http://spumis.pt/

 
Textos deste autor
Offline
Kolthar
Fénix
A chama, enlouquece e determina feroz A sede subtil que vem em devaneio Silvestres espalham o seu...
Enviado por Kolthar
em 12/10/2012 13:25:48
Textos deste autor
Offline
MariadeFatima
O Dia Seguinte - O Dia "D"
O dia seguinte pode ser qualquer dia, depois do dia “D”. É aquele dia em que você se dá conta de...
Enviado por MariadeFatima
em 11/11/2011 17:46:47
Textos deste autor
Offline
MariadeFatima
Renascer
Hoje, deveria ser, um dia muito especial. Um dia bem diferente. Infelizmente, está, com uma aparê...
Enviado por MariadeFatima
em 19/10/2011 23:41:43
Textos deste autor
Offline
wolfbell
FÊNIX PUTREFACTA
FÊNIX PUTREFACTA Fogo derretido, fogo contido, Desejo derretido, estrela escolhida, Putrefação ...
Enviado por wolfbell
em 08/05/2011 16:13:36
Textos deste autor
Offline
visitante
ESPERANÇA- FENIX
Permita-me revelar-te Em reserva contar-te Em poemas e versos O que fui em secreto E agora não ma...
Enviado por visitante
em 22/03/2011 00:48:19
Textos deste autor
Offline
Betha Mendonça
Fênix
Fênix by Betha Mendonça Não chores amigo em meu lugar, A vida não passa de uma esquina, Onde ca...
Enviado por Betha Mendonça
em 31/07/2010 19:19:49
Textos deste autor
Offline
Esther
MULHERES DE FOGO POÉTICO (Ciranda)
<p style="text-align: left;"><img src="http://api.ning.com/files/8vG9*i8w...
Enviado por Esther
em 21/01/2010 10:18:49
Textos deste autor
Offline
Esther
PÁSSARO DE FOGO
<p style="text-align: left;"><img src="http://api.ning.com/files/3EFjTZw9...
Enviado por Esther
em 20/01/2010 19:32:39
Textos deste autor
Offline
Cláudia Banegas
Fênix
Como uma fênix, eu sou Sou mulher, fêmea ardente Sofro, choro, ao chão eu vou Me torno cinzas, ...
Enviado por Cláudia Banegas
em 03/10/2009 16:01:42
Textos deste autor
Offline
Esther
VIDA DA MINHA VIDA
Quando me faltas sinto falta inquietação... Ao ver-te sinto-me viva, sou fênix... Ressurjo d...
Enviado por Esther
em 16/08/2009 12:42:57
Textos deste autor
Offline
CarlosBarbosa
Hoje é um daqueles dias
O ribombar das ondas. O uivar do vento. A noite como breu que me leva para outro mundo. As ondas ...
Enviado por CarlosBarbosa
em 08/07/2008 09:51:50
Textos deste autor
Offline
Mel de Carvalho
Vôo da águia
Por onde vai esta multidão abestada que não vê o primado essencial da palavra? Abastardada, en...
Enviado por Mel de Carvalho
em 15/01/2008 13:02:16
Textos deste autor
Offline
FatinhaMussato
REENCONTRO!
REENCONTRO! by FatinhaMussato Do ontem... Da densa bruma do ontem... Do longínquo ontem evoluci...
Enviado por FatinhaMussato
em 05/12/2007 04:36:41
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...