http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas -> Paixão : 

Amor no Canavial.

 
Tags:  menino    negro    paixão.  
 

Tião era um mulato forte, alegre e destemido,
Pegava no cabo da enxada e pastoreava o gado,
Não tinha medo de ninguém, zombava do perigo.
Preguiça era coisa que não existia do seu lado.

Um dia se apaixonou por Luana, filha do Patrão
E o encontro aconteceu ali no meio do canavial.
Mas o seu patrão era racista de alma e coração.
Então, encomendou sua morte de forma brutal.

Mas tudo que se faz aqui, aqui também se paga,
A mancha de sangue na terra nunca se apaga
E o dono destas terras, não viu mais a luz brilhar.

Tem gente que já viu no meio daquela plantação,
Um negro levando um menino loiro pela sua mão,
Os dois correndo pelos campos em noites de luar.

Maringá, 18.04.08


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
1930
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 18/04/2008 15:20  Atualizado: 18/04/2008 15:20
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2508
 Re: Amor no Canavial. p/ João Marino Delize
Sempre me encantaram as histórias do oculto Brasileiro, lembro-me que quando era petiz costumava ver "O Sítio do Picapau Amarelo" com o Saci Pêrêrê, a Mula sem Cabeça, e todas essas personagens fantásticas que me invadiam o imaginário.
Este soneto trouxe-me esses momentos à memória, desenhando-se numa história do Pantanal. Gostei.

Abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/04/2008 15:59  Atualizado: 18/04/2008 15:59
 Re: Amor no Canavial.
Interessante notar que o nome dela seja Luana, que o menino era loiro e corria de mãos dadas com o negro, na noite de Luar. Vejo um simolismo nisso tudo. Adorei ler bjs
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...