http://spumis.pt/
 
Poemas : 

Casaco Xadrez

 
Resolvi vestir meu casaco xadrez...
Subiu um pouco de pó e naftalina...
Calçar meu cuturno só mais uma vez.
Pela última, a minha calça bonina.

Relembrar os momentos já vividos...
Adornar meus pulsos com braceletes...
Convocar os meus melhores amigos,
Ali, imortais, naquele quadro na parede.

Ah! Como era o meu mundo mais azul!
Me perdia nos meus sonhos de menino!
Hoje revirei todo o meu velho baú,
E saiu essas linha que eu te digo.

Aliás, não vou mais a lugar nenhum!
Vou me perder na voluptuosidade do nada!
Sei que nada sei. Sou apenas mais um.
Uma voz sem eco... Uma boca calada!

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
522
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 16/08/2011 01:21  Atualizado: 16/08/2011 01:21
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4210
 Re: Casaco Xadrez
Nem pensar em ficar com a boca calada.Excelente como poeta!Sem tuas poesias aqui vai ficar pobre.
Bela poesia!Mil beijos.Varenka

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...