http://spumis.pt/
 
Poemas -> Reflexão : 

À procura de nada

 
À procura de nada
 
Permaneço na orla da pausa do tempo
num espaço dotado de serenidade
sem pressa, somente ao sabor do vento
momento que perdura na eternidade

Deixo-me levar pl’o encantamento
ato de se ouvir ou ensimesmar
emerjo no rio do meu pensamento
águas onde mergulho para meditar

É neste silêncio que encontro a luz
e minh’alma em paz assenta morada
nada me invade ou mesmo me seduz
vou, pausadamente, à procura de nada


Maria Fernanda Reis Esteves
51 anos
natural: Setúbal
 
Autor
Nanda
Autor
 
Texto
Data
Leituras
386
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 10/12/2011 16:32  Atualizado: 10/12/2011 16:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 19878
 Re: À procura de nada
Deixo-me levar pl’o encantamento
É neste silêncio que encontro a luz
Minh’alma em paz assenta morada

Que encanto de poe,a deixo meu abraço

Martisns

Enviado por Tópico
mariagomes
Publicado: 10/12/2011 18:04  Atualizado: 10/12/2011 18:04
Colaborador
Usuário desde: 18/04/2010
Localidade:
Mensagens: 1614
 Re: À procura de nada
Olá amiga, muito lindo este teu poema, adorei ler, tens poemas lindíssimos como este, que encantam a quem os ler.
beijinhos
mariagomes

Enviado por Tópico
OlemaCorreia
Publicado: 10/12/2011 19:20  Atualizado: 10/12/2011 19:20
Da casa!
Usuário desde: 14/03/2009
Localidade:
Mensagens: 278
 Re: À procura de nada
Belo poema a extravasar a energia das palavras e desaguar em pura melodia.

Aprecio muito a sua escrita.

Beijinho Olema

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 10/12/2011 19:51  Atualizado: 10/12/2011 19:51
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2141
 Re: À procura de nada
...
nanda

Permaneço na orla da pausa do tempo
num espaço dotado de serenidade
sem pressa,


O
teu tempo é de
ARTE

beijos
FELIZ NATAL

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 10/12/2011 20:30  Atualizado: 10/12/2011 20:30
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: À procura de nada
Muitas vezes esse nesse mergulhar
em nós mesmos... no extasiamento
maravilhoso do silêncio, que vemos o reflexo
do que somos através dos outros.
Bom ler-te Nandita.
Beijo, minha amiga
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 10/12/2011 23:47  Atualizado: 10/12/2011 23:47
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17652
 Re: À procura de nada
Um nada tão vivo e inteiro... consegues
o inimaginável! bjs querida

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/12/2011 00:29  Atualizado: 11/12/2011 00:29
 Re: À procura de nada
Olá Nanda,no silêncio é que encontramos a paz...e entramos em harmonia com nós mesmos...

Muito linda sua poesia..parabéns..
Um beijo em ti :)

Enviado por Tópico
Rosangela
Publicado: 17/12/2011 04:38  Atualizado: 17/12/2011 04:38
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2010
Localidade:
Mensagens: 1375
 Re: À procura de nada
FELIZ NATAL

Open in new window
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...