http://spumis.pt/
 
Poemas : 

Tristeza sem fim

 
Amargurado nessa tempestade incerta
onde esperanças não perduram
as boas lembranças não curam
a vida se esvai e nada importa

Sonhos deixam de existir
caminhos lhe levam a desistir
e nada mas o faz sorrir

Você sente um vazio no coração
nada aparente preenche esta vastidão
onde só o que cresce é solidão

 
Autor
Drakko
Autor
 
Texto
Data
Leituras
639
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Caio
Publicado: 13/06/2013 00:52  Atualizado: 13/06/2013 00:52
Colaborador
Usuário desde: 29/09/2011
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 1054
 Re: Tristeza sem fim
uma boa idéia é ler. ler muito, ler prosa, poesia, conhecer a obra de outras épocas e de seus contemporâneos. aproveite também pra ler em voz alta e sentir a fluidez do que se escreve, a fim de evitar o que se chama de "rima forçada". a rima forçada é difícil de evitar quando se usa palavras terminadas em "ão", por exemplo. ah, e não esqueça: continue exercitando a escrita. sempre. e ouse, não se deixe acomodar na zona de conforto. arrisque sempre.

abraço


Enviado por Tópico
Onde_está_o_@mor?
Publicado: 13/06/2013 20:27  Atualizado: 13/06/2013 20:27
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Funcheira
Mensagens: 681
 Re: Tristeza sem fim
Esa tristesa deixa-me acabrunhado quando penso na minha pastora que me deixou. voce é novo cá mas escreve bem.
abraço
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...