Poemas -> Tristeza : 

PRISÃO...

 
Tags:  sol    vazio    prisão  
 
Há um muro
Que me impede de ver o sol brilhar.
Não tenho visto a luz,
Não tenho encontrado
O que procuro...
Um dia, uma noite,
Tudo sempre igual.
Um vazio que não cabe em mim,
Um caminho que parece não ter fim...


"Há poemas ininteligíveis nos seus elementos, porque só o poeta tem a chave que o explica; mas a explicação não é necessária para que pessoas dotadas de sensibilidade poética penetrem na intenção essencial dos versos"
Manuel Bandeira

 
Autor
Willian Figueiredo
 
Texto
Data
Leituras
1975
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 21/02/2008 18:05  Atualizado: 21/02/2008 18:05
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: PRISÃO...
Olá Willian! Isso passa, logo verás que os terá bem definidos em seu instinto. Uma poesia profunda.Gostei. Ledalge,bjs
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...