http://spumis.pt/
 
Sonetos : 

CARNAVAL DAS ILUSÕES

 
CARNAVAL DAS ILUSÕES
*
NESTE TRISTE CARNAVAL DA MINHA VIDA
ONDE A DOR JÁ SE APOSSOU DO MEU SALÃO,
TENTO ACHAR MINHA COLOMBINA PERDIDA
QUE FUGIU-ME FANTASIADA DE ILUSÃO.
*
SOU TRISTE PIERRÔ QUE CHORA A SUA AUSÊNCIA
NA AVENIDA ONDE DESFILA OS VERSOS MEUS
NESTE BLOCO QUE ACOLHE A MINHA EXISTÊNCIA
CUJO ENREDO É AQUELE SEU SONORO ADEUS.
*
DESFILANDO TRISTE ATÉ RAIAR O DIA,
EMBALADO PELO SAMBA DA POESIA,
NA ESPERANÇA DE O MEU PRÊMIO ALCANÇAR
*
VOU SEGUINDO PELO BLOCO DO UNIVERSO
DESFILANDO EM SERPENTINA ESTE MEU VERSO
NA ESPERANÇA DE UM DIA TE VER PASSAR!

marinho gil

 
Autor
marinhogil
 
Texto
Data
Leituras
368
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...