Luso-Poemas
Registre-se agora!     Entrar

Links patrocinados



Menu de poemas

Quem está aqui

277 visitantes online (110 na seção: Poemas e Frases)

Escritores: 4
Leitores: 273

RayNascimento, AlmaMater, sendoluzmaior, Anggela, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Poemas -> Saudade : 

Saudade do meu Avô

 
Hoje, um ano em vácuos de abraços!...
Em olhares escurecidos pela saudade
Em lágrimas teimosas em cascatas
Sinto frio, vozinho!
O vento gela o meu sorriso...
Como essa vida nossa é ingrata!
Achamos, Vô, que somos donos do mundo!
Nada disso! Não somos donos nem dos nossos narizes...
Parece que foi ontem, Vô, que eu era tão pequena, franzina e tão chorona...
E vinhas me dar carinho e me fazer levantar dos muitos tombos.
Lembro-me dos passeios de bicicleta e do esforço que o senhor fazia pra me fazer correr contra o vento!
Eu me sentia protegida e tão feliz!
Mas, um dia, vi que a vida não era assim tão mágica e cresci...meu corpo espreguiçou-se e tive que caminhar sozinha...
E quando pensava que a morte era falácia...perdi o seu colo!
E como sinto aqui esse vácuo imenso chamado saudade!

Durma bem meu querido Avô!

26 de maio de 2009, um ano sem a tua presença física.



"Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende." (Guimarães Rosa)

Autor
Ledalge
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 48179
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
O silêncio
Oásis
DÚVIDA
SONETO AO AMOR
RESPIRAR
Aleatórios
ASA DE ÁGUIA
OLHOS NEGROS
QUE SE DANE!
MEU ANJO
FARTA
Favoritos
Efígie - EmanuelMadalena
India Bela - Alemtagus
Se encantar com um homem assim - shirley
ARRAZOANDO A POESIA DE AMOR - zésilveiradobrasil
Amor Circunspecto - Nanda
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
fernandobarbosa
Publicado: 26/05/2009 23:54  Atualizado: 26/05/2009 23:56
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2008
Localidade:
Mensagens: 591
 Re: Saudade do meu Avô / Ledalge
Felicito-a pela coragem, pela determinação com que soube tão bem descrever a beleza do seu ente querido, do seu avô que na eternidade vive, mas sempre presente está na sua vida.

Somos tão pequeninos na nossa curta existência terrena, e valorizamos ainda mais a vida, quando sentimos a perca de alguém a quem muito amamos.

Senti que o mundo desabava sobre mim, quando perdi o meu avô com a idade dos meus 14 anos.
Foi como perder parte de mim, perder parte da minha própria vida...no entanto temos que aceitar, embora custe que afinal nem tudo se perde...ficam sempre as boas recordações, por elas todos os dias renascemos, quando recordamos quem tanta falta ainda hoje nos faz.

Felicito-a, como mulher corajosa, pois com saudade e amor por seu avô, trouxe-o à sua memória, ao recordá-lo, pelo amor imenso que a ele tem.

Com amizade:

Fernando.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 11:25  Atualizado: 27/05/2009 11:25
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô / Ledalge
Muito grata pela sensibilidade, Fernando. O amor aos avós é mesmo uma coisa divina. Muita sensibilidade no seu comentário.
Um abraço amigo

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 27/05/2009 00:02  Atualizado: 27/05/2009 00:02
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Saudade do meu Avô
Olá Nuria! Um bela e sensível homenagem! Já perdi todos os meus avós; aliás no Recanto (não sei se te lembras) em dois textos homenageei a ultima das minhas avós a partir. No entanto possuo inédito um soneto que dediquei à pessoa da minha vida: o meu avó paterno. Esse soneto possue uma carga sentimental impossível de explicar - pelo menos sinto isso. Acho que existem fatos da nossa existência que nos marcam para sempre e são acontecimentos similares que nos fazem criar poesia como quem pinta. Um grande abraçooo! Abílio

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 11:40  Atualizado: 27/05/2009 11:40
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô
Olá Abílio!

Eu me recordo da homenagem à sua avó, muito sentida. Com relação ao teu soneto inédito dedicado a teu querido avô, que já partiu, acredito que deverias nos mostrar. Seria uma forma de traduzir a muitas pessoas esse sentir tão puro, embora com perda e saudade. É a vida! Nada é eterno, amigo. Muito grata por ter vindo.
Um abraço

Enviado por Tópico
Nitoviana
Publicado: 27/05/2009 01:00  Atualizado: 27/05/2009 01:01
Colaborador
Usuário desde: 10/04/2009
Localidade:
Mensagens: 648
 Re: Saudade do meu Avô
Escrita sentida duma saudade que é também um prazer teres tido um avô que te soube dar tudo o quanto descreves aqui e que ao lembrares, garantidamente, voltas a sentir.
Ele não te deixou, ficou contigo no carinho com que te lembras dele, no carinho que ainda ele te dá e no carinho que vais espalhando por quantos te rodeiam.
Um beijo com carinho

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 11:41  Atualizado: 27/05/2009 11:41
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô
Olá Nito!

Um comentário precioso, atencioso e muito sensível. Eis o mister de estar aqui entre vocês! A gente ganha muita força e solidariedade.
Um abraço de gratidão

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 27/05/2009 04:50  Atualizado: 27/05/2009 04:50
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14620
 Re: Saudade do meu Avô p/ Ledalge
Querida amiga

Esta dor desta saudade é tão doída
que muitas vezes nos sufoca e caem
as lágrimas pela saudade de tempos
tão maravilhosos passados e logo em
seguida sorrimos por termos lembranças
maravilhosas deste tempo...
Há seis anos exatamente nesta data perdi
minha mãezinha querida, compartilho contigo
esta imensa saudade...

Beijinhos doces n'alma

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 11:45  Atualizado: 27/05/2009 11:45
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô p/ Ledalge
Querida Ângela, a dor da saudade é imensurável. Resta-nos lembrá-los sempre como forma de carinho e gratidão por tudo de bom que eles nos fizeram em vida e dos exemplos que nos deixaram. Solidarizo-me com tua saudade!

Um beijo
Núria

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 27/05/2009 11:29  Atualizado: 27/05/2009 11:29
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Saudade do meu Avô
É com muita emoção que comento este teu belo texto, onde a saudade e a tristeza imperam, em cada desabafo inerte silenciado nas palavras.
O meu avô materno teve uma importância PRIOMORDIAL
no meu desenvolvimento. Pela sua ternura e presença constantes.
Bem hajas, querida amiga!
E não fiques triste. Lá, onde as pombas brancas sobrevoam as almas boas, lá... de cima, o teu avô e o meu, por certos nos sorriem...
Bj
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 11:49  Atualizado: 27/05/2009 11:49
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô
Querida amiga,

Como eles nos significaram! Meu avô foi mais do que um pai pra mim...foi meu escudo, meu jardim de paz. Solidário, atencioso, amoroso, fiel e jamais esmoreceu diante de qualquer problema. Essa lição de vida ele me deixou: nunca desistir dos meus sonhos!

Amiga, receber você aqui, logo nas primeiras horas do dia, foi muito positivo.
Sou-lhe grata.
Um beijo
Núria

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 27/05/2009 12:06  Atualizado: 27/05/2009 12:06
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 10875
 Re: Saudade do meu Avô
Ledalge querida,
Nesse amor transcendental que vos une ele continua velando por ti e emanando luz para tua vida. Estou certa de que a sentes.
Beijinhos na alma
Nanda

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 27/05/2009 12:16  Atualizado: 27/05/2009 12:16
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Saudade do meu Avô
Querida amiga,

Com certeza, eu sinto essa luz que emana dele. Uma luz tão intensa que me tem servido de proteção e escudo em muitos momentos da minha vida. Foi muito bom ter sua presença aqui, amiga. Um beijo no teu coração, sempre tão generoso.
Núria

Login

Usuário:

Senha:

Recordar senha



Esqueceu a senha?

Registre-se gratuitamente!

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...