http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas : 

elementos

 
O choro aguado e mudo agora era a sua mais sincera oração. Descansando sob uma camada de flores e outra de tristeza, seu pai lhe havia deixado o roteiro do seu próprio fim. Os primeiros apagões nos olhos, a extinção dos gestos. Enquanto lhe carrega pressente que um corpo sem espírito pesa mais, mas muito menos que sua alma cheia de suas saudades.


....momento, esse naco do tempo que a memória mastiga..

 
Autor
joakencor
Autor
 
Texto
Data
Leituras
338
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 05/12/2013 09:37  Atualizado: 05/12/2013 09:37
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 5306
 Re: elementos
A suadade é aquilo do bom que ficou, belo poema
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...