http://spumis.pt/
 
Poemas : 

AS CORES DA ALMA

 
“Estas palavras irão fazer cegos enxergar,
Estas palavras irão fazer surdos escutar,
Fracos irão ter suas forças renovadas,
Ateus irão descobrir no que acreditar.”

Sim, eu estou sendo impulsiva...
Falando o que vem na cabeça...
Eu sou tão imatura...
E tão pouco popular,
Mas acho que não é só isso...
O que tenho esperado...
A experiência tem me provado muitas verdades.

Hoje vou atrás da minha sorte.
Hoje me livro das minhas dúvidas.
Hoje enfrento meus fantasmas.
Coloco pra fora todas as minhas angústias...

Porque as cores da minha alma...
Estrapolam os limites da escuridão do infinito...

Bem, estou no jogo agora,
Fazendo minhas próprias regras.
“Botando pra quebrar” com minhas habilidades especiais.
Ninguém faz como eu.

Sim, eu estou sendo irônica...
Rindo das minhas próprias incertezas.
Eu estou tão fora de mim...
Que mal posso conter o que faço.
Mas acho que não é só isso...
O que tenho buscado...
A experiência tem me descoberto muitas realidades.

Hoje vou atrás da minha sorte.
Hoje me livro das minhas dúvidas.
Hoje enfrento meus fantasmas.
Coloco pra fora todas as minhas angústias...

Porque as cores da minha alma...
Estrapolam os limites da escuridão do infinito...
Porque as cores da minha alma...
Estrapolam os limites...


Querido diário,
Vou te contar meus segredos, minhas dores, meus medos...
Meus dias felizes, minhas surpresas, meus novos amigos, minhas superações...
Mas quando as portas se arrebentarem...
E as minhas cores se espalharem...
Eu não vou mais sentir medo e nem dor.
Vou lembra-los que estou aqui!
E vou mostra-los porque vim aqui!

Sim, eu estou sendo irracional...
Com tantas emoções coerentes.
Eu estou tão concentrada,
Que não dá pra segurar a tensão.
Mas acho que não é só isso...
O que tenho guardado em mim...
Meu mundo tem sido pequeno pra tudo que tenho!
Eu preciso ver o que há além das fronteiras!

Hoje vou atrás da minha sorte.
Hoje me livro das minhas dúvidas.
Hoje enfrento meus fantasmas.
Coloco pra fora todas as minhas angústias...

Porque as cores da minha alma estrapolam...
As cores da minha alma estrapolam...
Os limites do infinito.

 
Autor
Patricia_firenze
 
Texto
Data
Leituras
662
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 26/02/2011 23:07  Atualizado: 26/02/2011 23:07
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4210
 Re: AS CORES DA ALMA
As cores da tua alma são vibrantes...Tua força supera os limites...És destemida.Sinceramente gostei
da poesia!

Prazer em conhecer.

Saudaçõse poéticas

Varenka

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 27/02/2011 01:12  Atualizado: 27/02/2011 01:12
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 19878
 Re: AS CORES DA ALMA
EM BELAS PALVRAS SEU POEMA É UM ENCANTO, SUA ALMA É MARAVIHLOSA, QUANTA MARAVILHA DEIXO O MEU ABRAÇO.

MARTISNS
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...