Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

197 visitantes online (76 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 7
Leitores: 190

MaryFioratti, Mademoiselle Taty_Ana, marciocorrea, Jairo Nunes Bezerra, martims, Nanda, acalenta, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Homenagens : 

Morreu-me um amigo

 
<object width="0" height="0"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/Ih61MJ72v1Y& ... t;</param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/Ih61MJ72v1Y& ... PT&fs=1&&autoplay=1" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="0" height="0"></embed></object>

Clique para ver a imagem original em uma nova janela



Olho
Nos olhos rugosos
De pessoas apáticas
Ou sorumbáticas
Que buscam
Obliterando
O presente
E o futuro,
Solução
Para um mundo
Supra decadente(!)
Encontro,
Casualmente,
A controversão
Nos olhos de alguém,
Que,
Sobranceiro a ele
Extravasa
Toda a sua alegria(?)
Liberdade,
Euforia...
Forever?


(23-VII-83 _ Florentino)



*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

Poema de um amigo meu de longa data, que me marcou bastante na minha adolescência, talvez pelas suas ideias religiosas já bastante vincadas na altura e que me levaram a admirar a sua fé incondicional e vontade de contagiar quem consigo privasse mais de perto. Por circunstancias da vida, perdi-lhe o rasto e há já quase trinta anos que nada sabia dele... há uns dias atrás e por um acaso, reencontrei-o aqui. Movida pela curiosidade, pesquisei pelo seu nome na net e o que encontrei foi isto... Florentino Lavrador, uma pessoa humilde como o era o berço onde nasceu. Oriundo de uma aldeia da minha freguesia(Dreia). Um homem de uma fé extrema, que o levou a viajar até ao outro lado do mundo, numa missão tão sua, a de espalhar a sua enorme bondade e convicção religiosa, junto dos povos mais desfavorecidos deste nosso planeta.

Clique para ver a imagem original em uma nova janela


Junto-lhe uma imagem de si próprio enquanto jovem e que guardei religiosamente ao pé de todas as outras que me ofereceu, a maior parte de flores e paisagens nocturnas da sua bela cidade que o acolhia na época.

Era um poeta, um missionário e um amigo(dos primeiros amigos a sério que tive).
Faleceu há poucos dias...
Esta é a minha singela homenagem em sua memória!
Autor
cleo
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 26205
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
Noventa anos é capaz de ser muito tempo
Porquê?
Reminiscências
Os que se esqueceram de morrer
Autoretrato
Aleatórios
O retrato
Gente da minha terra...
Esta noite lembrei-me de ti, pai...
Um Feliz Natal para todos!
Pai Das Donas
Favoritos
Tragédia - poesiadeneno
"Nos teu dedos" Poema escrito e declamado por: Vóny Ferreira - VónyFerreira
arma dura - Margarete
só o rio corre... - rosafogo
Era uma vez uma história começada por era uma vez - SilvaRamos
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 15/11/2009 00:50  Atualizado: 15/11/2009 00:50
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4526
 Re: Morreu-me um amigo
Muito bonita esta tua homenagem Cleo.

Que todos tivessem uma amiga como tu.
Beijinho
Antonieta

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 15/11/2009 01:01  Atualizado: 15/11/2009 01:01
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4180
 Re: Morreu-me um amigo
Bela homenagem a um homem que pelo que foi e pelo que fez merecia muito mais homenagens.

È emocionante ver que ainda existem seres humanos assim, capazes de se dedicarem a uma causa tão nobre, lutando por aquilo em que acreditam.

E tu poetisa obrigado pela tua partilha.

Jinhos
Tudo de bom para ti

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 15/11/2009 01:03  Atualizado: 15/11/2009 01:03
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Morreu-me um amigo
...da medida da dor, a bitola é o texto... e a perda de um amigo, mesmo que intermitente, deixa sempre um travo adstringente (às vezes um pequeno remorso: será que poderia ter sido um pouco diferente - não tão ausente?)...mas essa é teologia da vida...

bj
arfemo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2009 01:15  Atualizado: 15/11/2009 01:15
 Re: Morreu-me um amigo
morreu-te o amigo, o poeta. será? não creio! vejo-o incrustrado na sua memória iluminando com sua poesia. amigos a sério, são imorríveis.
singela homenagem, porém... linda.
um beijo, fraterno abraço Cleo.

Silveira

Enviado por Tópico
MarciaOliveira
Publicado: 15/11/2009 01:19  Atualizado: 15/11/2009 01:19
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2008
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: Morreu-me um amigo
Lindo! Simples assim.
Carinho,
Má.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 15/11/2009 04:30  Atualizado: 15/11/2009 04:30
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14620
 Re: Morreu-me um amigo p/ cleo
Ah! Querida amiga

Uma linda homenagem para um
amigo que de verdade nunca
saiu do seu coração, pena
pessoas maravilhosas passarem
e tão rapidamente partirem
e deixando uma marca no coração

Fiquei emocionada ao ler a história
de vida e amizade que aqui postou...

Tem pessoas que tem seu próprio
perfume e quando passam por nossa
vida demarcam a grandiosidade de
sua alma...

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 15/11/2009 08:14  Atualizado: 15/11/2009 08:15
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 10917
Online!
 Re: Morreu-me um amigo
Cleozinha,
Uma bonita e sentida homenagem a um amigo que muito te marcou por ser uma pessoa de fé, convicção e bastante determinada em partilhá-las com o mundo.
Alguém que fez a sua caminhada conduzida por Deus até ao momento em que o Senhor o chamou, precisamente por ser um ser muito evoluído.
Tenho a certeza que onde quer que esteja te protegerá com a sua luz.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 15/11/2009 08:45  Atualizado: 15/11/2009 08:45
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7072
 Re: Morreu-me um amigo
Bela homenagem Cleo, Sente-se que sai do coração com muita nobresa.

Bjs e bom domingo, poeisa
A. da fonseca

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 15/11/2009 11:09  Atualizado: 15/11/2009 11:09
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: Morreu-me um amigo
forever... o brilho duma nova estrela pairará nos céus...

Tenho a certeza que sorriu com esta homenagem.

Obrigado, Cleo, por esta partilha!

Forte Abraço

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 15/11/2009 11:40  Atualizado: 15/11/2009 11:41
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3855
 Re: Morreu-me um amigo/resposta a todos
A todos quantos leram esta minha singela mas sentida homenagem, o meu profundo agradecimento. Aos que aqui deixaram o seu carinho em palavras, o meu sincero obrigado!
Se realmente Deus existir, decerto que lhe deve ter guardado um lugar confortável, lá... onde quer que ele esteja.

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 15/11/2009 11:44  Atualizado: 15/11/2009 11:44
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: Morreu-me um amigo
Cléo,

Ao longo da vida conhecemos pessoas que nos marcam.
O teu amigo Florentino fez uma boa escolha.
Há uma carência de atitudes altruístas,com esta,na sociedade em que vivemos.

Uma bonita e merecida homenagem, da tua parte.


Bjo

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 16/11/2009 00:13  Atualizado: 16/11/2009 00:13
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3855
 Re: Morreu-me um amigo
Neno
Houvessem mais almas como esta e o mundo seria bem diferente!

Obrigado

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 15/11/2009 21:28  Atualizado: 15/11/2009 21:28
Administradora
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 1989
 Re: Morreu-me um amigo
A missão dele continua em outras moradas, Cleo. Uma linda homenagem ele recebe de suas mãos e, onde quer que ele esteja agora, tenho certeza que ele lhe sorri.

Bj.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 16/11/2009 00:15  Atualizado: 16/11/2009 00:15
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3855
 Re: Morreu-me um amigo
Helen
A sua missão continuará sempre...

E sim, tenho a certeza que me sorri!

Obrigado

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2009 21:46  Atualizado: 15/11/2009 21:46
 Re: Morreu-me um amigo
Cleo.

Sou fã de primeira fila
do que você escreve.

E gostei demais deste também.

Beijos

Ulysses

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 16/11/2009 00:17  Atualizado: 16/11/2009 00:17
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3855
 Re: Morreu-me um amigo
Ulysses

Mais uma vez, só me resta agradecer... emocionada.

Beijo

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 16/11/2009 00:18  Atualizado: 16/11/2009 00:18
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2829
 Re: Morreu-me um amigo
Um amigo verdadeiro vive para sempre junto de nós, a tua homenagem está linda!

Beijocas

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 16/11/2009 00:45  Atualizado: 16/11/2009 00:45
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3855
 Re: Morreu-me um amigo
Tal como disse o nosso amigo Silveira, um amigo verdadeiro é imorrível!

Obrigado MIM

Beijo

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 17/11/2009 23:19  Atualizado: 17/11/2009 23:19
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5046
 Re: Morreu-me um amigo
Uma bela e sentida homenagem...

Beijinho

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...