http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

CALEIDOSCÓPIO

 
Numa rua do centro da cidade
Veio a vontade de parar e ver o mundo.
Caleidoscópio gigante,
Surrealismo delirante,
Vozes, sorrisos, assuntos.

Numa rua do centro da cidade
Eu quis parar e refletir por um segundo.
Qual o sentido da vida?
Tanto carro na avenida...
Para aonde vai todo mundo?

Sol quente do meio-dia,
Roda de aposentados,
Semáforos enlouquecidos.

Hippie sentado na guia,
Sonhos atropelados
E mendigos esquecidos.


Frederico Salvo.


Direitos efetivos sobre a obra.
http://pistasdemimmesmo.blogspot.com/

 
Autor
FredericoSalvo
 
Texto
Data
Leituras
1301
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/11/2008 23:07  Atualizado: 09/11/2008 23:07
 Re: CALEIDOSCÓPIO
Grande caleidoscópio o mundo e o cotidiano, Frederico!Basta olhos atentos para apreciar os variados prismas...Gostei muito do poema!
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 23/06/2011 13:49  Atualizado: 23/06/2011 13:49
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: CALEIDOSCÓPIO
Interessantes e diferentes visões caleidoscópicas...também tenho um "caleidoscópio", dá uma olhadinha:http://vcruz66.blogspot.com/2011/02/serquererpertencer.html
(meu blog)
Bjsss
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...