Luso-Poemas
Registe-se agora!     Login

Links patrocinados



Utilidades

Consultar

Outros

Quem está aqui

123 visitantes online (57 na seção: Poemas e Frases)

Lusuários: 0
Leitores: 123

mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Poemas : 

POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA

 
No armário de cedro-branco
Sua coleção de camisas
De mangas compridas
Gastas, descoloridas,
Engomadas a favor do sol,
Impecavelmente penduradas.

No rodapé do quarto
Pequeno por terminar,
Suas botinas de couro
Amareladas pela ferrugem,
Pisam com o solado do calcanhar
O chão gelado de vermelhão.

No prego da parede musgada,
Seu chapéu panamá
Meio de lado,
Refrigera a parede
Descascada, parada.

Rindo do próprio corpo
Debilitado,
Seus olhos por onde
Aprendi a olhar,
Vestem-se com a brisa da tarde
E varrem as folhas secas
Calçando os pés inchados.

Na lembrança,
As ferramentas
Do desbravador de tempos:
Caneta,
Machado,
Enxada...

Vida:
Sob a sombra sagrada
Da paineira
Estalando painas,
Réstias de neve tropical
Voam livres pelo ar,
Sobre seus cabelos raros.



Edilson José

Autor
Edilson José
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 1831
Favoritos 3
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
emanuel
pedaço de pano
sobre bolhas e algodão doce
alheio
há dois
Aleatórios
POEMA DO MAR QUE NÃO SEPARA
Ciclo
BARCO
Doce
ABRIL: UM POEMA PATRI-ÓTICO
Favoritos
«« Pequem estão à espera de quê«« - Antónia Ruivo
Ópio no Povo - Hugo Cabelo
Cotidiano (outro olhar) - Maria Verde
AO SEGUNDO OLHAR - AnaMartins
BÁRBARA, MEU AMOR - sandrafonseca
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 13/11/2009 14:40  Atualizado: 13/11/2009 14:40
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3042
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Edilson...

"NORTE E QUASE TUDO

Se te pudesse dizer
quanto eu gosto de ti,
sei que o mundo ficaria
da mesma forma rotunda,
mas, pai, talvez mais redonda,
inchada do orgulho são
que o vento, por pura inveja,
me roubaria à traição!...
Se te quisesse dizer
todo o amor que m'inspiras,
teria que inventar palavras
feitas do ar que respiro,
do pão que me alimenta,
dos conselhos que tu lavras
na seara de rebeldia
onde a vida me desafia!
(Eu sei, pai, Ela é mais forte,
ainda que, por ousadia,
eu finja olhá-la de frente!).
Mas sei que estás aí, pai,
a valer-me de escudo,
de norte, de quase tudo,
e nem são precisas palavras,
basta o teu abraço forte,
o teu olhar padroeiro,
teu bordão de caminheiro,
para me escreveres que sim,
que tanto gostas de mim!...
Pai, enseada que me abriga,
deixa que hoje te diga:
Todo o bem que te quero
só tem uma tradução...
e tu és a melhor lição!...
Pai..."

...um beijo.

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 13/11/2009 15:54  Atualizado: 13/11/2009 15:54
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/ Sterea
O poema que me deixa como comentário é lindo, demonstrando toda sua sensiblidade ao ler tão bem o meu poema.
Muito obrigado Sterea!
Um grande abraço
Edilson

Enviado por Tópico
mohammedbin@ig.com.b
Publicado: 13/11/2009 15:04  Atualizado: 13/11/2009 15:04
Novo Membro
Usuário desde: 13/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 5
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
As vezes a gente gosta,
e não sabe falar sobre esse gostar,
não sabe escrever sobre esse gostar,
foi o que me aconteceu ao ler este poema.
Um abraço fraterno

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 13/11/2009 15:58  Atualizado: 13/11/2009 15:58
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/moha...
As vezes é assim mesmo meu amigo...
A gente sente só.
Muito obrigado pela leitura.
Seja bem vindo!
Abraço fraterno
Edilson

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 13/11/2009 16:02  Atualizado: 13/11/2009 16:02
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3348
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Caro Edilson!

Não sei se serei capaz de dizer a alegria que os seus textos me trazem com a leitura. Existe aí uma bondade nos olhos que está acima de qualquer poeta. Deixa-me dizer que é boa poesia que nós todos buscamos enquanto caminhamos pelo Luso, mas quando ao bem escrever se encontra a bondade nas palavras, então temos magia e ficamos gratos ao tempo por seres deste meu tempo.
Um grande abraço com muita alegria por te ter lido.
JLL

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 14/11/2009 13:25  Atualizado: 14/11/2009 13:25
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA / JoseLuis
Olá meu caro amigo José!
De verdade lhe digo, seu comentário chega a me emocionar, pois vê exatamente aquilo que sempre busquei ao escrever, seja em poemas deste gênero, ou mesmo naqueles, onde teço versos às marteladas.
Difícil dizer da gente mesmo, mas sim amigo, existe muita bondade nestes olhos, muitas coisas positivas.
Um grande abraço.
Agradeço muito por ter voce me lendo, com tamanha perspicácia.
Edilson

Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 13/11/2009 16:03  Atualizado: 13/11/2009 16:03
Da casa!
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 486
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Pai, do amor que me deixaste,
Guardo a parte maior na casa
Onde cresci e me ensinaste
Que a vida não é estrada rasa...

Um abraço pelo belo e expressivo poema.

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 14/11/2009 13:27  Atualizado: 14/11/2009 13:27
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Olá, muito grato pela visita, comentário.
Abraço
Edilson

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 13/11/2009 16:14  Atualizado: 13/11/2009 16:14
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3208
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
olá Edilson,

e assim se passa uma vida à espera que a morte a chame.

beijo
MG

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 14/11/2009 13:28  Atualizado: 14/11/2009 13:28
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Oi conceição.
Sua presença na minha página é sempre motivo de alegria.
Muito obrigado pelo comentário.
Um grande abraço
Edilson

Enviado por Tópico
zésilveiradobrasil
Publicado: 13/11/2009 16:15  Atualizado: 14/11/2009 11:26
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/02/2008
Localidade: Niterói (em tupi-guarani = águas escondidas) RJ/Brazil
Mensagens: 13225
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
ultimamente tenho orado mais. oro então por essa imagem viva que guardas no coração, e que trouxestes até nós neste poema. imagem do seu maior amigo, quiçá sua semelhança.



paciência e fé mano dill.

mano zen

ps.: o texto do poeta Pedro Geraldo, aqui do Luso. in voz; eu

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 14/11/2009 13:34  Atualizado: 14/11/2009 13:34
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/ Mano zen
Eu não tenho palavras cara...
Não sei o que lhe dizer, fico na emoção...
Sei do tamanho da sua verdade, sei, ah, como sei...
É Lindo seu gesto, é coisa de poucos, de gente!
Obrigado irmão( Ao Pedro também)
Valeu, valeu mesmo...
Um beijo do mano de cá.
dillmenor

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 13/11/2009 20:54  Atualizado: 13/11/2009 20:54
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
...às vezes retemo-nos num ponto e ficamos a olhar embevecidos: este queria que fosse minha carne ou meu poema...das imagens provenientes de observador atento "camisas gastas, engomadas a favor do sol" à ternura contida, é posia bela, comovente, viva.

parabéns Edilson, meu fraterno amigo
arfemo

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/11/2009 23:19  Atualizado: 15/11/2009 23:19
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA ViVA/Arlindo
Comovente, de deixar qualquer um tufado é também seu comentário meu amigo!
Muito obrigado Arlindo!
Um grande abraço
Edilson

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/11/2009 21:02  Atualizado: 13/11/2009 21:02
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
O meu abraço ao filho que qualquer pai (e mãe)gostaria de ter.

Parabéns pelo poema e pelo filho que é.

Marialuz

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/11/2009 23:22  Atualizado: 15/11/2009 23:22
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re:POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/Maria luz
Que comentário bonito...
Que bom que assim enxergou; que bom ler o que escreveu!
Um grande abraço
Edilson

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 13/11/2009 21:28  Atualizado: 13/11/2009 21:28
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9701
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Este teu poema fez-me lembrar o meu pai,
e não pude evitar uma forte comoção.
Belo, muito belo Edilson, e tão triste,
meu amigo!
Beijos. Sabes...?
A vida é nesse aspecto muito, muito dolorosa.
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/11/2009 23:25  Atualizado: 15/11/2009 23:25
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re; POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/Vony
Olá Vóny.
O Poema é para ter este alcance mesmo, apesar de ter sido dedicado ao meu pai.
Que bom que gostou!
Muito obrigado pelo comentário.
Um abraço
Edilson

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 14/11/2009 01:53  Atualizado: 14/11/2009 01:53
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
a poesia do teu olhar pousou sobre essa vida que (d)escreves com imensa ternura e sensibilidade.

comovente,edilson.

beijo,
alex

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/11/2009 23:28  Atualizado: 15/11/2009 23:28
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/Alex
É o que eu pretendi Alexis, a maior ternura possível. Acho que o leitor percebeu isso.
Agradeço muito seu comentário
Abraço!
Edilson

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 14/11/2009 09:54  Atualizado: 14/11/2009 09:54
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3540
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Não sei se a condição de filho foi quem te deu este olhar tão profundo, ou se foi a poesia de tuas palavras quem abriu o baú de memórias do poeta. Imagens que ficam gravadas como fica também a sua sublime poesia!
e acima de tudo a mensagem de amor e força!
beijo Dill,

Maria verde

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/11/2009 23:32  Atualizado: 15/11/2009 23:32
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA/Maria Verde
O olhar é o olhar sim minha querida, de um tempo de observação profunda, traduzidos em versos...
Muito amor e força, ajudam na profundidade que falas.
Grato pelo comentário, demais de atento!
Um beijo
Dill

Enviado por Tópico
ellianaalves
Publicado: 14/11/2009 14:23  Atualizado: 14/11/2009 14:23
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2008
Localidade: Petrolina-PE
Mensagens: 567
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Cada um de nós tem uma maneira de gosta...
Eu amei seu poema,parabéns
e bom final de semana...

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 18/11/2009 17:21  Atualizado: 18/11/2009 17:21
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Olá!
Agradeço as palavras
Abraço
Edilson

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 14/11/2009 21:40  Atualizado: 14/11/2009 21:40
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 10829
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Amigo,
Linda esta tua homenagem ao homem simples que fez de ti o ser humano que és e que todos percebemos pelos valores que tens e que nos transmites na tua poesia.
Beijo
Nanda

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 18/11/2009 17:22  Atualizado: 18/11/2009 17:22
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Obrigado minha amiga!
Obrigado por enxergar em mim este homem...
Um beijo
Edilson

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 15/11/2009 23:28  Atualizado: 15/11/2009 23:28
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Curitiba - Paraná
Mensagens: 3177
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Olá Edilson,

Vir até sua página é a certeza de encontrar emoção
ao ler-te, nestas palavras simples existe uma vida
dedicada ao trabalho, nesta simnplicidade encontra-se a bondade dos humildes.
Texto de imenso valor poético! Vou guardar com carinho nos meus favoritos.

Afetuosamente

Fhatima

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 18/11/2009 17:24  Atualizado: 18/11/2009 17:24
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Belas palavras Fhátima, sempre positivas!
Muito grato!
Abraço
Edilson

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 15/11/2009 23:34  Atualizado: 15/11/2009 23:34
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Maravilhoso, suave,maravilhoso,suave, maravilhoso, suave, maravilhoso, ...

Beijocarinho, Lu

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 18/11/2009 17:25  Atualizado: 18/11/2009 17:25
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Bacana demais seu comentário.
Muito obrigado Lu!
Abraço
Edilson

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/07/2010 03:29  Atualizado: 15/07/2010 03:31
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Edilson,
fui no passado, lembrei do meu paizinho, aiaai que dor da saudade...
"No prego da parede musgada,
Seu chapéu panamá
Meio de lado,
Refrigera a parede
Descascada, parada."
sabe ele não conseguia ir para lugar nenhum sem seu chapéu, eu não pude fazer um poema desse para ele...guardei meus sonhos com os poemas juntos, por longos anos...agora volto a activa...
esse vai para favorito...rs
pazzzzzz amigooooo
Pastora
Ana Vidal

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/07/2010 20:21  Atualizado: 15/07/2010 20:21
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5551
 Re: POEMA SOBRE A SIMPLICIDADE DE UMA VIDA VIVA
Este poema é especial!
Fico feliz que tenha te tocado, feito bem.
Grato Ana!
Edilson

Login

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Leia também

  • Poemas - ver - snapelouz

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...