Poemas : 

A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA

 
A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA. (2)

A professora perguntou aos alunos:
- todas as palavras terminadas em “OSO”,
são escritas com “S”, com exceção
de uma palavra – quem sabe qual é a palavra
levante a mão ?
Houve um silêncio na classe...
- a palavra é o substantivo ´GOZO.

Orientado pelo meu mestre Delize,
Apresento outra dificuldade:
As terminações “IZO”, tanto podem
Ser “izo” com “Z” como “iso” com “S”:

Quando termina em “SAR”, com “S”:
Exemplo “ANALISAR”: o substantivo
Análise + “SAR”
E ATUALIZAR “Atual” + IZAR.

Nossa língua portuguesa é assim:
Intensa, múltipla e complicada,
mas possui momentos de suave ternura...
É a única língua que tem “SAUDADE”

(A música:
http://www.goear.com/listen/c4f342e/romace-jbmendes-jbmendes

 
Autor
JBMendes
Autor
 
Texto
Data
Leituras
800
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Manu_C.
Publicado: 14/02/2012 20:30  Atualizado: 14/02/2012 20:30
Colaborador
Usuário desde: 22/12/2011
Localidade: Itália, Milano
Mensagens: 571
 Re: A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA
Querido Poeta,
Saudade é sem dúvida uma das mais lindas palavras do português, que não pode ser traduzida pra nenhum outro idioma.
Mas embora só exista o vocábulo 'saudade' em português, este sentimento é comum a todas as culturas.
Eu também consigo ter saudade de algo que nunca vivi: o Brasil fica no meu coração (quem sabe, o meu coração se lembra de outras vidas?).

Gostei muito do seu poema.

Abraço,
Manuela


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 15/02/2012 11:47  Atualizado: 15/02/2012 11:49
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA
Querido Amigo
Poeta Conterrâneo!

Verdade poeta,nossa língua é complicada e por vezes nos deixa bem enrolados.
Estava com saudades da sua sabedoria, estive um pouco ausente,mas hoje resolvi postar uma poesia singela como sempre.
Bjinhos
Carol
Open in new window