http://spumis.pt/
 
Sonetos : 

**Amor interesseiro**

 
Maldito seja o amor humano,
que traiçoeiramente engana nossa psiquê,
com hipocrisia , egoísmo e desengano
como o falso menear do bambulê.

Covarde, falseador da verdade e delinquente,
é assim que o sentimento humano vejo,
que queima o corpo como caldo quente
e consome a alma sem deixar sobejo.

Vitima já fui de um sentimento desse
da sua falsidade paixão e interesse,
onde por alguns dias fiquei entregue a esmo...

Hoje exorcismo o mal da falsidade absoluta,
que o homem impera nos seus dias em cada luta
que o faz não ter amor consigo mesmo.

 
Autor
fcoferreira
 
Texto
Data
Leituras
4176
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...