http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas -> Desilusão : 

Desapontamento

 
O pó de arroz,
se espalha pelas suas feições,
Nos contornos do rosto empalidecido,
seu olhar fica preso e adormecido.

A vida não pára de lhe dar lições,
E aprende que nunca entrará em todos os corações,
O apego não pode surtir muito efeito,
sabe que a decepção passa por todo o canal estreito.

O coração fica partido em mil bocados,
questiona-se se merecia tanto desapontamento,
queria viver só com sorrisos estampados,
E amar e ser amada em todas as vertentes,
porque o amor não se pratica só dentro de quatro paredes.

 
Autor
Carla Costeira
 
Texto
Data
Leituras
11380
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...