http://spumis.pt/
 
Poemas : 

Nunca estamos sós...

 
Nunca me tinha apercebido...
Nunca estamos sozinhos...
Hoje olhei para trás e vi-a, tão colada a mim, tão idêntica à minha pessoa, tão seguidora dos meus passos...
Julgava-me sozinha, mas olhei e lá estava ela...
A sombra...
Os movimentos iguais, o mesmo tique no cabelo, o mesmo abanar de ancas, o perfil do rosto...
Neste momento, olho-a e vejo-a com um prazer imenso em acabar mais esta pequena estória, vejo-a dedilhar o teclado do computador e desaparecer quando faço um movimento mais longe da luz!
Não fujas, por favor, não me deixes só...
Sem ti, sou apenas fantasma sem a minha própria sombra!

 
Autor
Brazinha
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1003
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...