http://spumis.pt/
 
Poemas -> Sombrios : 

Sinistro

 
Sinistro

Não tenho pressa se sigo para masmorra
Sombrio já são meus pensamentos faz tempo
Lá ficarei por fim darei sossego ao espírito
As chaves que selam a alcova jogarei ao vento
Infinito aflito julgamento em conflito
Meu grito subirá montanhas ecoara nos ares
Nas trevas que selará os dias sou agonia
Que importa perdão se permaneço em sacrilégio.
Piedade curve-se ao meu domínio
O olhar firme correrá mundo sem rumo
Assumo e carrego nos ombros pesada cruz
No lúgubre buraco que escolho aqui eu morro.

Jamaveira


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3796
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 23/04/2008 18:03  Atualizado: 23/04/2008 18:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3856
 Re: Sinistro
Sinistramente muito bom!
Sinistramente belo!

Beijo

Enviado por Tópico
Nanda_Vamp
Publicado: 03/02/2011 13:23  Atualizado: 03/02/2011 13:23
Colaborador
Usuário desde: 03/06/2010
Localidade: Brasil / Minas Gerais
Mensagens: 545
 Re: Sinistro
Sombrio! Muito belo...

Abraços, poeta,

Nanda
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...