http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas : 

Dedos de costureira

 
Os dedos finos e habilidosos
E esguios e firmes
São dedos de mulher
Que cose com linhas
De alinhavar e coser
Nos tecidos sedosos
De vestidos sublimes
De senhoras e inhas.

Os dedos com dedais
Vão mexendo perfeitos,
Experientes e feitos
Dedos de boa mulher
Que pegam em agulhas
De continuar a coser
Ligando corpos a mangas
E fazendo baínhas,
Aplicando missangas
E bordando vaidades.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
6640
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Junior A.
Publicado: 10/02/2007 00:35  Atualizado: 10/02/2007 00:35
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2006
Localidade: Mg
Mensagens: 894
 Re: Dedos de costureira
Os dedos intentam, naquilo que tecem as linhas, os umbrais do ser que nega.
Ao final, belezas que não se descrevem, apenas encantam, ao ardir, a canseira, quotidiana,
Dos dedos, de uma costureira.

Mui bueno Poeta.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...