http://spumis.pt/
 
Poemas -> Dedicatória : 

O MELHOR FILHO DE XANGÔ

 
Tags:  negritude    Xangô  
 
O MELHOR FILHO DE XANGÔ
 
Meu cabelo
é preto, pretinho,
selvagem como o meu sangue,
como todos os atabaques
que me chamam de amor.
É Alujá:
começo a chorar
(por ele)

Meu sangue,
minha pele,
meu orgulho
herdei do meu avô:
cabra danado,
neguinho moleque,
homem de fibra,
o melhor filho de Xangô.

Sentava com ele
e ouvia com a alma
carregada de rezas,
as verdades absolutas
sobre sangue e honra:
essas coisas que o tempo
parece esquecer.

E quando
ele já estava caminhando
para lua
(e isso ficou aqui dentro),
ele me disse
(ele me disse pela primeira e única vez)
"nunca se esqueça
que amo você,
nunca se esqueça
que o meu sangue corre
nas tuas veias."
(Não esqueci Vô)

E sem pedir
a minha permissão,
foi embora com os Orixás
só para ficar mais perto,
muito mais perto
de Xangô e
dizer com orgulho
"Saravá meu pai,
caô, caô."





Karla Bardanza


Para o meu avô.
Desconheço o autor da bela imagem acima.
Alujá é o toque de atabaque para Xangô
.
 
Autor
Karla Bardanza
 
Texto
Data
Leituras
6580
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
PROTEUS
Publicado: 20/11/2011 16:29  Atualizado: 20/11/2011 16:29
Colaborador
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade:
Mensagens: 2572
 Re: O MELHOR FILHO DE XANGÔ
Adupé irmã Karla.


Enviado por Tópico
apegaua
Publicado: 06/06/2012 09:52  Atualizado: 06/06/2012 09:52
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2010
Localidade: Bresil.
Mensagens: 310
 Re: O MELHOR FILHO DE XANGÔ
Anaê.
parabéns, um texto super bem colocado.
AP.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/06/2012 12:59  Atualizado: 06/06/2012 12:59
 Re: O MELHOR FILHO DE XANGÔ
"Nem seria preciso falar do poder de Xangô, porque o poder é a sua síntese. Xangô nasce do poder morre em nome do poder. Rei absoluto, forte."

essa 'mureca' Karla sorrateiramente afastou as folhas de cambará onde xangô dormitava pra mostrar pra gente com a sua poesia quão é grande o amor que xangô tem pelos seus filhos, e mais, o que ele pode fazer para sermos pessoas voluntariosas, enérgicas, altivas e conscientes da importância real ou suposta de se ser grandes, corteses, porém intolerantes a menor contradição, arrogância e traição. ensina-nos rechaçar com força de raio. por outro lado, sensível, de saber abraçar seus eleitos, conduzindo-os consigo, com tato e encanto. (tanto gostei que viajei) bj e meu abração caRIOca. zé.

kawô-Kabiecile!
(permita-me olhá-lo)


Raio da manhã vai e clareia
Quando o sol levanta para clarear
Seus raios refletem a coroa de Oyá (bis)
E rasgando o céu, trovão relampeia
Pra saudar o rei de todas as pedreiras (bis)

Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô
Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô

Força da machada faz o julgamento
Corta as injustiças com seu barra-vento
Xangô manda na razão, Iansã no sentimento
Xangô manda na razão, Iansã no sentimento

Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô
Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô

Guardião da paz, Xangô justiceiro
Explendor de luz, Iansã guerreira
É Xangô que traz as pedras
Iansã nas corredeiras
É Xangô que traz as pedras
Iansã nas corredeiras

Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô
Eparre Iansã eparre Oyá
Caô Cabecile Caô Xangô




Saudação A Iansã E Xangô Grupo Musical Aruanã
http://www.vagalume.com.br/grupo-musi ... -xango.html#ixzz1x0tyYeAX
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...