Poemas, frases e mensagens de Almerinda

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Almerinda

Uma viagem dentro de mim

 
Uma viagem dentro de mim

Qual maravilhoso é gostarmos de nós, de nossos pensamentos!Isso ajuda...podermos viajar...dentro de nós.
Qual maravilhoso é poder viajar "dentro de mim"...as lembranças passadas...de momentos vividos...a lembrança futura...de sonhos que alimento...pela fé!
Viajar dentro de mim é alimentar a esperança...é tentar sorrir apesar das dores...poder crer que existe um amanhã brilhante...que vai vencer as barreiras físicas...toda dor...vencidas pelo amor!
Qual maravilhoso é termos um sentimento de gratidão com a vida! Recebemos tanto!Fiz tanto com as oportunidades que a vida me deu...
Nesta viagem dentro de mim...não há tempo para lamentos...não a tempo para reclamações...pois o tempo ainda não acabou...a viagem continua... e eu continuo viajando e fazendo estória...posso ver mais perfeitamente os detalhes que antes passavam despercebidos...hoje são obras de artes...os detalhes...detalhes como uma simples gota de orvalho em uma petala de flor...
Amo estas viagens que faço...mas faço sozinha...porque ninguém consegue visualizar a profundidade de meus pensamentos...que transcedem as barreiras visíveis...para vislumbrar o amor...a esperança...na visão da fé!
 
Uma viagem dentro de mim

Autoterapia

 
Não quero mais calar a minha voz

Quero sarar de vez a dor contida...

Expressar tudo que existe em nós...

Mas passa da visão despercebida.

Dos recalques,das defesas...dos ataques...

Dos medos que aprisionam toda gente...

Dos traumas que damos destaques....

Como libertamos nossa mente???

Somente no falar e assumindo

Nossas falhas, nossos erros e fraquezas....

Se aceitarmos nossa natureza...

E o mal que vem nos consumindo!

Por isso resolvi falar agora

E falarei sem dor ou medo

Não deixarei para trás nem um segredo

Vomitarei a dor que me consome....

Só não revelarei seu nome...

Por não haver necessidade,

para esta minha autoterapia

Nem sei se falarei um dia...

Pois só quero curar minhas feridas...

e no desabafar a dor contida...

SARA CORAÇÃO DESPEDAÇADO!!!

Cura-te para uma nova vida!!!



Almerinda Galúcio Aires
 
Autoterapia

Minha vida: Um sonho real

 
Procuro a felicidade nas pequeninas coisas,
Que envolvem o meu cotidiano...
Uma simples palavra...um sorriso...
Procuro a felicidade nos detalhes dos meus sonhos...
Sonhados no auge da juventude...
Plantados como sementes...cresceram e floresceram...
Procuro a felicidade no AMOR FATI...
Amor por mim...pelo que sou...e por tudo que tenho...
E assim vou revolvendo a terra deste meu jardim...
Ele é a materialização de meu sonho...
É a essência da vida...da minha vida...da vida que sonhei!!
Na conscientização desse fato...não mas, um sonho...
Não mas, uma procura pela felicidade...tudo é vida!!
Tudo é real!! Como o amor que me move...
amor de gratidão...de satisfação...por quê vivo o que sonhei!!
E não sonhei pequeno...por quê sonhei um sonho de amor...
Compartilhado...vivido no dia a dia...nas pequenas coisas...
Nos detalhes que tornam o sonho realidade!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Minha vida: Um sonho real

Ausência de amor

 
Quanto tempo não vejo a tua face...

Nem vejo o teu amplo sorriso...

Vou usando todo o meu disfarce...

Para não notarem que eu preciso...

Encontrar uma maneira de falar-te

Que meu coração te chama e sente

Tua presença constante...em toda parte!



Quanto tempo essa dor perdurará..

Eu preciso retomar a minha vida

Não posso continuar dividida...

Presa ao nada que não retornará...

Pois o sentimento não correspondido

É veneno para a alma, carne e osso...

Sinto-me afundar num grande poço...

Não de água...mas de piche derretido.



Almerinda Galúcio Aires
 
Ausência de amor

Cicatriz

 
Para amenizar sua dor diz para si:
“ Um corpo é um corpo...
Sente frio e fome..se tocas com malícias..
…..sente as sensações...
Um corpo...é um corpo!!”
Fostes tu!! Com a tua idade, já sabe o que procura...
Para jovem...tão criança....é uma tortura...
Há um medo...Há um temor...
Que tudo silencia...que paralisa...
Fostes tu!!Que pensas que é um corpo...
Apenas um corpo...
Ela pensa que és mais que isso...
Tens tu, o domínio...o poder...
Mas, horas te vitimizas de um demônio que te possui...
Horas te mostras vilão, intimida, inibe...
Abusando de teu poder ,tu dizes:
_Para aonde vai uma criança??
Quem acreditará em ti??
_ Aqui só te faço pequenas carícias...
Observo a tua beleza...
O mundo é muito pior!!
Tem mais!!violento acusa:
_És tu quem atrai o mal...
Sempre atrairás, por onde fores!!
Não vês que te protejo??
E assim...a criança sai para brincar...
Mas deixa seu corpo...
Um corpo....é apenas um corpo!
A menina já se escondeu ferida...
No corpo?? Nenhuma ferida!!
Na alma?? Eterna cicatriz!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Cicatriz

Natureza Humana

 
Não quero falar da natureza...

Nem só da “Boa” natureza humana...

Quero falar da dor profana...

De qual profana é a nossa mente...

Quero falar o quê a mim consente...

Falar...falar...falar...

E não se enganem...

com aqueles que dizem:

_oh,não sou assim...sou só bondade...

Pois quê em todo ser o mal existe...

Essa é a dura realidade.

A luta interior e constante e voraz...

Só não admite, quem não é capaz.

Até os “Mártires”ouviram...

Os conflitos da mente...

Por quê conosco seria diferente??



Almerinda Galúcio Aires
 
Natureza Humana

saudades...

 
Saudades...

O tempo que passa...que leva com ele a juventude...e o vigor da mocidade...
Na mente uma menina que deseja correr...brincar...amar...fazer artes...
Menina presa...em um corpo sem forças para tanto vigor na alma, minha menina!
Procuro acalentar minh\'alma...nina criança...brinca sozinha...acampa em sonhos...passeia no lago...visualiza um lago suave e manso....com águas tranquilas...
Saudades...saudades...do tempo em que subia em árvores...vivia romances cheios de aventuras...acampava...e a friagem não me fazia mal!
Saudades...das pescarias...
Menina de minh\'alma....sorristes demais...chorastes demais...com quanta intensidade viveste a vida...o corpo cansou! não consegui te acompanhar...e por vezes te desejo a liberdade...por não conseguir conter-te....
Menina, eu te amo! Minha menina...menina de minh\'alma...eterna criança...que dança e rodopia...dentro de mim!
 
saudades...

Resiliência

 
Gosto de aprender palavras novas,
Essa eu quero compartilhar...
Eu alimento “ela” dentro de mim...
pela minha determinação!!
“ A resiliência”...uma característica
de minha personalidade....
Uma resistência as frustrações...
Uma capacidade de recobrar
de episódios ruins...de resistir as dificuldades...
Eu não sabia que “ela” existia!!
Nem se quer sabia que há possuía!!!
Sim, “A Resiliência” está em mim!!
E eu a alimento!!
Sou determinada!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Resiliência

Amiga...

 
Dedicada ao trabalho e a família
Exige de si, força e coragem...
Buscando melhorar no dia-a- dia...
O trabalho, com sua criatividade.
Realista, tens sempre os pés no chão...
A ousadia ajuda, em sua meta.

Leva sinceridade em seu olhar...
A sua boca, tem sempre a palavra certa!
Não deixa passar nenhum detalhe...
És minuciosa...detalhista...

Mas isso é uma virtude...
A alma que possuis...é de artista!
Inspiras aos demais com o exemplo...
Administras bem, as diferenças...

Deixas, manifestarmos os nossos pensamentos
Expressarmos nossos sonhos e nossas crenças!

Mais que colega de trabalho,
O quê encontramos em você é uma amiga...
Respeita a todos, és prestativa...
A mão que afaga, a voz que briga...
Igual uma mãe, direciona a nossa lida.
Serás sempre lembrada com carinho.

Trabalhar contigo, foi um presente
O convívio contigo, nos enriquece...
Riqueza... é ter um bom amigo!
Riqueza que nenhum bem se excede...
É a vida curta e passageira...
Sem amigos se torna sem sentido...
Eu agradeço, por ter te conhecido!
Obrigada!



Almerinda Galúcio Aires
 
Amiga...

Convivendo com a dor

 
A 'Dor da Separação' nasceu dentro de mim...
na barriga....Bem dentro do estômago!!
Causou-me uma dor intensa...uma ânsia de vômito!
Mas, no exato momento que ia regurgitar a DOR....
Ela agarrou em meu coração e entalou em minha garganta!
Não sabia como fazê-la sair...Quanto mais Tentava expulsa-la...
Mas ela apertava o meu coração!!!
Convivendo com a Dor aprendi..Que sofria mais quando mexia com ela...
E assim...fui aprendendo a deixar o tempo cuidar de tirá-la do meu peito.
Ela não era uma Dor qualquer....Era 'A Dor da Separação'...
Sabia que ela teria de partir...Para dar lugar 'A Dor da Saudade'
Dor mais branda e até inspiradora!!
Com o tempo aprendi que:
A 'Dor da Separação' e para quem viveu a alegria da junção.....
A 'Dor da Saudade' para quem viveu...e tem do que se lembrar...
E recordar e viver....reviver a alegria da emoção vivida!
A Dor da Separação que nos reporta a alegria do encontro...
A alegria do encontro que nos reporta a Dor da saudade...
E a vida segue...amor e dor...da hora em que nascemos....
Presentes em todos os momentos...processo natural da vida...
Convivendo sempre com a passagem da DOR!!!!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Convivendo com a dor

Tu és...

 
Maria, trouxestes no nome...
A mulher consagrada...que
Reinou como mãe do filho de Deus!
Inspirou os poetas e religiosos...
A simbologia, da história contada...

És Maria, és mulher, uma mãe que impera...
Leoa que luta em prol de suas crias...
És amiga...sonhadora...na medida certa...
Não tira os pés do chão...mas sonha cada dia.
Inspirações encontra e renova na fé...
Levando no peito o amor pela vida.
Deixa embalar os sonhos dentro do coração,
Esperança é o caminho que nunca se finda!

Deus é a fonte que inspira a alma,
O pilar seguro daquele que tem fé!

E assim, segue a vida seu curso sagrado...
Sabendo viver com prudência a sorte...
Pois o fim da vida...nem sempre é a morte
Insisto em dizer, que vive e não tem vida ,esta
Riqueza maior que temos e nos foi dada...
Igual a uma planta, não vive, só vegeta, quem
Tem na própria vida...sua morte certa!
Ouça o que digo, faça a sua escolha...

Sonhe, pois seus sonhos alimentam a vida
Ame sem temor...mas seja comedida...
Não perca a esperança, tenha sempre amigos.
Tenha sempre a fé renovada com o dia
Ouça os conselhos dos mais experientes.

Deixo neste acróstico, neste belo dia...
Implantada em teu peito esta rica semente
A inspiração para seguires sempre contente...
Sabendo viver a vida com ALEGRIA!

Sem mais, Um feliz aniversário



Almerinda Galúcio Aires
 
Tu és...

Acróstico para minha filha

 
Amo você minha filha querida
Não penses que és menos importante
Nem por um segundo,nem por um instante
És para mim tesouro, nesta minha vida!

Gosto de você do jeitinho que és
Ainda que te cobre melhoras
Basta que entendas “ eu quero o melhor”
Rezo para que saibas viver sua vida
Inspirada nas coisas boas que aprendestes
E que tenhas sucesso, que sejas feliz
Lutando com garra e inteligência,
Longe de você habite a violência
E permaneça a paz de Deus em seu caminho.

Ande sempre em boas companhias
Inveja, rancor...sentimentos ruins
Rogo à Deus que afaste de ti.
Evitando que vivas sempre amargurada
Sejas feliz nesta tua estrada!!

Como mãe que sou,agora te peço
Atenda com amor o quê falo em verso
Mudando com o tempo teu jeito de ser
Para eu ter certeza quê quando eu morrer
Ora, aqui ficará uma bela semente
Sabendo viver sua vida contente!

Almerinda Galúcio Aires
 
Acróstico para minha filha

Ser mais que um Ser

 
A condição de “Ser Mulher” é corpórea e terrena...

Eu sou mais que isso...sou Centelha Divina.

Só vim a este mundo cumprir minha sina...

E não quero deter-me em coisas pequenas.

Eu não sou deste mundo,estou de passagem...

Aqui eu só vim resolver pendências....

Suplicar perdão e até pedir clemência...

Para depois seguir em uma nova viagem.

Eu não sou deste mundo,nem vim para ficar...

Mas vou deixar meu nome gravado e impresso

Vou deixar meu sonho em prosa e verso...

Por que a vida passa...mas o sonho...não vai passar.

Ele continuará em meus filhos e netos....

Nas sementes que planto, no amor que compartilho...

No caminho de quem seguir o mesmo trilho...

De sonhar e realizar os sonhos mais inquietos!!



Almerinda Galúcio Aires
 
Ser mais que um Ser

Alma Gêmea

 
Quero encontrar-te na curva do caminho...

Para juntos seguirmos,nesta mesma estrada...

E juntos olharmos o mesmo horizonte...

E juntos percorrermos a mesma caminhada!



Quero encontrar-te sentado à beira-rio...

Para juntos fitarmos a água cristalina...

E juntos seguirmos uma mesma sina...

E juntos retomarmos,novamente a estrada!



Quero juntamente contigo,descobrir que a vida...

E essa estrada que percorremos agora...

Que ela compõe a nossa história...

Que ela é um livro que está sendo lido...

E o final?? Será de pedras ou florido??

Só sabemos nós...a direção tomada...

Então, retomemos agora a estrada...



Uma vida só....Uma mesma estrada...

Um só horizonte...Uma mesma sina...

Um jardim florido...Uma água mina...

….Água pura...Água límpida...

….......Transparente e cristalina!!



Almerinda Galúcio Aires
 
Alma Gêmea

Fazendo uso da palavra

 
A palavra existe e é comunicação

Mas vamos falar de um tema abrangente

Vamos falar da dor que todo mundo sente

Do sentimento que flui em todo coração!



Vamos falar do “Sentimento Universal”

Deste “Universo”,então, globalizado

De tudo que deu certo...e do que deu errado

E junto chegarmos a conclusão final.



Se somos um povo forte e unido...

Por qual ideal é que nos lutamos??

Vamos aculturar os seres humanos??

Ou aceitarmos ser “ Um povo vencido”?



A cultura transforma, ela nos faz ver...

Que para chegarmos ser grande potência

Não devemos agir com ganância e demência

Como “ Elos da mesma corrente”, iremos vencer.



E juntos, unidos, na mesma batalha

O Brasil lutando em prol de seu povo

Vamos recomeçar tudo de novo...

E não cometermos esta mesma falha



De vermos escândalos a todo momento

A ganância exposta no noticiário...

Esconderam na meia, na cueca, no armário

Causando vergonha e descontentamento.



O Povo merece um governo justo

Que use a inteligência de forma correta

Que procure fazer da forma mais certa

O equilíbrio do uso: Benefício/Custo



Este ano é “Um ano de decisão”

De elegermos um governo novo

Não vamos ser massa, vamos ser povo.

E direcionarmos a nossa visão.



Não enfatizarmos a visão do “ tirar proveito”

Aceitando migalhas do todo, que é nosso

Acreditando: “ Eu quero, eu posso,

Lutar pelos sonhos que trago no peito”



E assim, no futuro...brevemente...

No Brasil que almejo para filhos e netos

Um Brasil tão rico...não existam “ Sem tetos”

Se começarmos, agora, plantar a semente!!





Almerinda Galúcio Aires
 
Fazendo uso da palavra

Acróstico para meu filho

 
Felicidade é ter você comigo
E vê-lo crescer e aprender contigo
Lições de amor que a vida nos ensina
Inspirações de amor...sonho de menina
Paixão passada da qual você ficou...
És fruto vivo de um grande amor

Amo você, meu filho querido
Igual a vida anseia pela vida
Recebi você das mãos de Deus
És especial, único e sem igual...
Sempre serás muito ESPECIAL!!

Canto em versos este meu amor
As palavras vem do coração
Me enchendo de inspiração
Para te falar aquilo que sinto
Ouça com carinho, pois eu não minto
Sou sua mãe...és o meu amor!!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Acróstico para meu filho

Chuva de esperança

 
A chuva caí lá fora...
molhando a terra seca...
o asfalto quente...
A chuva caí...renovando...
a esperança de vida...
para as plantações...
para o agricultor...
A chuva tão esperada...
depois de uma longa estiagem...
A terra já suplicava tua chegada!!
Vem chuva!! Renova a esperança...
Na semente lançada a terra...
Eu fico a olhar-te da janela...
o teu céu cinzento...
como a minha vida...
Caí sobre mim...chuva de esperança!!
Depois da chuva...tudo refloresce...
e o sol volta a brilhar!!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Chuva de esperança

Necessidades

 
Dentre as coisas que me dão prazer??
Ler e escrever...
No “instinto”...p'ra suprir o ser??
Comer...beber...
“comer”... “comer”... “comer”..
Como um pote que nunca sacia...
Vem a necessidade...mal começa o dia...
Necessidades básicas de um mundo animal...
Mas para preencher o intelectual??
Dentre as coisas que nós dão prazer??
Na “razão”...p'ra suprir o ser??
Ler....e escrever....
Internalizar...para compartilhar...
E dividir com você!!

Almerinda Galúcio Aires
 
Necessidades

Anjo de Vidro

 
Todos nós temos um “Anjo de Vidro”

Dentro do peito escondido...

Um sentimento...uma lembrança...

Uma dor...uma esperança...

Que fica no peito, como se fosse um defeito...

O tempo todo...contido!



Todos nós temos um “Anjo de Vidro”

Para a árvore de Natal...

Um enfeite...algo simbólico...

Algo de amor...ou bucólico...

Que fica na nossa visão, como exposto o coração...

O tempo todo....até o final!



“Anjo de Vidro”...meu anjo...

Melindroso...de cristal...

Que cuida em pedir perdão...

Que tomo em minha mão...

Para curar-me do mal!



“ Anjo de Vidro”...escondido...

Te mostra...Quero te ver...

Preciso te conhecer...

Cuidar de ti com carinho...

Você é meu passarinho...

Que canta dentro do peito...

É s o meu Amor Perfeito...

Meu coração é teu ninho!



Almerinda Galúcio Aires
 
Anjo de Vidro

Acróstico para minha amiga Kennya

 
Kennya, um nome incomum...
Especial que és, única e amada...
Nascestes para ser sempre admirada!
Nome que tem em seu significado...
Yng-yang, duas forças complementares, que
Abrangem todos os aspectos e fenômenos da vida.

Menina-mulher, flor linda e singela,
Anglo-saxão é a origem do teu nome...
Com o significado: “ Vale do Rio Brilhante”
Liberal e simpática,chamas a atenção. Visão
Ampla, como um vale...tens a visão certa
Es uma planície à beira de um rio.

Se em teu nome dizes tanto...
Original te tornas, no vale que és...de
Um Rio Brilhante... e és vale, és rio...
Zéfiro andante...que sopra e sopra...
Atinges a tua meta!

Anima, acalma...eterna descoberta...
Mudanças...sempre...não é estática a vida.
O mudar é preciso...faz parte da lida...
Realizar os sonhos...na esperança de
Inspirar a poesia de uma vida correta.
Mais que um nome, és um ser divino,
és filha...irmã...mãe...
...uma alma amiga.

Com amor e carinho, de sua sempre amiga:

Almerinda Galúcio Aires
 
Acróstico para minha amiga Kennya

Nasci em Belém do Pará,no dia 29 de dezembro de 1969,mas resido em Boa Vista-RR desde 1995.Sempre gostei de ler e escrever,o que fez com que eu escolhesse estudar Letras,com habilitação em Literatura ,curso que conclui em 2006.Participar de sit de poes...