Poemas, frases e mensagens de martisns

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de martisns

Andando pela saudade onde as mares me lançam

 
Andando pela saudade onde as mares me lançam
 
 
Vou por esse oceano a encontro de você
Deixo as marcas de meus passos
Um sentimento forte que vem cais
Ondas que não se quebram, sefaz por inteira
Pergunto aos ventos, converso com o silêncio
Até onde pode ir esse mar me levar para o meu amar

Uma nuvem que se forma sobre meu andar
Caindo lentamente, a me molhar
São minhas lágrimas
As gaivotas parecem que comigo querer falar
Com seu lindo voar

Cabisbaixo, sigo o caminho que a natureza me opôs
Vou em uma direção sem os lançais da emoção
Andando pela saudade onde as mares me lançam
Não encontro nem lembranças
Dentro de mim uma solidão terrível, uma dor horrível
Sinto os barulhos das águas que se cristalizam nas sombras

Nascentes de meus olhos que choram
Pingando pelas areias da vida
Ficando as marcas indo até você
Mas a onde estar nesse infinito
Amo-te, espero que ouça o eco desse meu grito
Vida elaborada somente para mim! Você

Autor: martins
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
02.01.2015

http://www.youtube.com/watch?v=U1tOmFiAToA&autoplay=1
 
Andando pela saudade onde as mares me lançam

Na esfinge de nossos olhos transpiram-se os inquietos dos alheios que se concluem em gestos icônico.

 
Na esfinge  de nossos olhos transpiram-se os inquietos dos alheios que se concluem em gestos icônico.
 
Guardiãs que se movem pela luz descritas nos horizontes dos DEUSES

Na boca bate o amargo dos ventos trazidos pelas areias desérticas

Como um estojo que se abre a procura de um grafite para escrever algo em seus lábios

Um rascunho dizendo que minhas lágrimas estão chorando o ontem, onde as palavras não se movem, não se descrevem.

As alvuras dos cantais que se espremem minimizando-se um silêncio

Os escurecem quando nada conseguem ver, uma escuridão que se murmura nas penumbras.

Aquilo que se levanta da terra, fazendo aspirais penetrarem pelos átomos do olhar

Das bicas volúveis adestrais consomem´se no evaporar

Que onde nada fica nada acontece, nada se faz

É dessas sombras que se volteiam um aquilo, tocam nas ancas dos instantes banais.

Na esfinge de nossos olhos transpiram-se os inquietos dos alheios, se concluem em gestos icônico

O nosso amor se reflete dos vultos de nossas faces.

Autor: martisns
14.11.2014
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
 
Na esfinge  de nossos olhos transpiram-se os inquietos dos alheios que se concluem em gestos icônico.

Vou pelos isntantes, o tempo me leva

 
Vou pelos isntantes, o tempo me leva
 
 
Cores vivas que vem de seu olhar
Vestidas pelas nuvens de cetins de nossas bocas
Molham-se com a chuva do silêncio
O verde de teus olhos icônicos
Nosso lábios nos seduzem aos doces beijos

Vou pelos instantes o tempo me leva
Amando cada pedaço de você
Algo quente que nos queima
Nos becos dos errantes nossos latentes se caldeiam

Uma distancia que vem até nós
Os ventos trazem sua essência
Suaves lagos que se enchem com as águas
De o nosso amor
Uma saudade que chora nesse álveo de paixão
ama-te muito, esse meu coração

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
15/12/2014

imagens google
 
Vou pelos isntantes, o tempo me leva

Avançam pelas madrugadas aqueles pensamentos de nossas imaginações

 
Avançam pelas madrugadas aqueles pensamentos de nossas imaginações
 
Avançam pelas madrugadas
Aqueles pensamentos de nossas imaginações
Nossos sentidos se buscam em afagos
Sentimentos se procuram nas essências dos sentidos
Algo vindo de dentro de nossas almas

Seduzindo nossos corpos que se fundem
Nas delicias do prazer
Ensejo, levam-nos para o infinito
Desejos se deliram em ecos fogosos

Tocam nossas peles, aquela deliciosa sedução
Sublime sensação
Invade nossas noites, gostosos rituais sussurrantes
Beijos lábias latejantes

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
9.04.2015

http://thumbs.dreamstime.com/x/beijo- ... r-e-do-homem-11946210.jpg
 
Avançam pelas madrugadas aqueles pensamentos de nossas imaginações

Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios

 
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios
 
Noites que se buscamos em nossos beijos
Madrugadas fogosas iremos se amar loucamente
Nossos prazeres se almejam em cores
Insana paixão em que amamos
Peles em fusão que se sentimos atraídos
Primavera floral que refletem dos rios
Magias de seus leitos que me tocam
Folhas ânticas dos alvorais que vem do lento a cair
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios
Uma essência que me atrai ao seu corpo, você
Linda flor, meu amor bela mulher, doce querubim
Quero seus desejos dentro de mim


Autor: martisns
04.05.2015

http://data.whicdn.com/images/1864001 ... Rj1qd3478o1_500_large.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-0XVDik7Bk84 ... vp5osbq21qdhmdyo1_500.jpg
 
Na sua boca pétalas de outono beijado pelos nossos lábios

Um olhar de amor

 
Um olhar de amor
 
Noite que se cala com o silêncio
Uma neblina que se predomina, suavem ventom que nos tocam
Estrelam brilham, lindo e belo anoitecer
Aqueles belos momentos de nossas vidas, juntos passamos
Se apaixonamos

Seus desejos em meus beijos
Toques suaves de carinhos enaltecendo o nosso amor
Os atos tomam as ações
Se encontramos em nossos corações

Quero olhar dentro dos teus olhos
Alcançar-lhe alem de seu olhar
Um olhar de amor que inspira você
Sua vida é o meu ser
Eu te amo
Linda mulher você é o meu prazer de viver

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
31.01.2016

Imagens google

http://www.glam4you.com/wp-content/uploads/2012/10/LIVRO2.jpg
 
Um olhar de amor

Quero estar com você dentro das flores te amando

 
Quero estar com você dentro das flores te amando
 
Voam das colinas dos teus olhos, indo para o infinito, algo

Uma infinita beleza que magia com as Marcellas de nosso olhos

Sombras dos momentos entrando pelas penumbras quando se olhamos

Sobe dos campos aquela branco inebriante em direção as nuvens

Átomos anuvieis que nascem dos serenos, molhando nossas almas

Tocam dos espíritos aqueles sentimentos que mexem com os sentidos

Rosas dos teus lábios por minha boca beijada, doce amada

Sinto você, quando me tocas fico anestesiado

Quanto mais o tempo passa, mais amor eu sinto, a vivenciando

Quero estar com você dentro das flores te amando

Autor: martisns
José Carlos Ribeiro
02/08/2016
 
Quero estar com você dentro das flores te amando

Olhos que choram lágrimas revestidas de paixão

 
Olhos que choram lágrimas revestidas de paixão
 
 
Nossos abraços tecem os sentimentos
Saudade que vem das plasias de nossos corações
Olhos que choram lágrimas revestidas de paixão
Sopram dos alpes cândido ventos que se faz
Descem os planto pelos leitos ao encontro das águas

Cristais que se refletem nos brilhos solares de nosso olhar
A se planear nos momentos de nossos seres
Lá na serra aquele lindo azul de um belo chover
Pingos que vanescem vindo a molhar o nosso amor
Esse encanto amanhecer lágrimas de um belo alvorecer

Pássaros cantam nevoando o prazer de viver
Nossas faces se buscam em um jardim manto
Somos essências dos versos
Poesias em palavras, ablanda se as flores
Somos poemas amores

Autor: martisns
José Calor Ribeiro
22.09.2014
 
Olhos que choram lágrimas revestidas de paixão

Chove de manhã molha o nosso amor no entardecer

 
Chove de manhã molha o nosso amor no entardecer
 
 
Olhos que te olham alem de nós, olhando para você
Nuvens que vai, querendo algo encontrar.
São os planto que se faz em nosso ser
Nos paios, águas correm por baixo.
Um rio que a saudade vem em seu leito
Olhares alem do infinito, onde os ventos gritam.

Montanhas que se movem nos alpes se encontrarem
Meus lábios quer teu beijos, sua boca sedutora saciaste-me
Chamando-me para o louco desejo.
Nas madrugadas o nosso amor se ama
Nossos corpos se abrangem na sedução do silêncio

Palavras de meu coração para sua alma
Deixa eu matar sua sede de amor
Esse constatante que os acontecem, a paixão, a se evanescer.
Chove de manhã molha o nosso amor no entardecer
Somos puro amor, uma verdade em prazer.
Cores que se plaudam, nos rascunhos de nosso viver.

Autor: Martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
30.09.2014
 
Chove de manhã molha o nosso amor no entardecer

Rosas de teus olhos que refletem pétalas de nosso amor

 
Rosas de teus olhos que refletem pétalas de nosso amor
 
 
Momentos que vieram de um olhar quando a vi em gestos, meus sonhos, seus olhos vindo até mim

Sinto você, um silêncio onde os instantes são mudos, líneas de seu ser que não se refugiam dos sentimentos

Rosas de teus olhos que refletem pétalas de nosso amor
Lírios que se desabrocham com os beijos de nossos lábios.

Folhas que caem naquelas lindas tardes de outono cobrindo nossos passos

Flores outonais que se molham com um belo sereno vindo a cair das nuvens ofegantes

Pingos que tocam nos caules dos planto lentamente procurando nosso ser

Formam nas montanhas vindo dos alpes, os ventos que trazem a essência de um lindo entardecer

Linhos da noite que traz o cheiro do seu corpo, refletem nos desejos da madrugada o nosso prazer

Sedas de nossas bocas que se beijam sentindo as doces salivas.

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
7.012.2014

http://www.youtube.com/watch?v=oneS7Nkgg4A&autoplay=1 [/youtube]
]pão
 
Rosas de teus olhos que refletem pétalas de nosso amor

Deixa-me esconder em seu coração para ninguém me encontrar somente você quero amar

 
Deixa-me esconder em seu coração  para ninguém me encontrar somente você quero amar
 
 
Me lembro daquela bela tarde
Um sereno silencioso caindo sobre nossos corpos
Molhando os desejos enfurecidos pelo amor
A primeira vez que se encontramos, que se beijamos
Aquele seu beijo mexeu com meu coração, minha alma renasceu
Em seus lábios encontrei o verdadeiro amor
Despertou em mim algo que nunca senti por alguém
Essa paixão por você meu coração não contem

Minhas imaginações se perderam em pensamentos
Você me fez novamente viver
Minha vida voltou a ter prazer
Os olhos são essências que nos pluraliza
Seus beijos é mais que desejos, faz meu corpo delirar
Beija-me profundamente, entra em minha mente

Quero você por toda essa vida, por todo meu viver
Serei seu inteiramente, o seu amor, o seu prazer
Estarei contigo por toda a vida, para nossa felicidade se completar
Sua alma cativou-me, enfeitiçou-me, minha doce paixão
Deixa-me esconder em seu coração para ninguém me encontrar
Somente você quero amar

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
27.01.2015

clicar para ouvir a musica[/size]
 
Deixa-me esconder em seu coração  para ninguém me encontrar somente você quero amar

Beijos cor de pétalas que se faz nas faces de nossas bocas

 
 Beijos cor de pétalas  que se faz nas faces de nossas bocas
 
 
Nasce os algo plantado, que se descobrem no depois

Beijo cor de pétalas que se faz nas faces de nossas bocas

A saudade no rio de nossos lábios nos leitos dos seios

Fundem os mantos das flores que passeiam pelas ruas dos jardins de nossos olhos

Terras que se adubam com as lágrimas que os olhos choram

Segundos que se misturam com os minutos

Acontecendo os momentos onde os ponteiros passam

Olhar da noite que vem com os ventos, descendo pelas madrugadas, nos cantáveis amanheceres

Tintas que pintam os vitrais da vida, trazidas as cores pelos pincéis.

Ventos que se sopram, se despedindo do cais.

Ondas atrevidas que se quebram sobre o nosso oceano de amor

Somos viciado um no outro, somos lábios e bocas que se beijam apaixonadamente de maneiras loucas

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
10.10.2014

https://www.youtube.com/watch?v=SkHA6Y55kh8&feature=player_embedded
 
 Beijos cor de pétalas  que se faz nas faces de nossas bocas

Desenhei seu amor em meu coração

 
Desenhei seu amor em meu coração
 
Numa bela noite, que as águas se abrandam com as marés.
Mar de tua boca que brilha com o por do sol
Fusos que vem daquele náutico aflorando a beleza do cais
Decifra nossos dias, sombras vindo das pedras
Refletindo aquele belo azul dos teus olhos
Causando nossos beijos

Segredos em teu olhar, aquela percepção
Perolas que flutuam quando se tocamos
Pétalas vivas que se serenam dos Alpes
Gotículas que pingam em nossos momentos de amor
Que se indagam em nossas almas.

Sentido que se faz silêncio perante tua pele
Nesse seu oceano quero navegar em tuas ondas te amar
Com as tintas dos teus lábios beijado por minha boca.
Desenhei seu amor em meu coração
Desliza pelo teu corpo, os lacto dos prazerosos ensejos
Refletindo a nevoas de nossos desejos

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
1.07.2015
 
Desenhei seu amor em meu coração

Desdobram-se nos núcleos as direções que se asseiam do nosso amor

 
Desdobram-se nos núcleos  as direções que se asseiam do nosso amor
 
Te amo de um jeito louco, paixão que grita dentro de nós
Venha empresta o teu corpo para eu abraça-la com amor
Já não há as mesmas coisas em nossas saudades, sempre mais

Todas as luzes se perdem numa claridade atenua de tua pele
Sentimentos acionam a fogosidade presentes em nós
Instantes se tocamos, nossas almas se deliram quando se amamos

Desdobram-se nos núcleos as direções
Que se asseiam do nosso amor
Os desejos vem das colinas de nossas excitações
Falo coisa em nos teus ouvidos
Gozamos em gemidos

Autor: martisns
José Carlos Ribeiro
06.11.2015

http://s.glbimg.com/et/nv/f/original/2011/02/22/130-07_ok.jpg[/color]

http://www.bolsademulher.com/files/20 ... rtindo-transa-650x350.jpg
 
Desdobram-se nos núcleos  as direções que se asseiam do nosso amor

Lábios que choram a ausência de nossos beijos

 
Lábios que choram a ausência de nossos beijos
 
 
Naquele oceano, onde o azul se prolifera no infinito.
Um silêncio que se perde nos encantos do amanhecer
A procura dos instantes que se perdeu dos momentos
Uma sintonia que nos chamam

Beijos molhados, seduzidos pela paixão
Ficou a ternura pelas faces da solidão
Algos que se resguardam regando-se no entristecer.
Flores que tecem de uma essência intocável

Lágrimas que procuram os leitos da saudade
Lábios que choram a ausência de nossos beijos
Um viver que compõem nossas almas
Na essência desse nosso lindo amor

Imagens google

Autor martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
27.08.2014
 
Lábios que choram a ausência de nossos beijos

Sol da tua boca

 
Sol da tua boca
 
 
É preciso que saibamos do depois
As palavras assim como o silêncio se fazem
Momentos que nossas peles se vai pelos prazeres
Tomamos para nós o mundo, a nossa saudade iremos guardar
O que tenho para lhe dizer, não sei como
Só sei que te amo muito, sempre vou te amar

Meu silêncio não aguenta mais busco-te em pensamentos
Olhos para você faço dos teus olhos o meu conforto
Iremos se encontrar em sonhos
Sol da tua boca que me beija, as flores se refletem
Acordo com o gosto dos teus beijos
Essência que alimenta a minha vida

Não quero simplesmente desenha-la com as cores do amor pinta-la
O gostoso desejo estará na sua boca
Que por toda minha vida beijarei sua beleza me inspira
Teu olhar é o amanhã de minha alma
Primavera de um outono que aflora os lábios em beijos
Essências de nossos desejos

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
01.04.2015

lgBh0WRwqVI

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=VgZbWRA4RUw

https://youtu.be/VgZbWRA4RUw
 
Sol da tua boca

Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor

 
Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor
 
 
Nas margens dos sentimentos habitam flâmulas
Que enaltecem esse doce nascer
Encontrando o destino que se levam pelas essências
Dedilhando o silêncio do prazer.
Olhos de poemas, inspiração de amor
Do planto dos atos que se conduzem

Nos sentimentos, aquele segredo que esta em nosso olhar
Onde os enigmas são as sombras
Momentos que se apropriam da verdade
Onde os instantes se cala
Palavras que se manifestam em gestos

Uma saudade que dorme em nossos seios
Flutuam-se os encantos, onde os ventos se silênciam no amor
Tocando nossos lábios que se beijam
Minha encantadora paixão, linda flor

Autor: martisns
05.08.2014
 
Flutuam-se os encantos onde os ventos se silênciam no amor

Sua pele colada ao meu corpo, saciando-me

 
Sua pele colada ao meu corpo, saciando-me
 
 
Nossos sentimentos acontecem nos momentos que as nuvens se atraem, serenos que se molham vou muito longe a meus pensamentos te buscar

Vejo as pedras se moverem sentindo os desgastes do tempo que se murmura ao nosso destino

Acolho na solidão, coisa que me tiraram desse maldito vazio, meus lábios secos por querer seus beijos, minha boca te desejando.

Sua pele colada ao meu corpo, saciando-me, algo que se atrai em um castigo místico

Esses ventos que tocam os imortais, nos súbitos de seus cândidos desprovido das sombras onde os leitos se procuram

Olhos que são raros, olhar absolutos e penetrantes, revelando-se os externos de nossos gemidos

Tão poucos retirados das veias que se amortecem nos líricos das palavras

Alude-se um silêncio que nos cala

Instantes que meus olhos de amor te ama, no cálice do desejo se bebemos calando-se os pudores

Autor: martisns
8.11.2014

José Carlos Ribeiro
 
Sua pele colada ao meu corpo, saciando-me

Seus olhos são as sementes que faz o nosso amor renascer

 
Seus olhos são as sementes que faz o nosso amor renascer
 
 
Sonhos que refletem as cores de nossas vidas, de nossos pensamentos

Pintam-se as telas de nossas faces, nesse lindo espelho construído pelo olhar

Seus olhos são sementes que faz o nosso amor renascer, o sentimento dorme com as madrugadas, se despertando no amanhã.

As vozes do silêncio apropriam-se da verdade, os gritos se manifestam em solidão

Nos sentimentos estão àqueles segredos que se envolvem com o desvendar

Uma beleza que flutua no encontro onde os ventos se silenciam

As palavras deslizam suavemente, se buscam nas ondas vividas pelo azul oceano do nosso amor

Autor: martisns
JOSÉ CARLOS RIBEIRO
30.05.2014
 
Seus olhos são as sementes que faz o nosso amor renascer

Se manifestam os sonoros de nossos sentidos o amanhã sempre será aquele ontem

 
Se manifestam os sonoros de nossos sentidos o amanhã sempre será aquele ontem
 
A ternura vindo de seu olhar
Linda encantadora, a magia das flores
Exalando as essências dos amores

O amanhã sempre será aquele ontem, o que acontecerá no hoje
Entre espinhos, aquela beleza, uma rosa linda que não temei-a
Um belo silêncio que se abranda dos teus olhos
Se manifestam os sonoros de nossos sentidos

Saudades, momento vivido por nós dois, olhos que se apaixonaram
Candace uma explosão da natureza Incandescente olor
Exala aquele algo suave embriagador
Beijos de nosso amor

Autor: Martins
José Carlos Ribeiro
25.11.2015

http://1.bp.blogspot.com/-f97MDzLz7v0 ... _571669810375990121_n.jpg

http://40.media.tumblr.com/0087a0947c ... uuh3Zivd1r19fy6o1_500.jpg

http://www.paixaoeamor.com/arquivos/fotos/E3B90.jpeg
 
Se manifestam os sonoros de nossos sentidos o amanhã sempre será aquele ontem