Poemas, frases e mensagens de Keylla

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Keylla

Apenas

 
Não sou
Apenas estou

Não quero
Apenas existo

Não vejo
Apenas sinto

Não busco
Apenas me encontram

Não Sinto
Apenas finjo

Não vejo
Apenas toco

Não amo
Apenas me iludo.
 
Apenas

Vida

 
Hoje percebo o que não percebia antes e vejo o que não queria enxergar.

Keylla - 10-07-11
 
Vida

EU

 
E sou o sol
que por vastas manhãs
ilumina teu ser
Que te clareia e te faz sorrir

Eu sou a lua
Que brilha o teu anoitecer
Te tira da solidão e te faz amar

Eu sou o planeta mais próximo
Pois o mais distante te faria sofrer
te deixaria a calar

Eu sou o viver
Pois me amas e sem perceber
Minha vida pertence
Só a você.

Keylla Souza - 14-09-1988
 
EU

Senti saudades de ti

 
Você que nem sabe o por que entrou em mim sem pedir licença e ficou
Você que não conhece a minha história, que trago na memória me deu uma razão de viver
Você que me fez amar, que me envolveu sem nem se quer me tocar
Você que fez de um ontem amargo, um hoje cheio de esperanças
Você que nem sabe quem sou, que eu nem sei quem é
Entrou me encheu de amor e minh´alma dominou.
 
Senti saudades de ti

DECISÕES

 
Tenho que decidir
Resolver, por fim.
Tenho que dar um basta
a esta dor que está em mim.

Tenho que dizer adeus
ou ao menos nunca mais
Para poder descobrir
Quem eu sou...
Por que sou...
e o que quero a mais
Pra mim.

Keylla Souza - 25/03/11
 
DECISÕES

Um amor a Galope

 
Um amor que veio a galope
que apenas em um só golpe
acertou meu coração
me encheu de paixão

Um amor que me arrebatou
que em um único laço me pegou
amarrou seu coração no meu
e me encantou

Um amor que cavalgou por anos
que me encontrou em um momento insano
me trouxe a vida e renasceu em mim

Um amor que deixou pegadas
que marcou a minha estrada
e agora só quer voltar pra mim
e ficar aqui assim por mim.
 
Um amor a Galope

Ser nós mesmos

 
As vezes somos menos do que deveríamos ser
Pelo simples fato de deixarmos de ser
nós mesmos.

Keylla Souza - 27-02-1990
 
Ser nós mesmos

UMA ROSA, UMA PROSA

 
Uma rosa
Uma prosa
Tão mimosa
Tão formosa

Uma prosa
Uma rosa
Tão cheirosa
Tão jeitosa

Uma rosa feiticeira
No meio de uma prosa ligeira
Um apelar de amor faceiro.

Keylla souza - 14-06-1989
 
UMA ROSA, UMA PROSA

VOCÊ

 
Você que as vezes me abandona
Que as vezes me despreza
Que as vezes me conforta
Você que me faz chorar
Que me faz sorrir
Que me deixa a calar

Você que um dia me conquistou
Que minha vida transformou
E que meu mundo deixou

Você que não me entende
Que nunca me defende deste amor tão sozinho
E que nunca me constroi

Você
Alguém que eu amo
E que em muitas vezes apenas me destroi.

Keylla Souza - 20-10-1988
 
VOCÊ

DOR DE AMOR

 
DOR DE AMOR

Como é ruim estar triste
E com a dor ficar enclausurado
Por mais que eu queira ela está aqui
Devido aos laços que nos uniu no passado

Sua presença me incomoda
Seu jeito me angustia
E a única coisa que peço
É que não torne tarde esta ida

Quero me afastar e o mais longe de ti ficar
Preciso curar esta dor, proveniente de um grande amor
Mas preciso respirar, preciso ausente ficar
Para poder sobreviver e de dor não ficar e morrer.

Keylla Souza
20-08-2011
 
DOR DE AMOR

SER E TER

 
Ser e não ter
Seria assim fácil viver?
Ou ter e não ser?
Difícil conviver

Seria então
Ser e Ter
Pois, quem seria tu sem minh´alma
E minh´alma sem ti.

Keylla Souza - 05-04-1989
 
SER E TER

Instante de Amor

 
Me apaixonei por um momento
Uma circunstância
Um estado, uma lembrança
Um instante de amor....

Um amor quente e arrebatador
Me dominou e me enfeitiçou
Que de encantos fisgou
Inusitadamente meu amor

E como que por um minuto
De amor ceguei e fiquei muda
Emudecendo a minh´alma
Que anestesiada estava
por este instante de amor.

Keylla Souza
13:34h
 
Instante de Amor

Me apaixonei por mim

 
Me apaixonei por mim e nem se quer percebi que já era outra pessoa.

Keylla Souza
25/03/2011
 
Me apaixonei por mim

Amor

 
Se meu coração não doer, vou tentar ser feliz.

Keylla

06-07-2011
 
Amor

Perdida em mim

 
Esqueci-me no passado
E perdi-me na lembrança
O que me faltou foi esperança
De resgatar o que perdi

Por hora fico a pensar
Em que estrada ei de me encontrar
E se me perder de novo em mim
O que fazer se estou aqui

E como me encontrar se estou distante
Tão pedida que nem me encontro adiante
E ao chegar perto de me achar neguei
Perdida em sonhos foi que me encontrei.

Keylla Souza
28-06-2011 às 12:30h
 
Perdida em mim

LÁGRIMA DE AMOR

 
Ontem vi de seus olhos cairem lágrimas
Do seu coração transbordar amor
E de sua alma uma vida
Do seu tocar uma esperança
Da sua presença uma lembrança
E do seu olhar uma saudade.

Keylla Souza - 11-07-1989
 
LÁGRIMA DE AMOR

Amargo Amor

 
Hoje te procurei
Te procurei tanto
Mas não te encontrei
Não sei porque não chorei
Mas vontade encontrei
Mas com vergonha calei

Sofri e amei
Por que não te achei

Vivi e morri
Por que sem ti adormeci
E esperei por teu viver
E você sem me entender
Calou e não me procurou

Magoou e fugiu
E o meu coração partiu
E sem lágrimas sumiu
Com o teu amargo amor.

Keylla Souza - 01-07-1989
 
Amargo Amor

AMOR E DESEJO

 
Amei e desejei
tê-lo perto do meu ser

Sofri e magoei
Por que gostei demais

Vivi e morri
Ao pensar que ao mesmo tempo podias ir ou ficar

Quiz e não quiz
Amar-te plenamente

Falei e calei
Sem perceber que te amava

Presenciei e armei
momentos de felicidade

Eu e Você
Amamos e odiamos nosso ser

Perdoei e encontrei
O meu ser que por ti ultrapassou barreiras

Mas amei
tanto a mim como a ti

E gostei e quero amar-te sempre
para esperar-te toda a vida.

Keylla Souza - 13-09-1988
 
AMOR E DESEJO

Meu olhar

 
Se descobrires algum dia que ao olhar pra teus olhos
Um brilho deixo a transparecer
Não penses que deliro ou enlouqueço
Penses apenas que nele há um encanto
Apenas quando um leve gostar
Nele eu deixo expressar
E é através dele que eu procuro VOCÊ.

Keylla Souza - 18-10-1988
 
Meu olhar

Amor

 
Fechei meus olhos e lembranças doces veio a mente
Dos abraços que demos
Dos beijos compartilhados
Dos amor vivido
Da dor sem medida

Fechei meus olhos e senti tua pele
Enconstando em minha pele
E do arrepio, a entrega
Lembrei do desespero que era
amar sem a medida do amor

Fechei meus olhos e fui ao teu encontro
Te encontrei quase tonto
Ao me ver chegar
E chegando assim sem avisar
Veio o tempo encurtar toda a dor
E da distância que existia ficou apenas amor

E acabou-se a lembrança
do que era um dia te amar

E gora em teus braços não fecho mais os olhos
Apenas me afogo neste olhar a me encantar

E como só posso de amor viver
Sem ti não posso querer
Mais do que já possuo
Que é teu ser
 
Amor

Keylla Souza