Poemas, frases e mensagens sobre amar

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares sobre amar

O LADO AMOROSO DE MIM

 
O LADO AMOROSO DE MIM

Nada fora dele
me negue
me atinja
me finja

Nem eu próprio sem amor me conceba...
Nele me saberei e me criarei

Por trás dos olhos dele me escondo e exponho
O estrondo que gritou neste sonho imenso

De derramá-lo fervente em meus braços
Queima-me com prazer
Dentre os vãos dos dedos
Faço a dor, faço o espaço
Esfumaço-me... Tal um cigarro
Esquecido da boca o prazer viciado

Meu querer se perde na solidez solta e só
D’uma orquídea erradia em seu tronco
Na sua forma mais arredia
Na sua beleza mais baldia...

A suavidade entinta as cores da flor às sombras
Salvam-se pétalas do cego furor destrutivo das ervas
E os meus tremores coabitam com a minha sensatez...

Escura e dura essa difícil escalada
Pelo negrume do meu muro
Onde o amor se disfarça
Em meus lábios contentes

As fragilidades racham mais as antigas fadigas
Na coerência desafiadora dos meus regaços
Nessa viagem indômita torno-me um gigante.
Léguas e léguas de ternuras e um simples passo...

Meu amor agora é sentimento cansado, mas contente...

Deito-me com os titãs, com os vermelhos dragões
Que me lambem os pés como cães bem-comportados
O amor vê-me a face a dormir e se enamora
Estou chafurdado de vida pelo avesso do sono...

E assumo o lado amoroso de mim
O lado que, de mim mesmo,
Olhando, o outro lado gosta...
E, gostando, numa franca aposta
Entrega sem receio tudo
Lado e lado
De si para si...
 
O LADO AMOROSO DE MIM

DEIXA-ME VIR A MIM

 
DEIXA-ME VIR A MIM...

Sou a contra-face
Da contra-face tua
Na face da lua que renasce

Sou o desvario sadio
No vazio do teu poema
O dobrar do cabo bravio...

Sou teu último dilema
Das manhãs enfermas,
Nos limites mágicos
De tuas secas fronteiras

(Deixa-me vir a mim...)

Gê Muniz
 
DEIXA-ME VIR A MIM

O SORRISO

 
O SORRISO

para mim
sorriso
nunca foi meta

mas ele me completa
se for preciso

quando
o cupido

- esse fanfarrão impreciso -

precisamente
me acerta
 
O SORRISO

Dentro do peito...despindo a noite com o olhar…

 
 
A única roupa que vestes depois das lágrimas
É os poros da minha pele
Quando nos tornamos mais fortes
Despindo a alma
Sem a omissão dos braços ….

Mesmo despida diante do meu olhar
O que encontro de pornográfico
São as tuas lágrimas em meus lábios
Chorando palavras tão virgens e velhinhas
Depois de eternizarem a solidão
Sem respirarem
Na tua língua ….
A paixão de amar…
 
Dentro do peito...despindo a noite com o olhar…

O coração busca a perfeição no teu sorriso …

 
O coração busca a perfeição no teu sorriso …
 
Os barulhos mudos, fazem sangrar a calma a alma ….

E vão sobrando tantas palavras por viver
No amanhecer do teu ombro …
No colo do teu ser…
Que chegam a doer
Por não terem espaço nem tempo para crescerem…
No pátio das nossas horas …

Meu Deus, se os teus sonhos fossem nascentes ….,
Antecipava-me ao descer das suas águas desviando todos os obstáculos até ao mar …

Mesmo sabendo, que ao tocarem no azul mais carregado nunca mais reflectiriam a tua felicidade no meu olhar…

Mesmo assim te amo sem saber explicar as ausências nem os silêncios …só sei explicar, que a tua infelicidade é o que tenho de mais imperfeito no peito…

Quando somos inócuos no coração
Até os traços de avião nos fazem lembrar
Uma viagem no alvoroço do teu cabelo
De morango cheiro …

[Deixei aqui esta estrofe fora de rota para te fazer sorrir … ]
 
O coração busca a perfeição no teu sorriso …

AINDA É TEMPO DE AMAR

 
AINDA É TEMPO DE AMAR
 
POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
AINDA É TEMPO DE AMAR

AMAR SEM CONDIÇÃO

 
AMAR SEM CONDIÇÃO
 
“A condição de amar está no respeito
de quem doamos o nosso amor”

----------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
AMAR SEM CONDIÇÃO

SUSPIRAR DE AMOR

 
Doce suspiro no meu pensamento vem
Desse amor que agora sou refém
Vou te buscar dentro da minha emoção
É lá que vive meu coração...

Por favor, clique na imagem
 
SUSPIRAR DE AMOR

- AMO!

 
- AMO!

não há novidade
em amar
e dizer:

- amo!

há em descobrir como
dessaber o porquê,
o para que...

(ah, essa busca deformada
das razões do sentir...)

amar de verdade... (qual maldita verdade?)

cada pequena falta de senso?
cada ínfimo desvario?
cada fremido?
cada flor despetalada em bem/mal-me-quer?
cada calafrio?
cada gosto de beijo?
cada sofrimento?
cada desejo?
cada delícia?
cada desenfreio...?

amo a verdade injustificada
aquela que é mais que a verdade
d’um amor esdrúxulo, compulsivo,
descabido...

assumo meu absurdo
– esse meu maravilhoso absurdo -
tal fosse
o melhor absurdo
que pudesse ganhar a realidade
na sanidade covarde desse mundo

amo.
se amo é porque posso amar.
 
- AMO!

O que fazer com um sonho … do tamanho do sempre …?

 
 
O que fazer, se o coração escancarado,
Jorra um amor tão imenso
Que daria para encher todos os espaços
Negros
Entre as estrelas…
Menos no átrio do teu peito,
Menina pássaro de mil cores …de mil açucenas!?

Vou te deixar um abraço de penas
E todo um sentimento num beijo sincero, …
Esperando que a brisa amiga,
O leve até ao teu lindo rosto…

Esta noite sonhei que subíamos as árvores à procura de um ninho para morarmos …

Éramos meninos de meio metro com uma esperança gigante, capazes de sonharmos sem qualquer obstáculo, sem qualquer inferno interior…

Quando acordei, senti esse gosto de ave que perfumam os braços na liberdade do céu e nos lábios da lua… quando sobrevoam os nossos olhos de líquida prata no relento da alma sem o desassossego das lágrimas e das suas chuvas …

Fiquei então com a convicção que ainda há espaço para mudarmos a beleza dos nossos actos ….deixando que o coração seja o porta-estandarte do nossos passos …

E Talvez assim, possamos deixar de ser espremedores de íntimos, sendo o contrário …saciando os outro com o nosso melhor …
 
O que fazer com um sonho … do tamanho do sempre …?

PROPOSTA DE AMOR

 
PROPOSTA DE AMOR
 
“Mesmo que a proposta seja de amor eterno
pode ser que o coração avise antes que este
amor já não será como antes”

-------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
PROPOSTA DE AMOR

UMA NOVA CHANCE

 
UMA NOVA CHANCE
 
"Quando se ama de verdade é sempre possível uma nova chance"

Ângela Lugo

------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
UMA NOVA CHANCE

Não se vá...

 
Não se vá...
 
“Quando o amor parte sentimos uma dor no peito
mas podemos pedir para ficar sendo nosso desejo”

--------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
Não se vá...

AMAR É MARAVILHOSO

 
AMAR É MARAVILHOSO
 
"Amar é assim... Unir dois corações
e deixar as emoções fluírem"

Ângela Lugo

-------------------------------------------------------------
POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
AMAR É MARAVILHOSO

Se tolerasse as asas nos ombros, voaria até ao coração teu … agora que dormes ou quando pranteias na solidão …

 
 
Escondo-me na tua arte de “poetar” como quem se esconde no gigantesco amontoado de ternura,

Que sobe a solidão cheia de silêncios escamosos

Na direcção do teu coração …[aquela estrela que brilha no teu peito de cor púrpura, própria das safiras puras e dos diamantes da emoção …]

Subindo…

Chorando nas palavras
A tua chuva
Aquela que baloiça os casulos do céu
A que desnuda as folha desmaiadas no chão
A que se debruça nas janelas da comoção
A que é socorrida pelas mãos
Sobrando a tristeza salobra
Da alma em saturação …
Nas suas linhas …

Mas nenhuma raiz suporta a mágoa do mar, nem que seja as dos teus olhos …por te ver a chorar…

Talvez esteja errado, pois os anjos como tu, choram nuvens, não choram lágrimas como as minhas …
 
Se tolerasse as asas nos ombros, voaria até ao coração teu … agora que dormes ou quando pranteias na solidão …

AMOR

 
AMOR
 
Amor vivido é sentir a felicidade
Amor passado é apenas saudade
Amor esquecido é mentira
pois quem ama jamais esquece

Por favor, clique na imagem
 
AMOR

MEU AMOR

 
“Lindo mesmo seria o dia em que o amor acordasse e
sem dizer nada apenas com meu coração entrelaçasse”

clique na imagem
 
MEU AMOR

Trepar não é amar

 
Trepar não é amar
É um jorro
Quente na minha cara.

A tara
Que me acusa e desvenda
Quando mergulho
Em tantas fendas.

O grito e o gozo
Que sorvo
E escuto
Entre chicotes e algemas.

Trepar não é amar
Não é sequer gostar,
É muito mais,
É só querer,
É uma busca incessante
Pelo ser
No gozo e no prazer.

Trepar não é amar
É ter,
Sobretudo ter,
Para logo depois
Perder
É ver o corpo
Como escada
Para o tudo
Ou para o nada
E esquecer.

Trepar não é amar
É gozar,
Sobretudo gozar,
Pois pode-se amar
Dias, meses, anos a fio
Sem jamais gozar,
Sem jamais entrar no cio,
Porque amar é sofrer
E trepar é querer,
É morder
O que tantaliza
Nosso ser.

Trepar não é amar
É querer, nu,
Mergulhar
Num cálido mar.

Amar
É querer
Também,
Querer
O que não se pode ter,
O que está além
Das nossas forças
Ou ser
Porque amar,
Em si,
É ansiar-se só,
Sem ninguém.

Amar é querer-se
Além do corpo,
É no fundo desejar
Estar morto.

Trepar não é amar,
É não querer
Estar morto,
Mas viver
Sempre no centro
De todo o corpo.

É tão sublime
Quanto matar
Ou trepar
Num altar
É cometer um crime!

Trepar não é amar,
É ser perverso
E se tornar objeto
De insanos desejos
Secretos.

É encenar papel baixo,
Despojar-se
De toda a vergonha e recato
Só para ter acesso
À silhueta atrás do véu
E à caixa que guarda
Preciosa jóia e anel.

Trepar não é amar,
É vociferar-se
Na janela
É uivar ou ladrar
Feito cadela.

Trepar é ser denumano e cruel,
Não é ser homem e mulher
Mas algo que resfolega ou galopa
Como um corcel.

Trepar é cravar e contorcer-se,
É rasgar e morder,
É ir até onde toda a carne
Sempre vai doer.

Trepar não é amar,
É ter na boca
Um beijo tantalesco,
É gritar venéreo
Contra o amor
Tão sério,
Que jamais vê
O que também somos:
Burlescos.

Trepar não é amar,
E se amamos
Enquanto trepamos
E se,
Por um breve instante,
Por um triz,
Consegue alguém
Ser feliz,
Saiba:
Isso,
Seja lá o que for,
É muito mais
Do que amor.
 
Trepar não é amar

Eu é que sinto

 
 Eu é que sinto
 
Não sei ao certo,
O que pensar,
O que falar,
Tudo é incerto,
Em dias assim só apetece rimar,
E todos os dias são assim
que apetece amar.
.
Eu só tenho a certeza de ter uma vida,
Embebedada de gente metida;
Eu é que sinto, eu é que sinto,
Eu é que sinto, eu é que sinto
o sabor da minha vida.
.
Se tiver mais vidas para além de uma, bem,
serão minhas como a existência permitir,
Como as fases do meu sentir,
Sou eu que as sinto e mais ninguém!
.
Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R
 
 Eu é que sinto

ASSUNTO... AMOR

 
Podemos voar nas asas do vento
quando quisermos, para tanto, basta
apenas fechar os olhos e sonhar com
o amor que está no ar para nos abraçar

Para melhor leitura, clique no poema
 
ASSUNTO... AMOR