http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas -> Saudade : 

Dentro daquela casa, alguém morre...

 
Dentro daquela casa, alguém morre
como uma luz que esmorece lentamente.
Todos os dias a chama vai diminuindo, diminuindo
até quase não se distinguir da escuridão que a vai cercando.

Naquele quarto, alguém se extingue suavemente,
alguém que foi (é) importante para quem amava, e prestável
para quem precisava, sempre que podia.
- As almas boas são assim: são poucas as condições que colocam para se partilharem.

Numa cama alguém fecha os olhos guardando recordações.
As suas mãos, alvas, já pouco sentem, mas ainda se lembram das outras mãos que ajudaram.
E os sorrisos de agradecimento...
Os pés, descalços, ainda sentem as pedras dos caminhos rectos por onde andaram.
É muito intensa a memória do corpo...

Esta noite alguém morre,
alguém que não merecia (alguém merece?)
suavemente, quase como quem regressa ao útero materno, depois de tantos anos no seu exterior...

mas não andaremos todos a morrer um pouco todos os dias?


NR

 
Autor
nunorita
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3206
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/09/2007 07:29  Atualizado: 17/09/2007 07:29
 Re: Dentro daquela casa, alguém morre...
A VIDA É APENAS UMA PASSAGEM.
SEU POEMAS ESTÁ CHEIO DE SENTIMENTO E DE DOR, TODOS OS DIAS INFELEIMENTE EM MUITO LARES EXISTE UMA PESSOA QUERIDA QUE FALECE.
COMO BEM DISSE NINGUÉM MERECE MORRER, MAS É MAIS ETAPA DA VIDA, A VIDA CONTINUA EM OUTRO MUNDO MAIS JUSTO.


Enviado por Tópico
Raul Cordeiro
Publicado: 17/09/2007 09:17  Atualizado: 17/09/2007 09:17
Membro de honra
Usuário desde: 23/07/2007
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: Dentro daquela casa, alguém morre...
Um sorriso para tanta tristeza:

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=17301

Raul Cordeiro


Enviado por Tópico
Angela
Publicado: 17/09/2007 11:07  Atualizado: 17/09/2007 11:07
Colaborador
Usuário desde: 28/09/2006
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 567
 Re: Dentro daquela casa, alguém morre...
Um belo poema que evoca o mistério da morte...
Morte implacável mas que parece sempre tão distante...

Gostei muito.

Um beijinho grande.


Enviado por Tópico
Raul Cordeiro
Publicado: 18/09/2007 23:02  Atualizado: 18/09/2007 23:02
Membro de honra
Usuário desde: 23/07/2007
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: Dentro daquela casa, alguém morre...
triste mas verdadeiro num belo jogo de palavras que tive que vir reler.

Raul Cordeiro
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...