se com a brisa da tarde
E varrem as folhas secas
Calçando os pés inchados.

Na lembrança,
As ferramentas
Do desbravador de tempos:
Caneta,
Machado,
Enxada...

Vida:
Sob a sombra sagrada
Da paineira
Estalando painas,
Réstias de neve tropical
Voam livres pelo ar,
Sobre seus cabelos raros.


Edilson José

 
Autor
Edilson José
 
Texto
Data
Leituras
2172
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
56 pontos
32
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 13/11/2009 14:40  Atualizado: 13/11/2009 14:40
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3233
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Edilson...

"NORTE E QUASE TUDO

Se te pudesse dizer
quanto eu gosto de ti,
sei que o mundo ficaria
da mesma forma rotunda,
mas, pai, talvez mais redonda,
inchada do orgulho são
que o vento, por pura inveja,
me roubaria à traição!...
Se te quisesse dizer
todo o amor que m'inspiras,
teria que inventar palavras
feitas do ar que respiro,
do pão que me alimenta,
dos conselhos que tu lavras
na seara de rebeldia
onde a vida me desafia!
(Eu sei, pai, Ela é mais forte,
ainda que, por ousadia,
eu finja olhá-la de frente!).
Mas sei que estás aí, pai,
a valer-me de escudo,
de norte, de quase tudo,
e nem são precisas palavras,
basta o teu abraço forte,
o teu olhar padroeiro,
teu bordão de caminheiro,
para me escreveres que sim,
que tanto gostas de mim!...
Pai, enseada que me abriga,
deixa que hoje te diga:
Todo o bem que te quero
só tem uma tradução...
e tu és a melhor lição!...
Pai..."

...um beijo.


Enviado por Tópico
mohammedbin@ig.com.b
Publicado: 13/11/2009 15:04  Atualizado: 13/11/2009 15:04
Novo Membro
Usuário desde: 13/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 5
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
As vezes a gente gosta,
e não sabe falar sobre esse gostar,
não sabe escrever sobre esse gostar,
foi o que me aconteceu ao ler este poema.
Um abraço fraterno


Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 13/11/2009 16:02  Atualizado: 13/11/2009 16:02
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3348
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Caro Edilson!

Não sei se serei capaz de dizer a alegria que os seus textos me trazem com a leitura. Existe aí uma bondade nos olhos que está acima de qualquer poeta. Deixa-me dizer que é boa poesia que nós todos buscamos enquanto caminhamos pelo Luso, mas quando ao bem escrever se encontra a bondade nas palavras, então temos magia e ficamos gratos ao tempo por seres deste meu tempo.
Um grande abraço com muita alegria por te ter lido.
JLL


Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 13/11/2009 16:03  Atualizado: 13/11/2009 16:03
Colaborador
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 500
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Pai, do amor que me deixaste,
Guardo a parte maior na casa
Onde cresci e me ensinaste
Que a vida não é estrada rasa...

Um abraço pelo belo e expressivo poema.


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 13/11/2009 16:14  Atualizado: 13/11/2009 16:14
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3257
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
olá Edilson,

e assim se passa uma vida à espera que a morte a chame.

beijo
MG


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/11/2009 16:15  Atualizado: 14/11/2009 11:26
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
ultimamente tenho orado mais. oro então por essa imagem viva que guardas no coração, e que trouxestes até nós neste poema. imagem do seu maior amigo, quiçá sua semelhança.



paciência e fé mano dill.

mano zen

ps.: o texto do poeta Pedro Geraldo, aqui do Luso. in voz; eu


Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 13/11/2009 20:54  Atualizado: 13/11/2009 20:54
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
...às vezes retemo-nos num ponto e ficamos a olhar embevecidos: este queria que fosse minha carne ou meu poema...das imagens provenientes de observador atento "camisas gastas, engomadas a favor do sol" à ternura contida, é posia bela, comovente, viva.

parabéns Edilson, meu fraterno amigo
arfemo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/11/2009 21:02  Atualizado: 13/11/2009 21:02
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
O meu abraço ao filho que qualquer pai (e mãe)gostaria de ter.

Parabéns pelo poema e pelo filho que é.

Marialuz


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 13/11/2009 21:28  Atualizado: 13/11/2009 21:28
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Este teu poema fez-me lembrar o meu pai,
e não pude evitar uma forte comoção.
Belo, muito belo Edilson, e tão triste,
meu amigo!
Beijos. Sabes...?
A vida é nesse aspecto muito, muito dolorosa.
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 14/11/2009 01:53  Atualizado: 14/11/2009 01:53
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
a poesia do teu olhar pousou sobre essa vida que (d)escreves com imensa ternura e sensibilidade.

comovente,edilson.

beijo,
alex


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 14/11/2009 09:54  Atualizado: 14/11/2009 09:54
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3541
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Não sei se a condição de filho foi quem te deu este olhar tão profundo, ou se foi a poesia de tuas palavras quem abriu o baú de memórias do poeta. Imagens que ficam gravadas como fica também a sua sublime poesia!
e acima de tudo a mensagem de amor e força!
beijo Dill,

Maria verde


Enviado por Tópico
ellianaalves
Publicado: 14/11/2009 14:23  Atualizado: 14/11/2009 14:23
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2008
Localidade: Petrolina-PE
Mensagens: 567
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Cada um de nós tem uma maneira de gosta...
Eu amei seu poema,parabéns
e bom final de semana...


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 14/11/2009 21:40  Atualizado: 14/11/2009 21:40
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 10978
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Amigo,
Linda esta tua homenagem ao homem simples que fez de ti o ser humano que és e que todos percebemos pelos valores que tens e que nos transmites na tua poesia.
Beijo
Nanda


Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 15/11/2009 23:28  Atualizado: 15/11/2009 23:28
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Curitiba - Paraná
Mensagens: 3191
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Olá Edilson,

Vir até sua página é a certeza de encontrar emoção
ao ler-te, nestas palavras simples existe uma vida
dedicada ao trabalho, nesta simnplicidade encontra-se a bondade dos humildes.
Texto de imenso valor poético! Vou guardar com carinho nos meus favoritos.

Afetuosamente

Fhatima


Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 15/11/2009 23:34  Atualizado: 15/11/2009 23:34
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2149
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Maravilhoso, suave,maravilhoso,suave, maravilhoso, suave, maravilhoso, ...

Beijocarinho, Lu


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/07/2010 03:29  Atualizado: 15/07/2010 03:31
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Edilson,
fui no passado, lembrei do meu paizinho, aiaai que dor da saudade...
"No prego da parede musgada,
Seu chapéu panamá
Meio de lado,
Refrigera a parede
Descascada, parada."
sabe ele não conseguia ir para lugar nenhum sem seu chapéu, eu não pude fazer um poema desse para ele...guardei meus sonhos com os poemas juntos, por longos anos...agora volto a activa...
esse vai para favorito...rs
pazzzzzz amigooooo
Pastora
Ana Vidal

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...