http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

quieta

 
não quero um tempo
em que me perca
ignoro o vento,a hora certa,
não sei do chão,do céu,
da vida,
da chegada,
ou da partida
não sei de mim
do que me cerca
não sei enfim
porque me movo

ficarei quieta,
enquanto morro.


cruz mendes

 
Autor
Alexis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2338
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
38 pontos
22
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 09/04/2010 01:51  Atualizado: 09/04/2010 01:51
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17501
 Re: quieta
Esse silencio só faz barulho or dentro, um barulho mansinho, como quem voa e não volta. Lindo! bjs


Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 09/04/2010 01:51  Atualizado: 09/04/2010 01:51
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 1731
 Re: quieta
Alexis,

há uns anitos cantarolava eu, enquanto caminhava para os exames, "para quê lutar se a vida não se vence". Ainda hoje ignoro se terei ouvido essas palavras em algum gramofone ou transistor roufenho desses que era vulgar ver ao ouvido de personagens absortas nas tardes de domingo em que havia relatos de futebol. Contra a lógica da morte (parar é morrer)mover, mover.

Beijo


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 09/04/2010 07:42  Atualizado: 09/04/2010 07:42
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga - Vila Verde
Mensagens: 7859
 Re: quieta

quando tem de ser...
já eu estrebucho muito, mas a saída é igual para todos, é sempre uma morte...
Beijo


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 09/04/2010 08:03  Atualizado: 09/04/2010 08:03
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: quieta
Parar - só por si - já é morrer...

Um poema triste...
(o suficiente para deixar uma pessoa inquieta.)

Grande abraçooo!

Abilio


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 09/04/2010 10:06  Atualizado: 09/04/2010 10:07
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2604
 Re: quieta
Divinal!
Palavras que chegam num tempo certo. Este que te leio e me deixam assim quieta, ouvindo o seu eco.

Adorei

Bjs


Matilde D'Ônix


Enviado por Tópico
Margarete
Publicado: 09/04/2010 22:11  Atualizado: 09/04/2010 22:11
Colaborador
Usuário desde: 10/02/2007
Localidade: braga.
Mensagens: 1199
 quieta à alexandra
enquanto for no vento,com o vento, na espera desenfreada de quem sente. enquanto eu estiver vento, vendo, de dentro quanto sofre um coração ferido. talvez a dor por enquanto arda no corpo todo, a pele. por certo dói. mas acredito que este encolher de noite a (re)transforme, na mutação do gesto, aquele abraço, a destruir o tempo que doer.

quero um abraço, quando a noite vem de dentro de si mesma, salta para dentro da minha sombra, fica. como tu ficas alexandra. como tu ficas...

um beijo,
tua mar menina.



p.s. saudade.


Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 09/04/2010 22:24  Atualizado: 09/04/2010 22:24
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 665
 Re: quieta
Olá Alexis

Senti-a hoje muito “quieta”, mas prefiro vê-la inquieta.
A quietude tem duas vertentes: a do descanso, que fica entre dois tempos activos; e a do descanso per seculum-seculorum…
Este último faz-nos pensar de vez em quando.
Depois deste divagar semi-patético, deixe-me que lhe diga que eu acredito na Vida.

Fraterno abraço
Antonius


Enviado por Tópico
Dakini
Publicado: 10/04/2010 13:55  Atualizado: 10/04/2010 13:55
Da casa!
Usuário desde: 24/03/2010
Localidade: Espaço reduzido
Mensagens: 316
 Re: quieta
Um momento de quietude, que me tocou, num belo mas belo poema

Bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/04/2010 15:38  Atualizado: 10/04/2010 15:38
 Re: quieta
não sei de mim
ando absorto

Genial

Albertos


Enviado por Tópico
AnaMartins
Publicado: 10/04/2010 19:37  Atualizado: 10/04/2010 19:37
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 2221
 Re: quieta
É caso para dizer "atire a primeira pedra quem realmente de si souber". rsrsrs

E este "não saber" captaste na perfeição.

Saudade!


Enviado por Tópico
laroche_l
Publicado: 10/04/2010 20:00  Atualizado: 10/04/2010 20:00
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2010
Localidade:
Mensagens: 706
 Re: quieta
Por vezes é preciso, sim, sair um pouco de nós próprios, para encontrar a necessária clarividência e deixar morrer o que já não tem futuro. gostei.

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...