http://spumis.pt/
 
Textos -> Tristeza : 

DESABAFO!

 
Estou cansada!
Cansada de ter que as vezes ser o que não sou para agradar as pessoas.
Cansada de sorrir quando sinto uma enorme vontade de chorar, chorar até extravasar ou secar minhas lágrimas, que luto para que não inundam o meu rosto, por achar que não se vale a pena.
Cansada de fingir sentir o que não sinto e tantas vezes fingi apenas para agradar aqueles que, nunca se importaram em saber se estavam me agradando.
Cansada de dizer palavras sinceras tão sinceras que mesmo assim foram duvidadas não acreditadas ou simplesmente jogadas no lixo ou debochadas, acima dessa sinceridade fora massacradas por certos convencimentos, vesnobismo e mania de grandeza.
Cansada! de ouvir e nunca ser ouvida com a mesma atenção, com a mesma paciência, na maior boa vontade que eu, quantas vezes sem que pudessem ver a tristeza que se estampava em meus olhos por achar que devia ter feito mais ou quando achava que havia fracassado em ajudar quem tanto precisava da minha ajuda. Para depois ganhar um beijo, o beijo da traição da falsidade, da mediocridade, o beijo que arde e machuca.
Cansada! De viver brincando fazendo brotar sorrisos dos lábios das pessoas ou arrancando boas gargalhadas e ser tachada de engraçada, sempre com as mãos no coração das pessoas amenizando a suas dores, fazendo-as esquecer por um momento com esse meu jeito louco de ser o seu desespero, suas solidão, depressão e fracassos ou mesmo a dores do amor a dor da rejeição ou a dor da doença, para depois virem com palavras ásperas, duras, amargas, frias.
Ouve sim varias vezes que pensei que estava sentindo outra vez o amor, mas não, era apenas uma ilusão uma paixão que como num passe de mágica acaba da mesma forma que veio, termina se bem ou acaba-se muito mal mas... simplesmente acaba.
Cansada! De pessoas que não me conhecem não convivem comigo, nunca me viram, dizer que fiz ou disse isso ou aquilo, e na hora da satisfação a pessoa simplesmente coloca uma cara de anjo e tira o corpo fora para não se afogar em suas próprias acusações sem ter como se defender esquece-se da educação ou fingi esquecer sem nem um pedido de desculpas de ambas as partes a que disse a que acreditou, simplesmente somem e se calam assustadoramente em uma atitude covarde.


Janaina Tavares

 
Autor
Janaina_Tavares
 
Texto
Data
Leituras
66121
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
12
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
willians
Publicado: 10/11/2008 00:57  Atualizado: 10/11/2008 00:57
Da casa!
Usuário desde: 18/07/2008
Localidade: são paulo
Mensagens: 238
 Re: DESABAFO!
Boa noite Janaina!Por muitas vezes, também me sinti assim,"sorrindo com vontade de chorar",é deplorável,a futilidade das pessoas.Estamos sempre esperando reciprocidade,mas quase nunca a encontramos.O fato é que temos um problema em comum,mas se pararmos pra pensar,embora tenhamos poucos amigos,percebe o quanto somos deles?Estão sempre precisando de nós,dos nossos conselhos etc..
É cara poetisa,conforme-se faça como eu,recentemente li uma linda frase aqui mesmo no site "o amor é um presente dado que não esperamos receber.Apenas que não seja rejeitado",infelizmente ñ conheço o autor,mas,sei que foi muito sábio em escrever algo tão belo!Obrigado por compartilhar um pouco de voce a nós lusos.Beijos e um forte abraço!
WO


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 11/11/2008 17:25  Atualizado: 11/11/2008 17:25
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5058
 Re: DESABAFO!
Se procurarmos bem, com insistência, descobrimos na vida outros meandros...ou seja tentar procurar a felicidade. Às vezes é muito difícil, mas...
Texto bem escrito...bom desabafo.


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 13/04/2009 21:15  Atualizado: 13/04/2009 21:15
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: DESABAFO!
Lendo o teu lamento e sentindo que pode ser grande a hipocrisia humana. Espero que estejas recomposta e com vontade de colocar novos poemas. A poesia pode ser uma ótima terapia. Um abraçooo! Abílio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/04/2009 23:25  Atualizado: 18/04/2009 23:25
 Re: DESABAFO!
Minha amiga Janaína.

Preocupa-me a sua tristeza e revolta,
acho quem tem essa gráu de percepção que você tem
saberá escolher o melhor caminho a seguir.

Vamos nos encontrar, estou com saudade de vocês.

Beijos

Ulysses


Enviado por Tópico
mariamateus
Publicado: 01/07/2009 18:44  Atualizado: 01/07/2009 18:44
Da casa!
Usuário desde: 16/04/2009
Localidade: Vila Nova de Gaia..Porto
Mensagens: 452
 Re: DESABAFO!
Cansada! De viver brincando fazendo brotar sorrisos dos lábios das pessoas ou arrancando boas gargalhadas e ser tachada de engraçada, sempre com as mãos no coração das pessoas amenizando a suas dores, fazendo-as esquecer por um momento com esse meu jeito louco de ser o seu desespero, suas solidão, depressão e fracassos ou mesmo a dores do amor a dor da rejeição ou a dor da doença, para depois virem com palavras ásperas, duras, amargas, frias.


Amiga da escrita,sabe que por momentos pensei,ser eu que tinha escrito esse seu texto.
Estou emocionada,tem uma alma linda,sublime,cheia de desilusôes mas com enorme garra!Lamento não poder pedir sua amizade.
mas virei sempre lhe ler.Sabe porquê?Ambas somos iguais! Se levante,como dizem nesse país lindo q é o seu Brasil que eu adoro! Bem haja por ser assim! Deus um dia há-de mostrar-lhe que valeu a pêna todo esse sofrer. Gostei imenso!!
ABRAÇO de muita luz em sua vida.

UM ARCO ÍRIS DE TODA A SORTE DO MUNDO.


Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 12/10/2009 02:21  Atualizado: 12/10/2009 02:22
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Curitiba - Paraná
Mensagens: 3191
 Re: DESABAFO!
Olá Janaina,

Gostei e me identifiquei muitíssimo com teu texto, mas confesso que mudei muito estes últimos tempos, perdoo as pessoas, me espiritualizei muito, e noto a diferença, é como se um véu de proteção pairasse sobre minha alma.
Temos que em primeiro lugar perdoar a nós mesmos e depois perdoar as pessoas.
Somente assim seremos felizes.
Uma porta se fecha, abrem-se outras, a vida é um
eterno recomeçar.
Parabéns pelo teu expressivo e realístico texto.

Beijinhos

Fhatima

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...