http://spumis.pt/
 
Contos -> Infantis : 

Margarida e a tempestade

 
Margarida e a tempestade







Era uma vez uma menina que gostava muito do mar chamada margarida ela vivia com seu pai, uma família humilde e pobre.

A Margarida quando chegava da escola passava a toda a tarde a ver o mar, ela não gostava de nadar, mas simplesmente ver o mar.

O seu pai que era um pescador fazia muitas viagens pelo Oceano.

Certo dia de manha quando Margarida ia para a escola o seu pai disse-lhe:

-Margarida, nós hoje à noite vamos fazer uma longa viagem de trabalho.

-Mas pai! Aonde vamos? Quanto tempo vai demorar?

Pois Margarida sabia que o pai quando fazia viagens de trabalho, demorava a voltar a casa e se ela ia com ele ainda mais ia demorar.

Margarida foi para a escola toda contente por no dia seguinte estar de ferias, mas ansiosa por ir fazer uma viagem de barco.

Quando margarida chegou da escola foi direta ao barco do seu pai.

Um barco grande e fantasma.Margarida ficou toda arrepiada se á tarde metia medo que faria á noite.

Quando Margarida e seu pai menos esperavam aconteceu algo horrível, uma tempestade.

Margarida já tinha visto aquilo em televisão, mas nunca pensava que lê ia acontecer.

-Margarida. Vamos, para porão.-disse o pai assustado com o que podia acontecer.

Quando Margarida entrou no porão só via teias de aranha, baratas, ratos...

Ela olhava meio espantada, diria fascinada com o que via, o cheiro a mofo era insuportável, os mosquitos eram demais, via no meio do pó algo viscoso e nojento mesmo, parecendo algas secas e estragadas.

E também uma mesa de madeira com cinco cadeiras de madeira.

E margarida e o pai sentaram-se a comer a comida que o pai trouxe de casa.

Passaram a noite no porão.

-Será que vamos poder voltar a casa?-pensava ela.

Mas amanheceu e continuava a tempestade passou mais um dia, chegou à noite e Margarida não agüentava mais.

A Margarida adormeceu num sono profundo e quando acordou não ouviu barulho nenhum então resolveu ver o que tinha acontecido pela clarabóia do porão.

Ela viu o mar sereno, nem parecia que tinha acontecido nada.Mas quando reparou, o seu pai não estava lá.

Margarida foi procura-lo e reparou que havia um barco encostado ao do pai com uns homens que não pareciam fazer coisa boa.

Mas Margarida viu seu pai naquele barco e viu seu pai com uma encomenda na mão e foi logo para o porão fazer de conta que não viu nada.

Seu pai apareceu no porão e ela fez de conta que estava acordar.

-Bom dia minha filha.

-Bom dia papa.-disse Margarida num tom estranho.

Margarida perguntou ao pai o que tinha na caixa que estava em cima da mesa e seu pai ficou com uma cara de estar a esconder algo.

-A caminho para casa eu conto-te.

E o pai contou a Margarida que lê tinha mentido sobre ser pescador.E disse que vendia armas para a sustentar.

Margarida embora estivesse magoada com seu pai pelo que faz, ela percebeu que seu pai fez isso por ela.

-Papa nunca mais faça nada ilegal promete.

-Prometo meu amor.

E assim o seu pai seguiu a vida de pescador.E foram uma família unida e feliz só pai e filha.







Autor: Margarida Martins

Data: 2010-08-15





Podemos entrar em contato com você via e-mail?*

sim

Conto feito pela Margarida com dez anos, minha filha
 
Autor
Betimartins
 
Texto
Data
Leituras
59232
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 16/08/2010 13:19  Atualizado: 16/08/2010 13:19
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2056
 Re: conto feito pela Margarida com dez anos minha filha- ...
O meu respeito e admiração por tão bela confecção, apenas me deixe confessar que devido ao momento que estou a passar longe da minha filha, o amor que a Margarida demonstrou pelo pai neste conto, apenas permitiu que as lagrimas me saltassem.
Que momento lindo.

Parabéns Margarida, tens um grande dom e um coração de ouro.

Beijinhos
Beija-flor
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...