http://spumis.pt/
 
Poemas : 

Dois títulos para um poema

 
Dentro da bomba,
está o mostrengo,
mentecapto religioso,
ateu capitalista,
usurpador dos poderes
que sente divinos,
urra na certeza do grunho
e do pavor que provoca.
De antolhos vestido
e vestes sibilinas
aproximam-no à divindade adorada,
sem pátria nem fronteiras
habita o raio de alcance
que o seu nome aterroriza

Fora da bomba
estão os outros,
todos os outros
que se vestem de medo,
todos os outros
que do medo fazem trampolins
que os iça para lá da coragem,
todos os que à força de pensar
confinam o mostrengo
às fronteiras que habita,
ainda que aprisionados por ele,
que a liberdade não é efémera,
é o toque a rebate,
o vento que nos perpassa,
o tempo de ir, que os sinos repicam.

 
Autor
jaber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
490
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 20/11/2011 23:03  Atualizado: 20/11/2011 23:03
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 19624
 Re: Dois títulos para um poema
UM POEMA ESPLENDIDO, QUE MARAVILHA.

MARTISNS
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...