Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

209 visitantes online (114 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 4
Leitores: 205

AlmaMater, saraabreu, LuísDiogo, Ro_, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Textos : 

COMÉDIA ROMÂNTICA

Tags:  destino    ironia    ROMÂNTISMO  
 



Gê Muniz

COMÉDIA ROMÂNTICA

Ele a detestava com todas as suas forças. Tomava-lhe algo orgânico, instintivo. Ele mesmo surpreendia-se com este rompante gratuito que não costumava fazer parte de seu repertório emocional. Eis que num dia acalorado cruzaram-se, ombro a ombro, na transição do meio-fio. Quando a viu, ele, resoluto, rangeu-lhe os dentes, idêntico a um cão raivoso. Saiu-lhe espontâneo, do mesmo modo que rosna um animal quando se sente acuado. Ela esbugalhou os enormes olhos azuis e riu debochada considerando o amalucado gesto dele uma espécie de contato imediato de terceiro grau, igual ao do filme. Achou-o muito, mas muito mais estranho do que um ET. Julgou aquilo performático, inusitado, original. Quando poderia imaginar uma atitude daquela vinda de um homem feito? Era impossível ignorá-lo dali por diante... Resolveu devolver para ele o cumprimento com o mesmo esganar de dentes só que acompanhado de um som gutural agudo, um tipo de sibilo. Quem estava passando em volta dos dois na calçada até tornou a cabeça para trás, estupefato. Aí foi a vez de ele gargalhar com gosto. Para ele, aquela reação foi tão ridícula, tão destoante da imagem que criara dela, que não conseguiu de modo algum prender o riso gago, incontido. Os dois, enquanto se entreolhavam sem conseguirem elevar os troncos arqueados por cólicas hilárias, não pararam de rir um do outro por uns bons instantes...

Quem quiser vê-los agora poderá conferir o desfecho. Com este calor dos infernos, estão tomando sorvete de limão na padaria e marcando um encontro no cinema para esta noite. Querem conferir uma daquelas comédias românticas desprovidas de qualquer realidade. Sim, eles combinam. Ambos acham-se muito "pé-no-chão"...
Autor
GeMuniz
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 4430
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
DESQUERER
SEQUIDÃO
NO TEMPO DAS TENDAS
AUTODESCONHECIMENTO
AS RUAS DE SÃO PAULO
Aleatórios
UM DESEJO TOLO NÃO PODE MAIS COMIGO
DIZ-QUE-ME-DIZ-QUE
DESINTOXICAÇÃO
FILME DUBLADO
CONSEQUÊNCIAS DO AMOR
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 13/11/2010 22:57  Atualizado: 13/11/2010 22:57
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9294
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
Amigo Poeta
Gê!

Já escutou o ditado"quem desdenha quer comprar?"
Então se explica a raiva mútua.
Só faltava um entendimento.
Bom texto!
Bjo no coração!
♫Carol

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 14/11/2010 00:46  Atualizado: 14/11/2010 00:46
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Carol Carolina
Verdade Carol... Às vezes sentimos uma emoção ameaçadora e tentamos brigar com ela, só isso... rs


beijos amiga!

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 13/11/2010 23:00  Atualizado: 13/11/2010 23:00
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
Há similaridade onde menos se espera. Bem bacana essa vertente de escrita. Mostra o quanto somos imperfeitos, rotuladores e que somos injustos na maioria das vezes.

Abraço

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 14/11/2010 00:47  Atualizado: 14/11/2010 00:48
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Ledalge
Os preconceitos são o principal entrava para qualquer tipo de relacionamento...

Obrigado por ler Ledalge.

bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2010 00:55  Atualizado: 14/11/2010 01:02
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
Não adianta lutar contra os fatos e possiveis acontecimentos, nesse caso contra o sentimento, o que tiver que ser será,rs

Parabenizo mais uma vez pela variação de linha poética tão bem confeccionada.

Beijos

Rosangela

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 14/11/2010 00:56  Atualizado: 14/11/2010 00:56
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Rosangela
Olá Rosangela, gostei do visual! Grato pela leitura, mais uma vez!

bj

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 14/11/2010 20:15  Atualizado: 14/11/2010 20:15
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 16197
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
e o tempo retém o chão para seu texto passar. com alegria, a mesma que me assaltou ao te er. bjs pra ti

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 15/11/2010 18:20  Atualizado: 15/11/2010 18:20
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Vania
Oi Vania. Alegria de você me ler, isso sim... Grato.

bjs!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2010 14:28  Atualizado: 15/11/2010 14:28
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
Ué.

Onde anda o poeta Muniz?

Esta fazendo falta, tenho certeza que outros poetas e poetisas compartilham da minha opinião,rs

Bora,bora.
Aliás venha,venha.

Abraço

Rosangela

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 15/11/2010 18:23  Atualizado: 15/11/2010 18:23
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Rosangela
Olá Rosangela... Olha eu estou por aqui agora... Tirei um final de semana prolongado para dar uma relaxada, ir nuns shows, cinemas e teatros por aí, mas já estou de volta... Grato pela lembrança dos meus textinhos! rs

bjs!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2010 18:03  Atualizado: 15/11/2010 18:03
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
Belo como sempre querido amigo, tipo (Eduardo e Mônica) rs




Beijossss

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 15/11/2010 18:23  Atualizado: 15/11/2010 18:27
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ Márcia Grossi
É... Acho que é meio por aí... Que o Renato Russo não o saiba... rs

beijos Márcia. Grato por ler!

Enviado por Tópico
deborabenvenuti
Publicado: 16/11/2010 12:30  Atualizado: 16/11/2010 12:30
Participativo
Usuário desde: 29/08/2010
Localidade: CASCAVEL / PARANÁ / BRASIL
Mensagens: 43
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA
MUITO BOM. GOSTEI.PARABÉNS!

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 16/11/2010 14:51  Atualizado: 16/11/2010 14:51
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: COMÉDIA ROMÂNTICA p/ deborabenvenuti
Oi Débora.. Valeu pela leitura. Grato!

beijos

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...