Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

106 visitantes online (66 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 5
Leitores: 101

Umav, Jmattos, MarcusRios, Vania Lopez, Edykyron , mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Poemas : 

Calendário orçamentário

 
***********************************************************
" ...em maio eu sempre caio, na ilusória tentação,
acho que a divida está controlada,compro um móvel sem entrada..."





- calendário orçamentário -



Acho desumano, entra ano, sai ano,
não importa qual o dia ou o mês,
ele esta ai sempre outra vez.
Deve ser minha sina, meu fadário,
seguir sempre esse calendário.
.
.
.
Janeiro é pesado de dívidas,
IPVA, escola das crianças,
dividas velhas, tudo atrasado,
mas sem perder as esperanças,
já era assim desde o ano passado.
O jeito é seguir em frente,
deixar tudo mais de lado,
e fazer outro consignado.

Fevereiro tem o carnaval
e tudo fica mais legal,
ainda tem cheque especial,
tem as férias anuais,
com um terço a mais,
no salário incorporado.
Já se pode respirar
um pouco mais aliviado.

Em março nada acontece,
se arrasta como uma lesma,
mês que não fede, nem cheira,
não fica em branco, pois tem quaresma,
e só não é assim tão mau,
por que na sexta santa tem bacalhau.

Mês varonil é o de abril,
começa a fazer um pouco de frio,
continuo na mesma senda,
tenho que fazer imposto de renda,
cabeça quente em tempo mais fresco.
Tem descobrimento do Brasil,
dia de Tiradentes, muito pitoresco,
e as contas dão um refresco

Em maio eu sempre caio
na ilusória tentação,
acho que a divida está controlada,
e compro um móvel sem entrada.
Continua aquele vazamento,
no cano embaixo da pia,
mas é sagrada a minha prestação,
no saldão das Casas Bahia.

Junho finalmente chega,
mas nada ao orçamento agrega,
cheque especial já estourado,
e já tem carnê atrasado.
Venceu o seguro do carro,
fim de mês com dinheiro contado,
não tem nem para o cigarro.
.
.
.
Julho é bom demais !
Alegra sempre a cidade,
mesmo que não tenha férias,
sempre me lembro da faculdade.
Só não é mais festejado,
por que não tem feriado.

Mas depois lembrou o Elio,
tem feriado neste berço augusto.
Peço desculpas – também sou justo,
retifico admitindo, foi uma rata,
ter esquecido bem logo essa data.
Sou paulista e disso tenho orgulho
não podia esquecer o “9 de Julho”

retificado em 19.04.2013 - 15:14 hs

Agosto, gosto, desgosto,
mês do cachorro louco,
mas duvido e aposto,
que seja um mês tão mau assim.
Minhas contas já estão no equilíbrio,
a prestação está chegando ao fim.

Setembro tem as flores,
e renovam-se os amores.
Tem morangos na feira da esquina,
dia da Independência é feriado,
dá pra ficar mais acordado,
assaltar a geladeira, dormir com azia,
e levantar depois do meio dia.

Outubro não é sempre vermelho,
dessa cor era o submarino.
Tem o dia da criança,
deveria ter dia do velho,
para eu pensar no meu destino,
que nada vem de bandeja,
mas sempre sobra para a cerveja.

Novembro tem dia de finados,
para homenagear os mortos,
também pensar na vida,
ver se caminhos estão tortos.
Depois vem a comemoração,
da proclamação da nossa república,
e salve a flâmula altaneira,
no dia da nossa bandeira.

Dezembro é só alegria
esse é um bom mês afinal
Será o fim do meu fadário?
Tem o décimo terceiro salário,
e depois tem o natal.
Na praia deitado aquela porção
de camarão frito, anéis de lula
o tempo passa sem noção,
outra vez a minha dívida acumula.
.
.
.
.
Alegria geral, meu povo,
acabou mais um ano,
vamos começar tudo de novo,
mais tempo para gastar,
dizem com muito denodo:
“ - Divida velha não é para se pagar,
as novas são para envelhecer.”

Então! Deixe rolar e acontecer.






" ...descrevo sem fazer desfeita,
meu sofrer e meus amores
não preciso de receita
muito menos prescritores."


Autor
LuizMorais
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 308
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
primeiro pingo
Nosso amor humilhado e ofendido
Na ânsia de te esquecer
decepção brutal
Poema nº 09
Aleatórios
Para quem clama
madrugada triste
Seu orgulho e desprezo
lamento
Metrô
Favoritos
Inquestionável* - Karinna*k
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 19/04/2013 16:50  Atualizado: 19/04/2013 16:50
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 8694
Online!
 Re: Calendário orçamentário
Poeta Luis
Adorei o calendário! Muito bom!
Parabéns!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
LuizMorais
Publicado: 19/04/2013 19:21  Atualizado: 19/04/2013 19:21
Luso de Ouro III
Usuário desde: 29/01/2012
Localidade: Piracicaba - SP
Mensagens: 1738
 Re: Calendário orçamentário - p/ Jmattos
Janna, grato pelo comentário sempre gentil.
Um abraço

Luiz

Enviado por Tópico
velhopescador
Publicado: 19/04/2013 18:25  Atualizado: 19/04/2013 18:25
Colaborador
Usuário desde: 01/03/2013
Localidade: Marília-SP Brasil
Mensagens: 1040
 Re: Calendário orçamentário
Parabéns pelo Calendário!
Muito bom.

Lembrando: Em SP há um feriado em Julho.

Abraço
><>

Enviado por Tópico
LuizMorais
Publicado: 19/04/2013 19:21  Atualizado: 19/04/2013 19:21
Luso de Ouro III
Usuário desde: 29/01/2012
Localidade: Piracicaba - SP
Mensagens: 1738
 Re: Calendário orçamentário - p/ velhopescador
Grato pela lembrança. Já retifiquei.
Passou batido o feriado.
Penitencio-me
um abraço

Luiz

Enviado por Tópico
fotograma
Publicado: 19/04/2013 18:48  Atualizado: 19/04/2013 18:48
Colaborador
Usuário desde: 16/10/2012
Localidade:
Mensagens: 1576
 Re: Calendário orçamentário
perfeito calendário

décimo terceiro mal serve para cobrir o rombo anual...

Enviado por Tópico
LuizMorais
Publicado: 19/04/2013 19:23  Atualizado: 19/04/2013 19:24
Luso de Ouro III
Usuário desde: 29/01/2012
Localidade: Piracicaba - SP
Mensagens: 1738
 Re: Calendário orçamentário - p/ fotograma
Grato pela leitura

e nem é o 13º inteiro, né. uma parte já se evaporou, " sorveteu " no mes do aniversário.

um abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/04/2013 19:29  Atualizado: 19/04/2013 19:29
 Re: Calendário orçamentário
Muito bom seu calendário! Feliz que ainda pode fazer um orçamento e ir pagando!

Abs

Angela

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...