http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

"DEIXO/U SAUDADES"

 
Tags:  saudade.  
 
"DEIXO/U SAUDADES"
 
"DEIXO/U SAUDADES"

Se eu morresse hoje
Ninguém sentiria a minha falta
Ninguém choraria por mim
Ninguém sofreria a minha perda
Seria uma sombra perdidas entre
As fragas e giestas

Os lobos passariam por mim,
Sem medo pois eu seria uma sombra
Perdida nos montes na serra
Se eu morresse hoje, morreria feliz
Apesar de ninguém sentir a minha falta.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
Open in new window




Nasci em Angola - Luanda em 1966.
Sou Portuguesa- Lisboa.
Casada e feliz-1985
Tenho 8 filhos que são o sol da minha vida.
Não me considero poetisa
descobri escrevendo por acaso

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
1789
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 13/08/2013 01:12  Atualizado: 13/08/2013 01:12
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 5275
 Re: Se eu morresse hoje, ninguém sentiria a minha falta.
A morte é um algo ineperado, que ningué, dela irá escapar. Um tristeza imensa nesse poema mostrar. Lindoooooooooo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2013 01:29  Atualizado: 13/08/2013 01:31
 Re: Se eu morresse hoje, ninguém sentiria a minha falta.
Seu poema é bonito, mas injusto com os que te cercam.
Não podemos avaliar o que representamos para os que
são presentes em nossa vida ou passaram por ela
Sempre alguém sentirá a nossa falta, pois
de alguma forma, pelo bem que praticamos
seremos lembrados, e ninguém é tão ruim
que não deixe saudade.
sds.


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 13/08/2013 02:01  Atualizado: 13/08/2013 02:01
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6524
 Re: Se eu morresse hoje, ninguém sentiria a minha falta.
Triste. Bonito e em parte
verdade, pois com o passar
do tempo creio que a gente
não faz falta mesmo.
Apreciei o tom lúgubre do texto.
Abraço.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 13/08/2013 03:45  Atualizado: 13/08/2013 03:45
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 6905
 Re: Se eu morresse hoje, ninguém sentiria a minha falta.
Boa noite Isabel, eu tenho dito a todos os ventos, que me sinto despreparado para continuar, vivendo, porem pronto para morrer agora, parabéns pelo seu contundente poema, um grande abraço, MJ.

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...