Luso-Poemas
Registe-se agora!     Login

Links patrocinados



Utilidades

Consultar

Outros

Quem está aqui

109 visitantes online (49 na seção: Poemas e Frases)

Lusuários: 0
Leitores: 109

mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Textos : 

DIA DA PÁTRIA

 
Nas ruas, o colorido verde/amarelo/azul e branco dessa imensa e bela dimensão continental. Um dia especial, a beleza ilusória devotada do civismo patriótico em desfiles majestosos em sua vã alegoria, trajados de esperança, sempre esperança.
Nas ruas de todos os outros dias, a dura visão palpável da crua realidade da agitação insana na busca demente... o assombro da escuridão presente no medo que aniquila, a cruel violência, o narcotráfico que se alastra insolúvel, a corrupção assistida de cumplicidade, o descaso, a miséria, a injustiça social.
Nas ruas de todos os outros dias, vamos seguindo “porque tudo é assim mesmo” desviando os pés para não cair do salto ou sujar os sapatos no flagelo, ou cair nesse fosso que separa o dia da Pátria aos outros dias comuns.
Lufague




Das palavras, as mais simples. Das simples, a menor.” Winston Churchill

Autor
miriade
Autor
Textos deste autorMais textos
Rss do autorRss do autor
EstatísticasEstatísticas
 
Texto
Data
Leituras 14671
Favoritos 0
Licença Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Enviar este texto a um amigoEnviar
Imprimir este textoImprimir
Salvar este texto como PDFCriar um pdf
Partilhar
0
0
0
Recentes
A química do amor
Sempre uma nova centelha...
No espelho, além do reflexo.
Esboço de mim...
Fartei-me de ti.
Aleatórios
SAÚDE MENTAL?
SINTONIA COM UNIVERSO QUÂNTICO !
A QUEM DE DIREITO...
Liberdade!
RÉVEILLON!
Favoritos
O AMOR - neoabjeccionismo
TUA ALMA - neoabjeccionismo
A MULHER - Alberto da fonseca
Julio Saraiva estava lá? Vai saber! - Srimilton
COMO FAÇO POEMA? - JBMendes
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 07/09/2009 20:56  Atualizado: 07/09/2009 20:56
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Curitiba - Paraná
Mensagens: 3177
 Re: DIA DA PÁTRIA
Olá Miriada querida,

Tua poesia mostra o que se tornou a nossa Pátria amada, em outros tempos havia desfiles de verdade, o civismo era vivido, todos brigavam pelo nosso país.
Hoje vivenciamos um páis doente, com feridas profundas na sua política, na justiça, nesta corrupção que assola todos os meios, o crime organizado que tomou conta do nosso país.
É a certeza da impunidade, cadê o amor ao nosso pais? Cada um está a pensar em roubar mais.
É lamentável, mas temos que lutar, contra essa
corrupção, e um dos meios é quando vamos votar.
Excelente a tua abordagem
Um beijinho no coração
Fhatima

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 09/09/2009 00:29  Atualizado: 09/09/2009 00:29
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
E assim ,assim a gente vai seguindo amioga, em esperança e conformidade "pensando que poderia ser pior" que "a vida é assim mesmo", mas chegaremso lá ...obrigada pela excelente observação. beijocarinhoso, Lu

Enviado por Tópico
zésilveiradobrasil
Publicado: 07/09/2009 21:03  Atualizado: 07/09/2009 21:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/02/2008
Localidade: Niterói (em tupi-guarani = águas escondidas) RJ/Brazil
Mensagens: 13225
 Re: DIA DA PÁTRIA
me permita que homenageie o seu texto. Viva!

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=41614

um fraterno abraço poetisa.
Silveira

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 03:13  Atualizado: 15/05/2013 04:59
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
Caro poeta Zé,vi o seu maravilhoso poema,"DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL, PÁTRIA AMARGA..."fiquei lisonjeada com sua belissima homenagem.Poema que expressa seu amor à Patria e a sua consciencia politica,no sentido de querer mudar a situação, e bem sabes que somos nós que atribuimos o poder, escolhemos nossos politicos, fincamos a esperança de um dia, a escolha ser acertada e essa generosa mãe Patria, seja doce e maternal...Obrigada, beijocarinoso Lu

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 07/09/2009 21:22  Atualizado: 07/09/2009 21:22
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: DIA DA PÁTRIA
Seu texto Lu, que se inquieta com a realidade concreta, num texto que descreve muito bem a insanidade dos dias, em certos lugares e espaços,é oportuno, além do mais, mas "o terreno está minado"... Num à parte, um homem escreveu em célebre de redacção de curso de adultos, uma afirmação que cada vez mais me sinto obrigado a partilhar, apesar do seu absurdo, dizia " ...Eu nunca fui à Pátria". Seu texto tem a força da razão e da emoção.

Beijinho
arfemo

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 02:48  Atualizado: 08/09/2009 02:48
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
Querido arfermo, sem querer parafrasear o poeta, digo: vivemos todos em uma unica Pátria mãe (terra). Obrigada pelo inteligente e generoso comentário.Beijocarinhoso, Lu

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 07/09/2009 22:19  Atualizado: 07/09/2009 22:19
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6218
 Re: DIA DA PÁTRIA
Prosa realista bela e trste.Quisera hoje, Dia da Pátria, que a realidade fosse outra.Mas, no caminhar da democracia havemos de mudá-la....
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 07/09/2009 23:29  Atualizado: 07/09/2009 23:29
Colaborador
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9701
 Re: DIA DA PÁTRIA
Neste dia de tanto significado para todos
vós, aqui fica o meu abraço fraterno à Nação
e ao Povo maravilhoso que sois...

Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2009 23:47  Atualizado: 07/09/2009 23:47
 Re: DIA DA PÁTRIA
Salve poeta, sábias palavras.
Sem muito mais o que dizer, parabéns Lu!

Beijinhos
Ana

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 00:17  Atualizado: 08/09/2009 00:17
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
Obrigada Vony,pelas gentis palavras, beijos Lu

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 08/09/2009 01:27  Atualizado: 08/09/2009 01:27
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: DIA DA PÁTRIA
Toca a rufar
Que a injustiça vai aumentar.

É necessário alertar e sobretudo fazer algo de concreto.
Os movimentos cívicos são um exemplo a seguir.



Beijo

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 08/09/2009 03:31  Atualizado: 08/09/2009 03:31
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,miriade
gostaria de aproveitar para cobrar da pátria o cadáver do meu pai, preso político, na época da ditadura, que ainda não nos foi devolvido. será que algum milico filho da puta pode nos dizer o que fizeram dele, meu pai?

júlio

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 04:06  Atualizado: 08/09/2009 04:08
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,miriadep/julio saraiva
Caro poeta, sua história é real,pungente e dolorosa.Á pátria nessa epoca foi medonha, foi cruel madrasta psicopata, e essa epoca de horror nem está longe,é mesmo um passado bem recente, 21 anos de regime militar e para nós, centenas de mortes, para vc, seu pai, e a tatuagem em seu coração que vai sangrar sempre...nem sei o que dizer...uma coisa é ter conhecimento da cruel historia, outra bem diferente é sentir na carne o horror da hist´ria, um beijocarinhoso ,Lu

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 08/09/2009 04:14  Atualizado: 08/09/2009 04:14
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,miriade
provavelmente, como tantos outros pais e mães, meu pai morreu por espancamento, num pau-de-arara ou numa cadeira-do-dragão, cheio de pancadas e choques, como algumas marcas eu tenho no corpo até hoje. uma vantagem eu tirei: a cadeia me ensinou a ser frio, a dividir um pedaço de trapo com os companheiros de cela, na rua tutóia, em são paulo, onde havia o maldito doi-codi. onde vi, e nunca vou esquecer, uma companheira de 19 anos, grávida, jogada na cela com a gente, entre homens, sorte dela que eramos civilizados, abortar no meio da noite de tanto que apanhou. era linda. e teve seus dentes quebrados.essas tatuagens de mim não vão apagar nunca.

j.

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 04:35  Atualizado: 08/09/2009 05:00
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,Julio Saraiva
Certamente o poeta vivenciou as atrocidades ,dessa "Patria mãe amarga" que bem diz o poeta zé.È o nosso passado macabro,uma direita cruel, e uma esquerda fraca,desarmada,e impotente como oposição.Não quero aqui achar que tudo isso tenha valido a pena,porque ainda não valeu...Bom saber de sua historia, poeta. Obrigada,carinho, Lu

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 08/09/2009 04:41  Atualizado: 08/09/2009 04:41
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,miriade
nós éramos todos inocentes. chegamos tarde ao araguaia. eu, nos meus 17 anos, defendia a luta armada, como continuaria defendendo. infelizmente não se faz revolução sem sangue. o inimigo sabia disso. ali aprendi a atirar. não cheguei a fazê-lo. mas faria, se fosse preciso. hoje tem uma porção de filho da puta em brasília que se diz ex-preso político, o zé genoíno é um deles. quando chegou ao araguaia a guerrilha não havia mais. e o que ele fez, é bom que a história conte, foi entregar muita gente. há homens honrados, que quase não aparecem, como o bispo catalão, dom pedro casaldáliga, religioso e poeta, que abrigou muito guerrilheiro em sua casa no araguaia, e por isso foi várias vezes humilhado e ameaçado de deportação.

j.

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 04:57  Atualizado: 08/09/2009 05:05
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA p/,Julio Saraiva
Como dizia Renato Russo: que pais é esse?

...Será se um dia vai mudar... depende de nós?

Lu

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 08/09/2009 03:36  Atualizado: 08/09/2009 03:36
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
Querido neno,bem que é preciso sempre rufar, o ideal seria fazer rufar tambores, desses que rufam nos movimentos civicos e soam em nosso coração de emoção,mas sou pequenina e rufo como pingos desalentados de chuva em minha vidraça de consciência politica.Os movimentos civicos vc bem diz são exemplo a seguir,mas civismo é amar a pátria, cuidar da pátria, trabalhar pela pátria,e não esse conceito de cultuar simbolos e cantar o hino,como se fosse a salvação.vixe entusiasmei..rsrs Obrigada gentil poeta, beijocarinhoso, Lu

Enviado por Tópico
malgaxe
Publicado: 10/09/2009 01:19  Atualizado: 10/09/2009 01:20
Participativo
Usuário desde: 10/05/2009
Localidade:
Mensagens: 25
 Re: DIA DA PÁTRIA
Eu entendo a sua indignação, que na verdade é de todos, amiga Lufague, (acho charmoso esse nome), rsrsr, mas continuando, nos meus anos 60 e 70, esta imposição do dever patriótico era institucionalizado, pois a matéria de Moral e Civica nada mais era que uma obrigação de cumprir
o que diz um velho lema da Revolução de 64, Ame ou deixe-o, isso naquele tempo.
Hoje é só no dia da independência, que isto é explicito, mas acredito que no coração de cada brasileiro exista a cada dia do ano um grande amor pelo Brasil, apesar de termos sim problemas sociais dificeis de resolver, corrupção, má vontade politica, sinceramente e cá entre nós, nos anos 60 e 70 o ar tinha bem menos "fumaça suspeita", não morro de amores pelos de coturno, mas a bandidagem andava bem mais esperta, rsrsrsrr


beijos

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 10/09/2009 05:32  Atualizado: 10/09/2009 05:32
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA p/ malgaxe
Amigo malgaxe (acho tb super charmoso esse seu nome),rsrsrs...essa materia de Moral e Civica também é do meu tempo passado...rsrs sem contar, que tinhamos de hastear à bandeira e cantar o hino.Mas acredito que civismo vai alem de cultuar simbolos e cantar hinos, amar á Pátria é servi-la com trabalho,cumprir deveres e ter ciencia dos direitos,exigir ou reivindica-los.Adorei sua visita e comentário, beijocarinhoso, Lu

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/09/2009 01:37  Atualizado: 10/09/2009 01:37
 Re: DIA DA PÁTRIA
Vcs têm razão, o Brasil é péssimo, ainda mais com essa história de turismo, eu moro na Região dos Lagos é uma maravilha, mas ai vem feriado, não sem para que tanto feriado, ó povo preguiçoso, ai as crianças não vão para escola, e vem aquela cambada toda para minha cidade, fazer turismo e barulho, sem contar o lixo. Horrível! Odeio feriado

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 10/09/2009 05:14  Atualizado: 12/09/2009 03:16
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2093
 Re: DIA DA PÁTRIA
Caro poeta, eu diria; que o Brasil é lindo... mas também quem manda vc morar em cidade veraneio...rsrs obrigada pela visita, beijocarinhoso Lu

Login

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Leia também

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...