Poemas de natal

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria poemas de natal

Mensagem de Natal

 
Mensagem de Natal

Vai nascer Jesus nosso irmão
há alegria, cantam os anjos
Ele é o Salvador! Só Ele traz
amor, que devemos espalhar
pelos indecisos que ainda…
não encontraram a Paz.

Acreditai sem reservas
que Deus veio a este mundo
para nos testemunhar
que não há ódio que vença
quando o amor os convença
que sofreu por nos amar.

Nesse dia revivemos
sempre cheios de emoção,
do ano o dia mais pequenino
e o maior, sempre esperado,
pois nas palhinhas deitado
estará Jesus… Deus menino.

Aleluia!

Desejo do coração que o amor de Jesus chegue a todos Vós e que num grande abraço mesmo virtual estejamos todos envolvidos em fraternidade.
FELIZ E ABENÇOADO NATAL
 
Mensagem de Natal

Oxalá o amor venha de trenó!

 
Oxalá o amor venha de trenó!
 
Oxalá o trenó acarrete o amor
e as renas o acudam, sorrindo!
Porque os sinos tocam desordeiros
enquanto estrelas vão decaindo,
nos meus sonhos de Natal.

Oxalá o trenó traga presentes e futuros
e portas abertas, com entradas e saídas!

Oxalá as desilusões tragam corações
abraçados em beijos e não partidos!
Porque eu só quero uma caixinha de musica,
flocos de neve caídos do céu
e lembranças proibidas!

Oxalá este Natal seja azul!
Tão azul
como o chapéu das emoções.
Quero ver-te além do espelho,
agarrar-te ternuras dóceis
e tê-las por companhia,
todo o meu Inverno…

Oxalá a luz venha revestida da seda
para açucarar o doce do meu pranto
e nos reflexos das tradições,
ter desejos da juventude.

Porque eu só quero uma caixinha de musica,
dar vivas ao amor e num pedido escrito
falar no ouvido do Pai Natal.

Oxalá venhas de trenó
e de mãos cheias a trazer a paz ao mundo,
na mensagem do silêncio
a harmonia,
caridade, respeito e tolerância,
e que tudo isso chegue
em abundância!

Oxalá tragas o cartão colorido
afecto e amor como carimbo!
Hoje,
vou ficar agarrada á fé que tenho,
numa conspiração só.
Porque em mim
nasce uma criança a cada dia,
a morar no meu destino.

É Natal
a vida é o milagre maior!

Há uma estrela no céu que brilha,
e os Reis
já vão a caminho
numa só voz cantam o hino,
este, não é um Natal qualquer!

Oxalá esteja feita a lista
para os bons e os maus
e eu só quero uma caixinha de musica
enquanto a noite cai fria.

Há flocos de neve espelhados no ar
só vejo mortos vivos!
Um mundo cego pela hipocrisia
e tudo é, tão simples!

Oxalá seja este para todos
o perfeito Natal!
Só peço uma caixinha de musica
Para adoçar todos os meus dias do ano!
É pedir muito?
 
Oxalá o amor venha de trenó!

Época de reflexão

 
Época de reflexão
 
Imagem retirada da Google-Madeira no Natal

Da Janela olho
Luzes a brilhar
Em cada casa
Em cada lar
Em cada um
Uma história para contar
De amor, paixão
Desejo e emoção
Tudo começa e acaba
Tudo é ilusão
Mas algo permanece.
A morte, a alma
A perfeição
Nada fica imutável
Tudo nasce
Tudo morre
Tudo se aperfeiçoa
Que segredo é esse?
O que não sabemos?
O que se esconde
Em cada vida?
Em cada um de nós?
Mas isso que interessa?
É a vida, o amor
A paixão e a perfeição
É natal,
Época de reflexão
De junção e união
Num mundo nosso
Teu e meu
 
Época de reflexão

Aleluia! Aleluia!

 
Aleluia! Aleluia!

Tocam os sinos, Aleluia!
O Deus menino nasceu
o Céu está todo, azulado
e bem no meio brilhando
a grande estrela apareceu.
Vem anunciar ao mundo
que aquele mimoso Jesus
deitado em fofas palhinhas
gerado pelo Sim, de Maria
veio trazer à terra a Luz!
É este o grande mistério
de tão humilde nascimento
naquele abrigo aquecido
pelo amor de José e Maria.
Uma vaca e um jumento.
Povos de toda a terra,
montes e vales, trilharam
e trazem cheios de alegria
produtos da natureza
que eles próprios criaram.
Os Reis Magos avistaram
a estrela de brilho intenso
montaram os seus camelos
partem, chegam, ajoelham,
oferecem oiro, mirra, incenso.
Os sábios…tinham adivinhado,
aquela criança era o Salvador.
O ouro dizia da sua Magnificência.
Incenso… a essência que emanava
e a mirra…muito sofrimento, dor!
Lá está de bracinhos abertos
pedindo atenção e sorridente
olha-nos, pede uma carícia
quem pode negar-lhe amor
não estar com ele eternamente.

Helena
 
Aleluia! Aleluia!

Grito de Natal

 
Ia escrever um conto de Natal
inspirar-me nas estrelas
que as cidades ostentam,
nos presépios engalanados
por figuras míticas..

Ia escrever um conto de Natal
mas algo começou logo mal!

Começar com era uma vez
nasceu um Menino?
Todos já sabem
que o Menino nasceu
a Sua vida deu pela humanidade!

E..afinal o que mudou?
As ruas estão repletas de sirenes
de choros
fome
figuras reais que montam o presépio da vida!

Histórias que se repetem
canções que se entoam
presentes que se inventam
na época que todos correm envoltos do mesmo…

Ia escrever um conto de Natal
mas as minhas mãos choraram,
não me deixaram
fazer alegorias fantásticas
em busca do louvor fácil…

Repetir que é Natal
já não me chega,
a minha ambição é ver na luz da humanidade
um Natal em cada dia
que se carrega no ventre
a dádiva plena a crença genuína
gravada nas veias
e num só coro as mãos se unirem
no anil de um céu
em que todos os sorrisos
sejam os adornos das ruas…

Assim será verdade
que um Menino nasceu
e a humanidade O recebeu!
 
Grito de Natal

Aprender na magia do Natal

 
Aprender na magia do Natal
 
 
Nasces no mundo
dormindo num sono profundo
o teu sonho embala o mundo.
Águas puras sem igual
venham do sitio mais turvo
ou do leito mais real.

Vem,
apela e grita, ao amor
num choro que ilumina a dor.

No teu sonho, a magia do Natal
luz que ilumina, sem ver o mal,
presente que vem para ficar
que ofereces no teu amor
em olhos de alumiar.

Aprendes a existir
ensinas a repartir
e tentas o ciúme controlar
neste mundo de egoísmo
vais te tentando safar.

És menino ou menina
branco, preto ou de outra cor
um simples coração de amor
que veio para abraçar.

É noite!
Vem um velhinho
cansado de caminhar,
está triste vive sozinho
faz um esforço
durante o teu soninho
percorrendo tanto caminho,
cansado de trabalhar.

Ao pé do teu sapatinho,
não te esqueças...
vais deixar um cházinho
uma bolacha ou um bolinho
para ele se reconfortar.

Vais deixar um presente
para o barbas brancas levar
num grande trenó de renas
a um menino, que está a chorar
percorrendo muitos caminhos
vai tentando, não se cansar.

Fica triste, se a alguns meninos
não conseguir alcançar.

Assim, nesta magia
deste fato vermelho
já roto de caminhar...

A criança...
És tu!
Vais ensinar
neste mundo,
tens que aprender a dar
no teu sentimento mais puro
no teu sono mais profundo
vais reflectir e pensar.

Em ti está a diferença
para este mundo mudar.

Nota: A minha filha Sofia de 4 anos deu uma ideia, não se esqueçam de comprar umas cenouras, porque as renas também vão precisar de comer.
 
Aprender na magia do Natal

Advento

 
Antecipo-me à morte anunciada
Num advento omisso de natais
É só o reflexo da minha fé cansada
De blasfémias de tantos carnavais

É farto o perú de tantos recheios
Na consoada rica e enfeitada
Lá fora uns olhos comem cheiros
que exalam da chaminé dos telhados

E há muita fome enquanto reza a missa
E o galo canta as 24 badaladas
O olhar triste da freira clarissa
A contrastar com a igreja engalanada

Não há menino num berço de palha
Mas há meus senhores...
Muita pobreza envergonhada!





Maria Fernanda Reis Esteves
50 anos
natural: Setúbal
 
Advento

Ofuscação

 
Ofuscação
 
A sacada da noite está fria
tenho o aconchego de mim
e o paladar da saudade
o pacto do teu enlaço, cumplicidade.
Hoje, é o dia dos sonhos de verdade!
Movem-se fleumáticos sons
nos cedros há lanternas que faíscam
existe um céu raro de candelabros
e uma estrela que passa selvagem
a cair, do outro lado do lugar.
Que som é este, que vem de longe?
Que céu é este
que cintila dentro do meu peito!
Que grito me falta?
Que abraço me dói?
E que dor, não doeu!
Tenho uma árvore de amigos
guardados em bolinhas de cristal
espaçadamente …
… ouço os sinos
e surgem doces palavras
e surgem lindos sorrisos …
que som é este, que bate á minha porta!
Que brilho ingente é este
nesta noite de Natal?
 
Ofuscação

VAMOS CANTAR

 
VAMOS CANTAR
 
*********************************************************************

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
VAMOS CANTAR

Chove. É dia de Natal (Fernando Pessoa)

 
Chove. É dia de Natal (Fernando Pessoa)
 
Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"
 
Chove. É dia de Natal (Fernando Pessoa)

MENINO REI, POESIA DE NATAL

 
Desde que, eu bem menino,
venho escutando essa história,
que foi num dia de glória,
que o bom anjo apareceu.

Flutuou sobre Maria,
causando-lhe muito espanto,
e também no seu bom homem,
um Tal chamado José.

Uma voz, e sons de clarins,
anunciou a novidade:
- Ó mulher, Ó virgem imaculada!
- Daqui a nove luas, mãe tu serás.

- Não há como ter recusas,
pois é Ele, Deus quem te usa,
escutai virgem santa escolhida,
Dele, o santo filho terás.

Então, antes de alçar vôo ao céu,
abrindo suas asas qual um manto.
num abraço fraterno, deu-lhes graça,
- Eis, Maria e José, divinos santos!

Passaram-se as nove luas prometidas.
Era chegada a hora santa, afinal.
Acordou José de sobressalto,
Disse ele: - Tive um sinal!

Novamente apareceu o anjo em sonho.
- Bendito. Seja bendito o Arcanjo!
Impondo-lhe a mais breve partida,
para a cidade de Belém.

Pressentindo ele um mau augúrio,
pelas notícias de um rei maldito e rico,
fugiram adentrando o deserto,
José, Maria e o burrico.

A noite já se fazia tarde,
no firmamento estrelas correndo ao léu,
mas uma... especialmente aquela,
jazia parada no céu.

Era o esperado sinal divino,
aguardado pelos viajantes na estrada,
indicando qual era o local exato,
do natal do nosso Rei Menino.

Naquela... na noite do nascimento,
cansados da tão grande jornada,
Maria disse a José:
- Meu Deus! A hora é chegada.

O casal recolheu-se num estábulo,
no conforto do calor dos animais,
nasceu o menino Deus,
o poeta máximo do Amor.

Jesus. O mensageiro da Paz.

Seja esta singela mensagem, um presépio em versos, e que represente o meu abraço fraterno e sincero aos Poetas e Poetisas, e aos administradores desta casa juntamente com seus entes queridos. Meus cumprimentos de; Boas Festas, um Natal Santo e um Ano Novo de Paz.
 
MENINO REI, POESIA DE NATAL

FELIZ NATAL (POETAS E AMIGOS)

 
FELIZ NATAL (POETAS E AMIGOS)
 
Mais um ano vai chegando ao fim
e um novo ano a surgir...
Foram grandes os momentos que
juntos com todos aqui foram divididos
li, comentei, leram e comentaram os
meus poemas e muitos foram os
preciosos amigos que trouxeram o
seu carinho para a minha escrivaninha
E muitos foram os leitores que vieram
deixar o carinho da leitura
Neste momento vos dedico este singelo
poema em forma do meu eterno
carinho e gratidão....

Um Santo Natal e Um Novo Ano de Paz e Esperança

Muitas bênçãos e beijos de ternura a todos

-----------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
FELIZ NATAL (POETAS E AMIGOS)

DIVINO,CRISTALINO,PURO...

 
DIVINO,CRISTALINO,PURO...
 
As luzes acesas
estrelas a reluzirem!
Num fulgor
anunciando o natal
aonde o céu cheio de vida,
ofusca até a tristeza,
um deslumbre naquela
noite de pura beleza,
uma harmonia que compõe:
Paz, alegria, perdão e amor.
Um momento de
plena transformação
bem sabem porque!
Coisas humanas?
Podem ser! Inspirações,
comunhão trazidas
pelo poder daquele
que É e sempre Será!
DIVINO,
CRISTALINO,
PURO...
Espelho para o mundo
em todo tempo.
A Estrela Maior!
Aquele que criou o amor,
e nem um pouco
ligou para sua dor.


Luso, amigos e visitantes desejo a todos vocês e seus familiares um feliz natal e um próspero 2015!
 
DIVINO,CRISTALINO,PURO...

Mensagem de Ano Novo

 
Mensagem de Ano Novo
 
"Mesmo que um ano morra, haverá sempre um novo para nos reanimar e sonhar de novo"

Ângela Lugo

------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
Mensagem de Ano Novo

VERSOS DE NATAL

 
VERSOS DE NATAL
 
"A magia do Natal está em
acreditarmos em sua existência"

ÂNGELA LUGO

------------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
VERSOS DE NATAL

Porque hoje é *Natal*

 
***

Porque hoje é Natal – e os homens despertaram nos braços da solidariedade –
*** O sol irradia apenas a Luz da Vida!

Porque hoje é Natal – e as crianças soltam gargalhadas sem cores esbatidas –
*** As aves cantam as melodias que lhe foram confiadas!

Porque hoje é Natal – e o pai e a mãe espelham no olhar alegrias nupciais –
*** O vento glaciar oferece o calor dos Trópicos!

Porque hoje é Natal – e os mendigos têm por umas horas cama e mesa farta –
*** As nuvens são apenas castelos de algodão doce!

Porque hoje é Natal – e contemplamos por um instante as Portas do Paraíso –
*** Jesus veio morar umas horas no coração de todos nós!

E perguntam em uníssono aqueles que são sempre os de Boa Vontade:
- Porquê, Irmão, não ficais connosco todas as horas, de todos os dias do ano?...

21.12.2009, Henricabilio

****************************************
Para os autores e visitantes, envio meus votos de
Festas Felizes e um 2010 nota dez!

Abílio Henriques
 
Porque hoje é *Natal*

NATAL DE AMOR

 
NATAL DE AMOR
 
“DEIXE NESTE DIA A MAGIA CONTAGIAR A SUA VIDA”

Ângela Lugo

---------------------------------------------------------

POR FAVOR, PARA MELHOR LEITURA, CLIQUE NO POEMA
 
NATAL DE AMOR

FELIZ NATAL A TODOS

 
FELIZ NATAL A TODOS
 
FELIZ NATAL A TODOS

Nesse natal
Que o nosso pai celestial e o nosso menino DEUS
Contemple-nos com saúde, paz, nos abençoe
Que nossos sorriosos ofereçam o mais puro sorrir para aqueles que tenham somente amarguras no coração
Mostre-nos sempre a certeza de um novo alcançar
Para sempre nossos objetivos o buscar
Que tenhamos muitas glórias, alcancemos muitas vitórias

Que realizamos todos os nossos sonhos
Que ás estrelas junto com o menino DEUS
Seja uma constância em nossos caminhos
Mostrando o caminho somente da verdade para a verdade
Que em nossos corações não exista a maldade
Somente o amor, não a vaidade

Que o menino DEUS ilumine todos os momentos de nossas vidas
Todos os segundos de nossos dias
Que o nosso viver seja somente de alegria
Alegria harmonia, seja somente de paz
Que sejamos cada vez mais capaz

Que em nossos corações
Tenhamos fortes emoções, muitas realizações
Sentimentos de amor e muita solidariedade
Sejamos sempre solidários um com o outro amável, com o proximo
Que o MENINO JESUS nos guie, a um verdadeiro estar
Ensine-nos cada vez mais o amor mostrando o verdadeiro amar
Que seja uma noite totalmente emocional, de emoção e muita
felicidade no coração

A TODOS UM FELIZ NATAL

AUTOR
MARTISNS
15:36 23/12/2012

ESCRITO E EDITADO POR ESSA
 
FELIZ NATAL A TODOS

Natal, profecia dos homens?

 
Dezembro
Cumpre-se a profecia dos homens…
Nas ruas cunhos de alegria
Os corações descosem-se
Em caridade…
As palhas douradas
Adornam o Menino amado…

Aquele que no imediato
Fica esquecido…

Ele se fez Homem
Percorreu caminhos
Sem nada nas mãos…
Com o coração
Farto de paz
Em oferta espontânea …

Natal
É o inicio da luz
A estrela que não deveria
Nunca ficar esquecida
Ilumina trilhos para serem seguidos,
Na paz que o mundo precisa…
 
Natal, profecia dos homens?

É NATAL

 
NATAL

Ouve-se música na velha catedral
Velas acesas é noite de Natal
O menino é de madeira esculpida
A seu lado o olha sua Mãe Querida.
Recitam-se em voz alta orações
Silêncio, ouvem-se até os corações.

O hino é cantado pelo coro
Os meninos o entoam como um choro
As naves cheiram a brancas rosas
Aquietam-se as almas ansiosas.
Vem do céu toda esta harmonia
A noite é velha e tráz estrela
Ninguém esquece a noite deste dia
Suspensa a hora nos altares da capela.

Há amor
E comoção nos sentidos
Missa do galo redobra o sino
E há calor
Nos corações em Amor envolvidos
Faz-se oração, nasce o Menino.

A TODOS OS AMIGOS POETAS DESTA CASA UM NATAL FELIZ E UM ANO NOVO COM MUITA SAUDE E PAZ
 
É NATAL