http://spumis.pt/
 
Poemas -> Reflexão : 

Sentimentos obscuros

 
 
Que se passa,
o que sentes,
o que tens,
só tu e mais ninguém,
pode o saber.

Sabes,
bem la no fundo,
o que te faz tremer,
tremes pelo que vês,
mesmo sabendo o que tens,
tremes por não querer perder,
o que queres como ninguém,
apesar de já o teres,
e a tua vida o ser,
e onde flutuas em harmonia,
há sempre uma pequena brisa,
que te faz tremer a cada dia.

Vendo o que não o é,
construindo na fabrica da mente,
sentimentos obscuros,
que são uma maquina de destruição,
do belo e puro,

Incertezas do nosso ser...
incertezas da humanidade...
que matam a felicidade...

By XPT@

 
Autor
XPT@
Autor
 
Texto
Data
Leituras
4346
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 07/07/2008 20:41  Atualizado: 07/07/2008 20:41
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4252
 Re: Sentimentos obscuros
Gostei poeta, um poema bem reflexivo...

Incertezas do nosso ser...
incertezas da humanidade...
que matam a felicidade

Beijinhos
Bem vido a este cantinho especial


Enviado por Tópico
Ppoetamenor
Publicado: 07/07/2008 20:46  Atualizado: 07/07/2008 20:46
Participativo
Usuário desde: 04/12/2007
Localidade: Luanda
Mensagens: 45
 Re: Sentimentos obscuros
Simplesmente poético, valeu
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...