(1) 2 3 4 ... 25 »
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Da Vontade de ser Criança)
Num abraço do tamanho do teu mundo Entre músicas d'água a correr na fonte A cor dos teus olh...
Enviado por Alemtagus
em 11/01/2017 19:24:51
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Do Outro)
Nas tuas janelas cor de mistério Onde abundam rios de amargura, Nascem restos do nosso adeus Sete...
Enviado por Alemtagus
em 06/01/2017 19:18:20
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (De Nada)
Nada, absolutamente nada Tudo sem um mero sentido Uma indicação, um caminho Uvas sem sabor, sem v...
Enviado por Alemtagus
em 05/01/2017 18:58:08
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Da Falta de Espaço)
A dor silencia o beijo Que acalma o ego Numa zoada infernal Abafada pelo ensejo Do martelo no pre...
Enviado por Alemtagus
em 04/01/2017 18:18:54
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Do Inusitado Inferno)
Contorço os frágeis céus... Céus devoradores d'almas Gatunos de sóis e luas As virgens puras...
Enviado por Alemtagus
em 03/01/2017 18:13:05
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Da Inocência)
O vento frio na cara do petiz Qual folha a tremer no peito A lembrar poesia de Neruda Fez olhar e...
Enviado por Alemtagus
em 02/01/2017 12:34:29
Offline
Alemtagus
Síria
Por esses rios Olhos loucos Vêem dias frios Mortos aos poucos Largam as memórias Das sombras pass...
Enviado por Alemtagus
em 01/01/2017 12:06:57
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Da Falta de Sentido)
Colho sempre um pouco de nada, O mar silencioso que canta a Sul Entre pássaros de alado caminhar ...
Enviado por Alemtagus
em 27/09/2016 18:10:43
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (Do Toque Sensual)
Faço amor em teu corpo diamante Página em branco em minha vida Toco cada pedaço de tua pele sedos...
Enviado por Alemtagus
em 26/09/2016 18:53:51
Offline
Alemtagus
Espiral
Antes que o velho sonho acorde, Que me leve deste mundo meu, Peço-te alguém que me recorde Que me...
Enviado por Alemtagus
em 23/09/2016 18:56:20
Offline
Alemtagus
Bombeiros
Reacende-se o chão patrício Por entre olhares fumegantes Mãos livres e ensanguentadas... Desfolha...
Enviado por Alemtagus
em 23/08/2016 19:01:04
Offline
Alemtagus
Entre Noites
A palavra doce feita desejo É como as flores do campo Sabor leve de simples beijo A colorir o teu...
Enviado por Alemtagus
em 21/08/2016 11:22:08
Offline
Alemtagus
Resistência
Perdes sorrisos de menina Escondes doce a inocência Numa lágrima pequenina Aí solta sem resistênc...
Enviado por Alemtagus
em 19/08/2016 18:30:33
Offline
Alemtagus
Pôr-do-Sol
Sei que não te posso amar Nem dar uma mão que proteja Acariciar teu corpo ou beijar Ao pôr-do-sol...
Enviado por Alemtagus
em 17/08/2016 17:51:26
Offline
Alemtagus
Pensamentos de Ti
Se um dia a noite me levasse o olhar Pensaria só em ti e na palavra que calei Esquecia a idade, e...
Enviado por Alemtagus
em 27/03/2016 12:35:42
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (do Olimpo)
Os seus lábios loucos, sedentos de beijo Trocam-se em sílabas tónicas nos meus, Leem-se mútuos em...
Enviado por Alemtagus
em 19/01/2016 18:46:10
Offline
Alemtagus
Exercício Poético (do Túmulo)
As vestes negras das viúvas De falsas lágrimas cintilantes Despem-se agora sob a Lua Que jaz no m...
Enviado por Alemtagus
em 12/01/2016 12:53:56
Offline
Alemtagus
Poesias em Ré Menor
A música depressa se entranha... Do lado esquerdo da tua longa vida Consome-se cada clave, cada n...
Enviado por Alemtagus
em 10/01/2016 12:27:27
Offline
Alemtagus
Embriaguez
Sonhei que uma noite era dia Que o sol era meia lua Feita sorriso esquecido Os teus lábios nus er...
Enviado por Alemtagus
em 07/01/2016 00:50:06
Offline
Alemtagus
Natal Debaixo de Armas II (reedição)
Pintaram-lhe os sorrisos a mil cores, A alegria desenhada por tanta loucura, Seus olhares salivad...
Enviado por Alemtagus
em 23/12/2015 12:29:30
(1) 2 3 4 ... 25 »