http://spumis.pt/
 
Poemas -> Tristeza : 

Aborto

 
Arranco os pedaços de versos
que guardo no ventre
e choro a dor lacerante que
me adelgaça a cintura.

Não queria abandoná-los
assim,
ensanguentados,
serenos,
miseráveis,
apaixonados, ainda!

Não queria largá-los
à podridão do tempo
mas o vento que outrora
me desfolhava e os versos levava
fugiu de mim.

Não arrasto sozinha o peso das palavras
que te dedico.
Não amo o suficiente a solidão
das noites em que me sinto pontapeada.
Não suporto mais a veemência
ilusória dos dias partilhados.

Arranco os pedaços de versos
e deito-me no leito
da minha crueldade,
à espera que isso me fortaleça.

Vera Carvalho


Vera Carvalho

 
Autor
VeraCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
12935
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
7
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 17/09/2007 21:09  Atualizado: 17/09/2007 21:09
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3354
 Re: Aborto
Triste, belo e, ao mesmo tempo, corajoso.

Gostei muito!

Bjs

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 17/09/2007 21:40  Atualizado: 17/09/2007 21:40
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: Aborto
Olá Vera Carvalho,

Na fusão dessa tristeza com a beleza do poema fica a mensagem... e permite-me que o coloque nos meus favoritos.

Beijo AR

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 17/09/2007 21:52  Atualizado: 17/09/2007 21:52
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Aborto
Querida Vera,
impressionante a força deste poema-mensagem.
Uma lágrima rolou...

Beijo
Mel

Enviado por Tópico
Angela
Publicado: 21/09/2007 16:15  Atualizado: 21/09/2007 16:16
Colaborador
Usuário desde: 28/09/2006
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 567
 Re: Aborto
Um poema carregado de dor...
Um poema comovente...

Um poema magnificamente escrito!

Um beijinho grande querida Vera.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 22/11/2007 23:40  Atualizado: 22/11/2007 23:40
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Aborto
Será que para a poeta mulher os poemas são mais sentidos como filhos do que para o poeta homem?E que toda a problemática da maternidade está presente e viva na criação poética? E que a mulher quando se sente maltratada se agarra aos poemas como filhos e para eles também implora misericórdia ou por eles também se revolta? Maravilha! Parabéns. Um beijinho.

Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 23/11/2007 00:00  Atualizado: 23/11/2007 00:00
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 940
 Re: Aborto
Vera um poema magnífico. Bem escrito, bem sentido...triste, comovente. Parabéns.

Ramgad

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 11/04/2008 10:49  Atualizado: 11/04/2008 10:49
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga - Vila Verde
Mensagens: 7860
 Re: Aborto
O adequado elogio não cabe neste comentário! Fiquei deslumbrada com os teus poemas!
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...