http://spumis.pt/
 
Poemas -> Amor : 

PERGUNTA AO AMOR

 
PERGUNTA AO AMOR
Como queria,e como quero,sei porque,
uma palavra,mas bem direta,vinda de voce,
que me tocasse ,diretamente o coração...
Seria pra mim,o final de todas as provas,
já que ela so dá indiretas em trovas,
e vive dizendo,que so escreve ficção...

Vivo sonhando...Mas como eu queria,
que não fosse,através da poesia,
que ela tivesse,a coragem de falar...
Que fosse franca e muito direta,
que me falasse,numa frase discreta
-Estou vivendo,para ti amar-

Mas acho que nunca vai me dizer,
parece que seu objetivo e meu sofrer,
e prefere so em suas quadras rimar...
Isso me fere como a lâmina de um sabre,
por que ela nunca,direto de abre,
deixando em trevas,noites de luar...

Se é que uma declaração mereço,
vou deixar aqui o meu endereço
e espero,que alguma coisa vá dizer...
Poetisa,diga,fale,ou me deleta,
mas não maltrate mais esse poeta,
que ate hoje,so soube te querer...



 
Autor
gil de olive
 
Texto
Data
Leituras
5290
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 06/02/2008 18:11  Atualizado: 06/02/2008 18:11
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14682
 Re: PERGUNTA AO AMOR p/ gil de olive
Querido poeta

Que enigmático este teu poema
além de encantadora declaração
de amor...Lindo!

Beijinhos iluminados

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 06/02/2008 21:32  Atualizado: 06/02/2008 21:32
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: PERGUNTA AO AMOR
Gil que paixão é esta, poetisa é?
Se ela leu certamente entendeu esta belissíma declaração de amor. Lindo!!!!!
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...