http://spumis.pt/
 
Poemas -> Amizade : 

Amigos verdadeiros - Feliz Dia do Amigo (AjAraujo)

 
Open in new window












"Existe uma velha crença
De que em algum porto distante,
Longe da dor, da descrença,
Amigos dos velhos tempos,
hão de se encontrar um dia."
Jan de Ortegon, Fragmento do Livro: O Porto Distante.

Amigos verdadeiros

Amigos tengo, sin duda
Amigos tenho, sem dúvida

Pero, siento la ausencia
Porém, lamento a ausência

De la voz tan tierna, la fuerza
Da voz tão terna, a força

Amigos tengo, sin duda
Amigos tenho, sem dúvida

Ellos son la viva luz
Eles são a viva luz

de mis sueños de paz
de meus sonhos de paz

Amigos tengo, sin duda
Amigos tenho, sem dúvida

A ellos puedo confiar mis secretos
A eles posso confiar meus segredos

son fuente segura de consejos
são fonte certa de conselhos

Amigos tengo, sin duda
Amigos tenho, sem dúvida

Para los verdaderos no hay lejania
Para os verdadeiros não há distância

llegam muy pronto por la batalla
chegam sempre prontos para a batalha

Amigos tengo, en estos tiempos
Amigos tenho, nestes tempos

ellos pueden hacer la diferencia
eles podem fazer a diferença

aún que marchen en otras frentes, rumos
ainda que caminhem em outras frentes, rumos

Solo la amistad lleva la esperanza
Somente a amizade renova a esperança...


AjAraújo, o poeta humanista, poema bilíngue escrito sobre a amizade sincera, em julho de 1982.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
820
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...