Poemas, frases e mensagens de MariadeFatima

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de MariadeFatima

Reflexão sobre transformação de vidas

 
Se nossa vida não for de transformação pessoal, intelectual e espiritual vãs serão nossos dias. Entretanto, se nossa vida for transformada e ajudarmos a outros a terem suas vidas transformadas, aí sim, não serão vãs os dias que vivemos aqui na terra. ( fadinha de luz ).
 
Reflexão sobre transformação de vidas

Uma Carta Atrasada Por Trinta Anos

 
Uma Carta Atrasada Por Trinta Anos

Anseio que recebas esta carta, onde quer que estejas, sei que, demorei muito pra tomar a decisão de transpor a estas linhas meus sentimentos de amor por ti.
O objetivo desta não é pedir perdão, talvez eu nem mesmo saiba ao certo o objetivo real.
Só sei que senti necessidade de expressar o meu amor por ti. Um amor muito grande,
Na nossa separação, não tive chance da despedida, não tive a chance de te acalentar em meus braços, nem mesmo tive a chance de chorar toda a dor, de verter todas as lagrimas.
Naquele momento, eu te entreguei nas mãos de Deus, e me conformei, achando que era feita toda à vontade D’Ele. Então, te fostes sem despedida, e nem sei onde ficastes no seio da terra.
O tempo foi passando, a vida foi me transformando, e eu fui sendo remodelada, também acredito que o tempo, também, passou pra ti, e se eu fui crescendo, fui amadurecendo, talvez pra ti tenha acontecido algo parecido, numa outra nuance, numa outra dimensão.
Naquele dia que eu me senti doente, eu me preocupei mais contigo do que comigo.
Eu fui ao médico, pois acreditava que estava fazendo à coisa certa, eu estava febril, e eu sempre fui muito sensível, à esse estado chamado de febril.
Fostes comigo, porque, ainda naquele momento estavas completamente em mim.
Sendo tecido célula à célula em minhas entranhas, em meu coração, Já havias dado os teus primeiros movimentos em meu corpo e em minha vida.
Eu te amei, amei e desejei muito, ainda eras apenas um embrião ou feto? Nesse momento não sei dizer. Entretanto, eras pra mim, um sonho realizado de uma mulher...Ser mãe! Outra vez!
Já te imaginava correndo pela casa com teu irmãozinho, o Thalles, ainda não tínha escolhido o teu nome.
Só sabia, que, já existias em nossas vidas.
Fatídica hora que o médico receitou aquele procedimento, aplicar aquela injeção, pensando que seria bom pra nós.
Quando entrou em minha corrente sanguínea aquela medicação, e sofri aquele choque, senti que vibravas dentro de mim, senti, náuseas, suei aos cântaros, minha bexiga não segurou a urina, desmaiei, e pra minha maior dor, dias depois, soube que já não estavas mais ali comigo.
Foi uma difícil realidade de aceitar, porém, não querias te apartar de mim, e permanecestes retido em meu útero, teve que ser feita uma curetagem, e desde esse dia nos separamos. Não sei pra onde fostes, mas, quero que saibas, que, fisicamente nos separamos, mas, espiritualmente jamais. Pois jamais te esqueci.
Nesses últimos dias, tenho suspirado muito por ti, tenho chorado o que nunca chorei, tenho te amado mais do que jamais te amei.
Muito tempo passou, e senti a necessidade de te chamar pelo nome, então, te chamei de João, se eras um menininho, e Joana ou Joaninha se fosses uma menininha mas, o importante mesmo é que existiu um grande amor confirmado ainda hoje pela saudade que sinto em minha vida, pela tua ausência na minha vida física, porque sei que estás presente em minha vida espiritual pra sempre.
Mamãe, eu, sim! tua mamãe, saudosa mamãe, de um anjinho de Luz, que fez a minha vida iluminada, mesmo tenho ficado tão pouco tempo ao meu lado.
Deixou-te aqui, todos os beijos jamais dados, todos os abraços, todos os carinhos, e toda a minha ternura de mãe.
Só te peço que me aguardes, ao lado do Senhor Jesus, até que, me seja dado, a permissão de estar de novo ao teu lado.
Assinado, a mamãe de João, ou Joana ou ainda Joaninha.

Fadinha de Luz
 
Uma Carta Atrasada Por Trinta Anos

Sonhos de Amor

 
Sonhos de Amor

Sonhei com a amor...
Boa parte da vida...
Encontrar o amor
Era tudo que eu queria

Não sonhei com um príncipe
Encantado ou não
Apenas um cavalheiro
Que começasse com um beijo na mão

Sonhei com o amor
Noites inteiras na solidão
Olhando as estrelas
Brilhando na escuridão

O tempo passou...
O amor não chegou...
Ou não ficou...apenas passou
Porém, gravado eternamente ficou.

Fadinha de Luz
 
Sonhos de Amor

Lâmina Afiada

 
Desembainhei a minha espada,
lâmina afiada,
bramindo no ar.
Ouço, o som sibilante, cortante,
que a força faz ao rasgar o ar.
Empunhei, ferozmente lutei,
derrotei inimigos, derrotei!
Inimigos visíveis, inimigos ocultos,
Inimigos vestidos uniformizados,
Inimigos desnudos,
Por me sentir lesado,
muitas vezes dominado,
me sentindo derrotado,
de todas as minhas vestes, desnudado.
Aprendi, que é preciso persistir.
É preciso saber lutar,
aprender a combater,
aprender a vencer...vencer!
Cada luta é uma luta,
O campo de batalha,
pode ser quaisquer lugares.
No campo de batalha, nada se fala,
Apenas uma luta se trava´.
As lutas, as guerras começam...
em mesas redondas,
com cabeças, que se, dizem ...pensantes!
Onde a lâmina usada, é a língua afiada,
e muito pouco se faz.
Minha luta é insana,
intensa, as vezes frutífera,
outras vezes não.
Continuarei, combatendo,
com as armas que tenho,
ao alcance de minha mão.
Com folhas de papel em branco,
e canetas pra escrever.
Combaterei até a morte,
as injustiças, à corrupção,
As grandes formas de malícias,
que jamais se revelarão.
Uma guerra muito minha,
paulatinamente poetada,
em grandes redes sociais.
Em livros, revistas e jornais.
Já são, os meus cabelos grisalhos
minhas forças esvaem-se,
fenecem a cada verso,
mas, nas lutas que combato,
minhas lâminas afiadas,
são em prosa e verso.

Fadinha de Luz
 
Lâmina Afiada

Caminhada Dificil

 
Caminhada dificil

Nao importa o quanto
eu ainda tenha que caminhar.
Sei que ainda acontecerao muitos tropecos,
muitas quedas, muitos arranhoes.
Cicatrizes, na superficie, cicatrizes mais profundas.
Nao importa o quanto
eu ainda tenha que caminhar.
Sei que estarei cansada, esbaforida, suada, dolorida.
Nao importa, eu tenho que continuar.
Na caminhada da vida.
Nunca ou nada e previsto, nada ja vem escrito,
onde eu possa me planejar.
Nao importa o quanto
eu ainda tenha que caminhar.
Sei que pela Tua grande sabedoria e misericordia,
Estaras abrindo a porta, que para o ceu, ha de me levar.
Nao importa o quanto
eu ainda tenha que caminhar.
Nao importa que eu ao chegar a Tua porta...
esteja cansada, suja, sedenta, descabelada, doente,
incredula, semi-nua,, fadigada de grande carga carregar..
nada importa.
Sei que me lavaras com teu sangue,
me vestiras roupas limpas,
me tiraras todo peso,
me daras agua limpa pra beber.
e cearei contigo, neste novo
alvorecer!

Fadinha de Luz
 
Caminhada Dificil

Se

 
Se eu sofri , se eu dormi no chao
Se eu fome passei, se eu chorei
Foi porque mereci

Se essas experiencias vivi
Foi ai que aprendi
Ser ums pessoa melhor

Nao culpo a vida, que me deu guarida
Nao culpo meu irmao
Viver e sempre uma licao

Fadinha de luz
 
Se

Reflexação sobre educação de nossos filhos

 
Havia em uma chácara um belíssimo espécime de cavalo de raça. Tinha um porte esbelto, uma musculatura perfeita e era digno da admiração de todos quantos o viam. Entretanto, tinha uma rebeldia que lhe vinha do
interior. Enquanto ficava livre no pasto, trotava naquele pequeno espaço, exibindo toda sua beleza. O capataz da chácara, cansado de muitas tentativas de doma-lo, afim de poder exibi-lo nas feiras de exposição, resolveu contratar um excelente e renomado treinador. Pensava que, somente assim conseguiria transformar o cavalo em um dócil animal. E foram feitas algumas tentativas, algumas pela força, outras pela recompensa, e por ultimo já quase desistindo do trabalho. O treinador abraça o animal, afaga lhe a crina, acaricia seu rosto e fala-lhe palavras carinhosas ao pé do ouvido. O jovem e belo animal dá um relincho, abana a bela cauda, e dá um pequeno trote ao redor do treinador. O homem abismado, entende o que aquele animal quer dizer e então começa a dar-lhe instruções. As quais o belo cavalo responde fazendo-as todas na mais perfeita harmonia. As vezes, estamos apenas tentando o método errado na educação de nossos filhos, talvez a lição que vimos no treinamento daquele rebelde cavalo, possa nos ajudar a entender e procurar o melhor e adequado método didático do AMOR, para com nossos filhos e quem sabe os alunos caso sejamos professores. Só o amor vence barreiras intransponíveis. ( fadinha de luz )
 
Reflexação sobre educação de nossos filhos

Menininha da Janela

 
Menininha da janela

Quero você de volta
Com seu sorriso
Com seus bracinhos
Do meu pescoço em volta

Quero sua meiguice
Seus trejeitos infantis
Quero voltar no tempo
E lhe reencontrar no nosso pequeno jardim

Onde se perdiam suas bolas
Suas bonecas iam passear
Suas primeiras palavras
Seu primeiro bê a bá

Quero você de volta
Eu lhe amando
Você me chamando
Papa, papa vem brincar...

Fadinha de Luz
(Pra minha irmã Inês Cordeiro de uma vida, sempre e pra sempre juntas).
 
Menininha da Janela

A Vida Leva

 
A Vida leva

Há caminhos que a vida leva
como as ondas do mar
algumas vezes impulsiona pra frente
outras te traz de volta ao mesmo lugar

Como trilhas íngremes nas montanhas
onde se retira força das entranhas
pra poder continuar

Como os pássaros em seus ninhos
que ainda não aprenderam a voar
é assim que a vida me leva
até que eu aprenda sozinha a caminhar

Como a chuva que cai ora aqui
ora acolá, faz uma fronteira
com um centímetro limiar

Sou pés poeirentos, barrentos
trago calos, cicatrizes
Mais enquanto no rosto me bate o vento
sou marrenta, vou pela vida me deixando levar

Fadinha de Luz
 
A Vida Leva

Oração pra santo Antonio

 
Oração pra Santo Antônio

meu santinho,
quero um marido bonitinho,
que não tenha dinheirinho,
e sim dinheirão.
Que tenha carrão,
ap de cobertura, e que não seja pão duro.
Que diga sim, só pra mim,
que eu seja sua musa,
e que leve estampado minha foto
em sua blusa .
Que me chame de docinho,
amorzinho, e minha lindinha, mesmo que eu
seja feinha, feinha.
Que me dê, presentes
chocolates, flores, chegue em casa
na hora certa.
que jamais me peça pra fazer dieta,
e que diga que goste de cheinha.
se for assim, meu bom santinho,
te prometo....jamais te pôr de ponta cabeça,
deixar você afogado no balde, ou amarrado
com barbante.
Se o senhor for bonzinho,
vou rezar essa oração, de todo meu coração. Amém

Fadinha de Luz
 
Oração pra santo Antonio

A Copa do Mundo 2014 [2]

 
O povo brasileiro
é povo de respeito
é povo guerreiro
que luta no dia a dia
que faz da sua vida missão
O povo brasileiro
não é culpado pelos erros
que estão nos altos escalões
é um povo sofrido,
mas que não tira do rosto o sorriso
Enfrenta com garra
as intempéries da vida
faz das feridas e cicatrizes
um lema de sua força e luta
Mesmo que chore suas dores
não se abete jamais
pois é na fé, na paz e na esperança
que se faz uma Nação
O povo brasileiro enfrenta com altivez
os revezes de suas vidas,
sem esquecer suas origens,
e sem cuspir em suas raízes.
O povo faz da Copa do Mundo 2014
uma bandeira sua
que tremula no alto
mostrando a todos que não se abate
e sabe receber seus irmãos do planeta
com honradez e beleza,
Abraça-os de todo coração.

Fadinha de Luz

Fadinha de Luz
 
A Copa do Mundo 2014 [2]

Pássaros querem alçar voos

 
Pássaros querem alçar voos

São jovens adolescentes
ainda tão inocentes
dando seus primeiros caminhar
pela estrada que a vida há de levar

Crescem tão rapidamente
aprendem tão facilmente
querem a todo custo
logo seus caminhos trilhar

São cheios de sonhos
de força de coragem
Destemidos e muitas vezes
atrevidos, nem param pra pensar

Tem um Universo à frente
e por mais que se tente
seus anseios acalmar (conter)
São muitas vezes infrutíferos
como conter as grandes correntes no mar

Possuem asas tão vigorosas
que se viajassem de uma única vez
num só arremeter, alcançariam
passar por todos os continentes

São jovens adolescentes
ainda tão inocentes
dando seus primeiros voos
nos céus da vida presentes

Fadinha de Luz

Para meus amigos adolescentes. Que a vida lhes sorria sempre.
 
Pássaros querem alçar voos

A Fada de Pés Descalços

 
A Fada de pés descalços

A fada de pés descalços
Não por falta de sapatos
mas, por pura opção
ser criança, pisar na terra
sentir o chão

Uma fada de cabelos loiros
cabelos cacheados
optou por ser fada,
mesmo sendo princesa
num lindo reinado

Seu pai um rei do esporte
nas quadras
Sua mãe uma rainha
das passarelas
ela uma princesinha menina

Fada, princesa, da nobreza
ou não...é uma criança feliz
que corre, pula, brinca,
faz travessuras..
e à noite sonha com novas aventuras

No mundo das fadas
com seus vestidos coloridos
com suas asas multicor
com sua varinha de condão
que onde toca, faz doce ilusão

Que o mundo é cor de rosa
que tudo é sempre alegria
que criança é ser criança
que o mundo tem esperança
de ser pra sempre melhor...um dia!

Fadinha de Luz
 
A Fada de Pés Descalços

A Força da minha Fragilidade

 
A minha força não está presente nas minhas belas pernas, não está presente nos meus belos braços, na beleza do meu rosto cravado de rugas, nem em meus lindos cabelos longos, lisos, que, caem pelo meus ombros e que chamam a atenção por onde passo, mesmo que, suas raízes despontem uma cor diferente, que, contrasta com a cor natural de seus fios.
A minha força não está presente em minhas mãos, hoje, enrugadas, com muitos sinais mais escuros que minha cor e que demonstram que o tempo passou.
Ela, também, não se encontra em meus pés vacilantes, que antes corriam, saltavam, dançavam ao som de músicas que fizeram parte de toda a minha estória.
A minha força não está, em meu cérebro, que me prega algumas peças, vez ou outra, quando as palavras se atropelam e troco verbos, troco letras, sílabas, e faço rir meus queridos que me amam e amigos que jamais me abandonam.
A minha força não está em meus olhos, que muito viram, nem em meus outros sentidos que unidos se desgastaram com o tempo, nem em meus ouvidos que muito ouviram e se calaram ou em outras vezes que gritaram aos quatro ventos o que lhes chegou até eles. Se tive tato, ou não, no decorrer desta vida, só os que conviveram comigo, podem ser meus juízes.
A minha força ESTÁ: nas minhas pernas que me trouxeram até aqui, nos meus cabelos que emolduraram minha face por tantos anos, nas minhas mãos que muito labutaram, foram criativa, cuidaram, socorreram, alimentaram, acarinharam, e se juntaram em oração.
A minha força ESTÁ: em meus pés, que trilharam muitos caminhos, seguiram passo a passo, o caminho traçado que me fizeram chegar até aqui, ESTÁ, em meu cérebro, que tomou muitas decisões, algumas certas, outras equivocadas, porém, me fizeram pensar, refletir e decidir pelo melhor pra minha vida e pelos que dependiam dela, mesmo que, um dia eu decidisse que era hora de prosseguir sozinha.
A minha força ESTÁ: no conjunto de todas as minhas, hoje, fragilidades, que, são toda a minha força, porque, é delas que retiro a essência deste meu viver, do amor que me envolve e que eu envolvo aqueles que tanto amo, pois, tudo só tem sentido, só é real, quando o AMOR, está presente em cada passo, em cada mão estendida, em cada olhar, cada ouvir, cada toque, cada pulsar deste coração, que hoje pulsa mais lento, mas, com a força e o vigor que só o amor, proporciona a quem se rende a ele.

Fadinha de Luz
 
A Força da minha Fragilidade

Os Cães Ladram

 
Caminho pela madrugada
o frio me faz agarrar o agasalho
puxo o colarinho para cima
e continuo a caminhada

Portas fechadas, luzes apagadas
por onde passo, os cães ladram
são furiosos, olhos vidrados
se me pegam me estraçalham

As mãos congeladas
olhos atentos, coração disparado
nada me impede de seguir...
persigo teus passos

É hoje ou nunca, se,
te pego com a mão na massa
me despeço pra sempre.
Retorno pra casa

cabisbaixa, coração batendo
não me detenho
não te encontrei,
na madrugada virastes...fumaça

No retorno pra casa
a luz acesa
me dá uma certeza
estas em casa, sentado à mesa.

Olho nos teus olhos
esqueço tudo
lá fora no escuro,
os cães ladram.

Fadinha de Luz
 
Os Cães Ladram

Reflexão Paciencia

 
Algumas vezes enfrentamos pequenos ou grandes obstáculos no dia a dia e/ou em nossas vidas.
O calor esta intenso em Cuiaba, precisei do ventilador, mas se o ligava, desligava outra coisa, que também, tinha neceddidade. Fiquei um tanto nervosa, porem, pensei: Preciso de ambos os aparelhos ligados. Me acalmei, refleti, e aprendi que, sempre precisamos de algo ou de alguém, que esteja em sintonia, ligado ou próximo de mim. Entao, nada faço sozinhs ou sem o auxilio de alguem ou dos muitos recursos que hoje temos em favor de nosso trabalho. Sou agradecida a Deus pelos instrumentos que colocou em minha vida. Sejam inanimados ou humanos, preciso de ambos e principalmente dos meus semelhantes para fazer a Obra de Deus aqui nesta terra. Que Deus me abencoe e tambem aos meius ajudadores e que eu possa retribuir. Amem
 
Reflexão Paciencia

Retratando - Soneto para Gisele Braga Alfaia

 
Retratando - Soneto para Gisele Braga Alfaia

Quando vejo retratada pelo olhar atraves das lentes
As obras do Criador Onipotente
Sei que Aquele que criou esse universo inocente
Deu as suas criaturas esse olhar inteligente

Quando vejo assim o pôr do sol
Nestas cores alusivas ao arrebol
Sinto no peito a alegria
Qual criança ao acordar num novo dia

Retratada assim, algo tão cotidiano
Mas, nunca, jamais repetidas
Pelo seu criador

São suas obras todas inéditas
De tão gracioso esplendor
De quem a nós todos, só demonstra Amor

Fadinha de Luz
 
Retratando - Soneto para Gisele Braga Alfaia

Saudade de Mãe

 
Saudade de Mãe

Quando o filho vai embora
Seja pra muito distante
Ou em busca do horizonte
Ou se torna uma estrela reluzente

Não importa a situação
Sempre doi com ou sem razão
Pois, filho deveria ser
Presente junto ao coração

Filho amado, muito amado
Jamais deveria ser separado
Do colo de sua mãe

Fosse qual fosse a situação
Do filho toda razão de vida
Da mãe a razão de viver

Fadinha de Luz
 
Saudade de Mãe

Ave, Francisco

 
Ave, Francisco!
Bem vindo, bem vindo.
Uma nova luz pAra o mundo.
Singelo em seu caminhar.
Chegou nos pedindo a orar.

Nomeado Francisco.
Vem nos trazendo sorrisos.
Em um momento dificil.
Para olharmos mais para novo prisma,
Exemplificado em Jesus Cristo.

Bem vindo, bem vindo!
Es por nos muito esperado.
Nosso primeiro Francisco.
Es por todos amado.
Nosso seguidor de Cristo,

Fadinha de Luz
 
Ave, Francisco

Moças do Coxipó

 
As moças do coxipó
são faceiras,
Com seus cabelos longos
donas de tanta beleza

Com seu andar ondulante
caminhando com tanta elegância
com seu sorriso cativante
são felizes como crianças

Fazem do Coxipó um Ícone
da beleza cuiabana
o que vem de berço, é herdado
não é roubado

Trazem nos pés o gingado da dança
do siriri, cururu e rasqueado
são fortes pois foram bem alimentadas
com as comidas típicas cuiabanas
peixes e escaldados.

Na pele trazem a cor
do sol forte de Cuiabá
Um brilho sensacional
da morenice do local

São lindas flores do Centro Oeste
de famílias tradicionais
que amam a vida e Cuiabá
assim, como seus avós e seus pais.

Fadinha de Luz
 
Moças do Coxipó

Maria de Fatima Melo (Fadinha de Luz)