Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

230 visitantes online (84 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 8
Leitores: 222

Quandoachuvacai , Emyvicky, namastibet, marciocorrea, zemoutinho, fogomaduro, Keithrichards, VCruz, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Poemas : 

RIO DE JANEIRO

 
RIO DE JANEIRO
 
Parabéns, meu Rio!


Os domingos são ensolarados
Ontem até choveu, alagou,
mas meu Rio não chorou.
Depois o sol explodiu no espaço
jorrando mais calor sobre nós.
É o que eu gosto,
é o que o meu povo gosta.
Alimentar no coração
essa alegria que há
despertada de costa a costa.
É quando a Cidade mais sorri
numa prova de amor que se encerra.
E nós em agradecimento,
pintamos as praias de gentes,
nas praças,
nas ruas,
nos shopping centers
com coloridos quentes.
Rio de Janeiro,
é a natureza em tela natural
em resplandecente luz
que faz a gente cantar, dançar
freneticamente.
Rio, Cidade que não envelhece
Mesmo agora
com quatrocentos e quarenta e seis anos,
hoje se está comemorando
e eternamente comemorará
em todo março, no primeiro dia.
Parabéns meu Rio,
minha alegria,
e das belas garotas bronzeadas,
dos meninos bonitos da praia,
dos caras maneiros que ensaiam
a malandragem do gingado.
E para as nossas lindas mulheres;
Mil galanteios..
Aos senhores e as senhoras
que se ufanam das nossas glórias,
nossos respeitos;
por sermos felizes brasileiros
e Cariocas o ano inteiro,
do abraçar hospitaleiros,
imitando o Redentor
num grande amor
aos citadinos ou estrangeiros.

Autor
visitante
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 12144
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
INTERCUTÂNEO
VISGO
ENTREGA
CERÚLEO
INDA QUE BRUMA
Aleatórios
ÁGUA DOCE
TEIA
EM SUMÁRIO
POEMA SACANA
SEGREDOS DE MARINA
Favoritos
A Paz interior vinda de Deus - Carmélia
A alma dos olhos - Edilson José
como fazer um poema s\ perder a ereção? - flavio silver
POESIA... - Lucienelp
NESSES LUGARES EU TEÇO - arfemo
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 15:37  Atualizado: 01/03/2011 15:37
 Re: RIO DE JANEIRO
*Puxa vida Zé! Que belezura.
Digo-te que agora entendi perfeitamente o teu "abraço carioca".
Obrigado pela partilha!
E PARABÉNS aos cariocas!
Beijos do sul
Ka*

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 15:51  Atualizado: 01/03/2011 15:51
 Re: RIO DE JANEIRO para Karinna*
o Carioca costuma fala bem das coisas que ele ama. e a expresão; 'aquele abraço bem Carioca' é sincera e advém desse amor para com as pessoas de quem gostamos, ou que queremos que gostem da gente.

um beijo grande aqui do leste em ritmo de festa.rss

zésilveira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 15:47  Atualizado: 01/03/2011 15:47
 Re: RIO DE JANEIRO p/ Zé Silveira do Brasil
" Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça"!... Esse Rio de Janeiro!
Eu amo o Rio radicalmente! E você o representa de um jeito bacanérrimo, meu caro Zé Silveira do Brasil.
beijos,
Serabene.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 15:54  Atualizado: 01/03/2011 15:54
 Re: RIO DE JANEIRO para SERÁaBENEDITA
brigaduuu, Bene. tú és um adesivo colorido de alegria no meu coração. tens um espírito bem Carioca. gosto disso.

beijão, e aquele abração bem Carioca.

zésilveira

Enviado por Tópico
Rosangela
Publicado: 01/03/2011 16:42  Atualizado: 01/03/2011 16:42
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2010
Localidade:
Mensagens: 1369
 Re: RIO DE JANEIRO
Sou apaixonada pelo o Rio, pode ter certeza disso, ele me encanta todas as vezes que por aí.
Cidade linda e maravilhosa!
Gostei de vir aqui.

Obrigada por partilhar

Abraço

Rosangela

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 17:08  Atualizado: 01/03/2011 17:10
 Re: RIO DE JANEIRO para Rosangela
ah querida poetisa, o Rio apaixona mesmo, e é capaz de amar todos ao mesmo tempo.rss agradeço a sua visita nesse dia de festa. e aqui a visita ganha presente.



um beijão Rosangela, e aquele abração bem Carioca.

zésilveira

Enviado por Tópico
NEUSA
Publicado: 01/03/2011 17:17  Atualizado: 01/03/2011 17:17
Colaborador
Usuário desde: 19/05/2010
Localidade: Rio Verde - Goiás Brasil
Mensagens: 1396
 Re: RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, e você a descreveu de maneira ímpar.
Beijos
Neusa

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 17:33  Atualizado: 01/03/2011 18:42
 Re: RIO DE JANEIRO para NEUSA
descrever esta minha Cidade Maravilhosa, ah poetisa é o que eu mais gosto. também gosto de cantá-la. e como todo bom Carioca, usamos e abusamos dela, seja nas praias, nas madrugadas boêmias, na labuta que ela nos oferece. no Carnaval, ah o Carnaval que já está batendo na porta, sexta começa a folia. olha é uma festa que o Rio de Janeiro merece, o povo merece, e tds que aqui vierem. grato pelo seu carinho de comentar, poetisa.

um beijão Neusa, e aquele abração bem Carioca.

zésilveira

Enviado por Tópico
Alice Luconi
Publicado: 01/03/2011 19:11  Atualizado: 01/03/2011 19:11
Colaborador
Usuário desde: 15/10/2010
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 4949
 Re: RIO DE JANEIRO
OLÁ AMIGO POETA,SUPER CARIOCA...FICOU LINDO ESTE CANTO AO RIO DE JANEIRO...COMO JÁ VIVO NA CIDADE HÁ MAIS DE 20 ANOS E VOU FICAR POR AQUI...REFORÇO TEU TEXTO AO CONFIRMAR VERSO POR VERSO TEU POEMA...É ISSO AÍ MESMO PESSOAL...PARABÉNS E UM ABRAÇO BEM CARIOCA DA AMIGA...
BJS, ALICE

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 22:18  Atualizado: 01/03/2011 22:18
 Re: RIO DE JANEIRO para nonnalice
vinte anos?! podes ficar por aqui mesmo, já és uma carioca, sim senhora.rss passa o tempo e eu mais e mais gostaria de escrever uma canção perfeita pro Rio de Janeiro de tanto que eu o amo. há trinta moro em Niterói, e nem assim perdi essa ânsia de ser Carioca. valeu, Alice. foram legais suas palavras. parabéns pro Rio, parabéns pra tds nós.

beijão e aquele abração bem Carioca.

zésilveira

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 01/03/2011 22:29  Atualizado: 01/03/2011 22:30
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7275
 Re: RIO DE JANEIRO
Zé: belo texto sobre o Rio. Terra abençoada. Parabéns para vocês moradores dessa maravilha desse nosso planeta. Manda por mim um beijo pra cada mulher bonita que você cruzar na sua frente. Avisa que é os parabéns à cidade do seu parceiro de Campinas, Zé. Pras feias, pode cumprimentar usando o seu nome mesmo... Qualquer dia eu vou baixar aí para dar o meu parabéns pessoalmente e nos vamos fazer pelo menos uns 3 sambas olhando pro mar. Pode me aguardar.

Abraço, Zé

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2011 23:06  Atualizado: 01/03/2011 23:07
 Re: RIO DE JANEIRO para o mano GeMuniz
eheheh!... "As feias que me perdoem, mas beleza é fundamental" a frase é do nosso 'poetinha' (carinhosamente assim chamado) o Vinicius de Moraes, a qual está imortalizada. mas não se iluda, pois as feias são mais gostosas e amorosas. (sei o que estou dizendo)rss e é o que temos mais aqui, são elas, todas maravilhosas.rss
pode deixar que eu vou 'rodar o teu filme com as que eu conheço'. Hoje não; hoje elas vão a festa de aniversário do Rio comigo.kkk e ta combinado. vamos compor esses três sambas e beber tds as cachaças. valeu mano.

abração Gê.

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...