Poemas : 

Para o criador

 
Tags:  poesia criador  
 
Quem em mim manda? Tamboril ou pernil?
Sou eu a escolher!
Quando adormeço? Á noite ou de dia?
Depois de comer!
Quando sorrio? Em casa ou na praça?
Sem sono pra ter!

Destinos breves e indefinidos?
Caminhos iluminados de redenção?
Vou dar liberdade aos meus sentidos
E dormir sob tua oração.

Solitário errante de estradas de terra?
"Pater familias" da era cristã?
Vou esquecer o ditado "da ovelha que berra..."
E provar o "bocado" da tua maçã.

Sou eu criatura e tu criador?
És tu criatura que eu próprio criei?
Vou proteger-me num cobertor
E entrar pelo escuro da tua lei.




 
Autor
fcsguimaraes
 
Texto
Data
Leituras
390
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 22/06/2009 17:50  Atualizado: 22/06/2009 17:50
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Para o criador
Poesia divinamente bem rimada e com belas frases!Muito inteligente.Envio aplausos!

Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...