http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas : 

jaz um vermelho cheio de grama

 
chora o sapato negro
perdido nas lágrimas do céu

retalham o peito
anjos inconscientes da imensidão

desdenhosos demônios
de uma saudade carmim

fazes uma falta tão bruta
que a faca não alcança a alma
... morre a sombra em pedaços

(a pensar em mim)


Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
656
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
56 pontos
24
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 15/11/2011 12:24  Atualizado: 15/11/2011 12:24
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga - Vila Verde
Mensagens: 7859
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
parece que vejo por dentro do poema essa saudade tão grande que retalha e te faz perder de ti.
belíssimo poema.
Beijo Vania


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 15/11/2011 12:50  Atualizado: 15/11/2011 12:50
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3257
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Fantástico Vania

beijo


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 15/11/2011 12:55  Atualizado: 15/11/2011 12:55
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4526
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Alma dilacerada p'la saudade.

Beijinho Vania
Antonieta


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2011 13:10  Atualizado: 15/11/2011 13:10
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Olá Vania,um poema onde a saudade dilacera a alma...
Um texto perfeito.
beijos em você :)


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 15/11/2011 15:12  Atualizado: 15/11/2011 15:12
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 676
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Caramba! O que comentar? Não há...
Belíssimo!
Bjs


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 15/11/2011 17:21  Atualizado: 15/11/2011 17:21
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Saudade é fogo....
Às vezes é um paradoxo, sofreu-se, mas ainda assim se tem saudade.

Beijinho Vania.


Enviado por Tópico
Alice Luconi
Publicado: 15/11/2011 21:32  Atualizado: 15/11/2011 21:32
Colaborador
Usuário desde: 15/10/2010
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 5386
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Lindo! Amo sentir saudades...e este teu poema diz ela com maestria e beleza. Vou levar para ler sempre ... Obrigada pela partilha querida amiga Vania.

Bjs,ALICE


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 15/11/2011 21:47  Atualizado: 15/11/2011 21:47
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3232
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
(a pensar em ti)

...morrem pedaços de sombra
e a alma não alcança a faca
que me brutaliza a falta

carmim é a saudade
a demonizar-me desdéns

imensa é a angélica consciência
do peito retalhado

nas lágrimas perdidas do céu
sapateio e choro a negro...




ok, ok, antes que me acuse de plágio: é só um exercício poético, sem nenhuma pretensão...


Ah, o comentário!!!
:
este cala fundo e pede o silêncio dos olhos...

Beijinho, Vania!


Enviado por Tópico
sandrafonseca
Publicado: 15/11/2011 21:50  Atualizado: 15/11/2011 21:50
Colaborador
Usuário desde: 15/08/2006
Localidade: Brasil
Mensagens: 2477
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Esses teus poemas, tão próximos da morte e do gozo, são lidos como fragmentos surrealistas. Antropofagia, o profano e o sagrado (anjos inconscientes e desdenhosos demônios), violência (falta bruta, faca, sombra em pedaços...) me dão conta de que isso é o que de melhor uma poeta pode produzir. Literatura de primeira linha!

Bj.


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 15/11/2011 23:29  Atualizado: 15/11/2011 23:29
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Oh, quanta beleza, minha Vânia.
Adorei!!!
Beijinhos
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Mariaa
Publicado: 16/11/2011 23:06  Atualizado: 16/11/2011 23:06
Colaborador
Usuário desde: 23/08/2009
Localidade: Braga
Mensagens: 2616
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Quando a saudade insiste
em não se desalojar da alma,
a tristeza é que persiste
e não deixa entrar a calma...

Mas nada dura eternamente
e esas saudades as matará
o amor puro e resplandecente
e a paz a ti logo retornará!

UM POEMA DIGNO DE TI, E COMO SÓ TU OS DECANTAS. E DAQUI VÃO BEIJOS E ABRAÇOS SIDERAIS DA AMIGA AO INTEIRO DISPOR,
Maria«*+*» «*+*»


Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 22/11/2011 16:09  Atualizado: 22/11/2011 16:09
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: jaz um vermelho cheio de grama
Escolho por hora esse poema teu para comentar porque é de uma poesia tão aguda, tão grave!
Comentando: não dói nada escrever poesia, né não?

Tomo por meu, com licença, obrigada.

Beijo daqui.

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...