Poemas, frases e mensagens de sendoluzmaior

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de sendoluzmaior

Meu celular é público 31 992266478- Plantão 24hs

Telefone da Fraternidade em BH 31 34961019-das 8 as 18 hs
+55 (35) 99908-4854
+55 (35) 3225-1233
secretaria@fraterinternacional.org
Carmo da Cachoeira | MG | Brasil
Atendimento de segunda a sexta d

Carta aberta aos usuários

 
Carta aberta aos usuários
 
Quem me procurar receberá de mim de acordo com sua necessidade, assim como quem vier a mim apenas com intuito de me provocar, vai ter a resposta que merece. Sei dar amor quando dela a pessoa carece, dar perdão da mesma forma, ser solidário e uns bons bofetões se for o caso. Até Jesus chicoteou aqueles que comercializavam no templo. Hoje do nada o usuário Gyl chamou-me ao chat, apenas com o intuito de provocação, não é a toa que não gosto da forma como certos usuários dele fazem uso. De lá sem que se possa provar nada contra os mesmos, ficam de tocaia a espera de vítimas, mas hoje se deu mal., pois tudo comigo é as claras. Não sei qual a psicopatia por trás daqueles que gostam de me testar. Observem, não demora virá com um poema em minha homenagem.
 
Carta aberta aos usuários

Um verso do universo

 
Um verso do universo
 
Não se fala para produzir um mal
Nada nesta existência é real
Apenas um eco
De um verso
Do universo
 
Um verso do universo

A leveza da tua alma

 
 A leveza da tua alma
 
Felicidade é poder abrir a janela da casa interna e dizer: Bom dia vida. É se deliciar com o cheirinho da manhã. É abrir a porta do quarto e ver pela fresta, que ainda dormem aqueles a quem ama. É descer a escada bem cedinho para iniciar um novo dia de trabalho, consciente, que do outro lado existem pessoas esperando pelo seu cuidado, seu sorriso franco e a leveza da tua alma.
 
 A leveza da tua alma

Os fora da lei

 
Os fora da lei
 
Os fora da lei
À vida na terra ocorre fora de padrões cósmicos. Estamos aprisionados em uma espécie de bolha onde o tempo parou em relação ao universo, por isso ao olhar o cosmos vemos o passado, pois é nele que estamos. Vivemos encerrados no ontem, pois se tocássemos a realidade destruiríamos a nós e ao cosmos, assim como um vírus letal, que já ceifou muitas vidas, encontra-se sob controle "onde está", mas sem existir ainda "uma cura". De certo ponto de vista não temos uma existência real.

Tudo muda a partir de nós mesmos.
Em 06/04/2016
 
Os fora da lei

O poeta beberrão

 
O poeta beberrão
 
Oriundo do clã dos aficionados da cachaça, Duílho nosso herói beberão protagoniza uma cena bizarra num bar de "primeira linha". Havia apostado cem "pratas" com o dono do bar, que tomaria todas e mesmo bêbado comporia um poema de amor e sairia de lá com uma "mina". Lá pelas "tantas" já inebriado vê uma loira acompanhada de um casal de amigos e não é que lá vai ele cambaleando recitar seu mais novo poema para a moça, que tomada de espanto ouve calada. Quando Duílho termina uma mão toca o seu ombro por trás, era o namorado da moça que havia retornado do banheiro, tudo indicava que o "caldo ia entornar", no entanto o rapaz levou na esportiva e ainda quando foram embora, deram uma carona ao Duílho deixando-o em sua casa. Intrigada a moça pergunta ao rapaz o motivo de tão nobre atitude, ao que ele responde, que estava a cuidar do futuro, diante a cara de espanto da namorada ele explica, que apenas repetiu o que ele viu o seu pai fazendo uma vez, diante um embriagado. Concluiu o rapaz, que havia aprendido que tudo na vida são oportunidades que a mesma nos oferece e que nossas atitudes demonstram aquilo que fazemos com elas e traçam o nosso destino.
 
O poeta beberrão

Presenciar a destruição do planeta em que vivemos é muito frustrante

 
Presenciar a destruição do planeta em que vivemos é muito frustrante
 
Presenciar a destruição do planeta em que vivemos é muito frustrante, pois demonstra com clareza a ineficiência de nossas ações na casa maior que a vida nos doou. Do ponto de vista cósmico seremos considerados suicidas e assassinos.
 
Presenciar a destruição do planeta em que vivemos é muito frustrante

Jararaca Bruta

 
Jararaca Bruta
 
Jararaca Bruta

Veneno tem de sobra
Mas a danada
Toca sino
E é bruta
Em tocaia
Apenas
Faz-se
Burra
 
Jararaca Bruta

Essa tal felicidade

 
Essa tal felicidade
 
Sendo a felicidade um estado natural do espírito, toda a busca humana seria por aflorar o mesmo em meio à realidade material. Sendo a visão do espírito a unicidade, não se pode conceber a felicidade como uma busca pessoal a deleite dos sentidos humanos. Assim a comando do ego o ser humano na terra vivencia a dor como redirecionamento. Toda busca com foco na própria alma aproxima o ser do seu estado natural de felicidade, que é uma comunhão cósmica. Este sentir tem seu grau de intensidade aferido pela constância de foco e descentralização do ego tão arraigado a si mesmo e a materialidade. Torna-se assim o ser humano tão contraditório, por ser a nave onde navega a alma, que esforça-se a compreender a si mesma em nível espiritual e terrestre.
 
Essa tal felicidade

Aos leitores e a todos do luso, esclarecimentos

 
 Aos leitores e a todos do luso, esclarecimentos
 
A alma humana encontra-se fragmentada e aprisionada em 37 mundos de expiação, este processo se deu ao longo de sucessivas guerras cósmicas entre os seguidores do Cristo e do anti-Cristo.Na terra encontram se os exilados, os refugiados e os prisioneiros, nossa intenção de forma impessoal e incondicional é partilhar tudo que percebemos e vivemos, no nível de consciência mais elevado possível.
De tanto tempo aprisionado a raça humana vive em níveis absurdos a Síndrome de Estocolmo

http://www.sendoluzmaior.com/2013/06/doce-pecado.html
 
 Aos leitores e a todos do luso, esclarecimentos

A Trama Das Bruxas

 
Neste momento lembrei-me do contato com a "Bruxa", em uma época em que me encontrava hospitalizado, bem no início desta tarefa, acamado em um "núcleo espiritual", com fortíssimas dores na coluna vertebral, que impediam meus movimentos. Em uma noite ela chegou por de trás de mim, que sempre ficava de barriga para baixo, pois, assim a dor que era constante, aliviava um pouco, e me abraçou com força, tentando-me sufocar e me aterrorizar. Sentia o seu hálito putrefeito a me envenenar e fiz o que faço nestas ocasiões, invoquei a minha espada, na presença dela a "bruxa desapareceu.

https://www.clubedeautores.com.br/book ... a_das_bruxas#.VzOB4OTxSC5
 
A Trama Das Bruxas

Peço a exclusão deste perfil (Gyl)

 
Peço a administração a exclusão deste perfil por fomentar no chat e nos poemas a discórdia entre os usuários, tendo o mesmo atacado-me gratuitamente e como as provocações não cessam resta-me a alternativa de deixar de público a minha repulsa e pedido.
 
Peço a exclusão deste perfil (Gyl)

O zé capeta

 
O zé capeta
 
Bebia o sangue fresco de suas vítimas
Morei dois anos na região da serra do cipó em Minas Gerais. Foi ai que conheci o herói da nossa história, o lendário Zé capeta, cuja fama o precedia. Naquela época estava implantando uma fazenda na região e carecia de muita mão de obra, como me haviam garantido que o tal Zé capeta era um ótimo operador de máquinas, o contratei. Minha teoria na época era a de que, "quem não arrisca não petisca".
De fato o Zé capeta era muito bom na sua profissão, sempre se deslocava com sua moto velha, caindo os pedaços e amarrada com arame, como representante da raça humana, bem que fazia justiça ao nome. Fora de seu horário de serviço e em finais de semana, passava a vida embriagando-se nos "botecos de copos sujos" da região, ocasião em que incorporava o "demo" e literalmente atacava as galinhas da região com as quais copulava.
Contam que após o ato, bebia o sangue fresco de suas vítimas e lhes comia a carne crua junto com as "tripas". Quem via o Zé capeta em serviço, assim como eu, chegava mesmo a duvidar da autenticidade de sua fama.
Uma história baseada em fatos reais, porém qualquer semelhança é mera coincidência, pois são milhares de "zes" pelo mundo, protagonizando suas histórias.
 
O zé capeta

Que Deus tenha piedade de sua alma

 
Que Deus tenha piedade de sua alma
 
O "prepotente" planta hoje as sementes dos frutos que colherá no futuro.
Esta é uma lei inexorável.

Que Deus tenha piedade de sua alma.
 
Que Deus tenha piedade de sua alma

Um ver de si

 
Um ver de si
 
O espelho reflete apenas o outro
Num pequeno ver de si
No peito há o ego
Num grande sonho de Deus

No pequeno vejo o outro
No grande vejo eu
Ao perceber-me
Digo, sou humano

No humano deposito
Todas as mazelas
De propósito
Isentando minha alma

Entre dois mundos
Transita o ser
Alguns sonham
Apenas crescer
 
Um ver de si

Egoísmo edificado sobre areia da pura demência

 
O verdadeiro amor é incondicional por natureza, não infringe nenhum tipo de dor. Aquele que sequestra, rouba e mantém um ser em cativeiro, esta pessoa, o faz por si mesma manifestando brutal egoísmo edificado sobre areia da pura demência. Dizer que subtrair um ser para si é amor, é uma colossal deturpação de tudo aquilo, que seres conscientes e lúcidos preconizam como real e verdadeiro. O amor não se procura, não se mendiga, é encontrado quando se esquece da busca.
 
Egoísmo edificado sobre areia da pura demência

A infestação de fakes neste sítio

 
A infestação de fakes neste sítio
 
A minha opinião sobre o assunto.
Pessoas covardes, que se escondem atrás de perfis mais covardes ainda.
Que tanto têm a esconder a ponto de não terem a dignidade de mostrar a própria face.
Honra não existe mais neste contexto?
Como responder a um Fake, que se esconde no anonimato?
É a mesma coisa que querer argumentar com um poste ou com um monstro de várias caras (sem cara na verdade).
Como podem querer um mundo melhor sem honra, coragem, dignidade?
A minha indignação aos covardes, pois quando converso com uma pessoa não desvio o olhar converso “olhos nos olhos”, fica fácil identificar os “mentirosos”.
Mostrar a cara trás responsabilidade não é mesmo?
Até “pit-bull” quando morde mostra a cara.

Hoje 14/12/2015

No passado indignei-me com indivíduos, que usando do anonimato atacavam-me.
Hoje não digo que sejam covardes, o que disse foi em desabafo, mas os quem têm
5, 6, 7, perfis, ( mais de um , na verdade) não trabalham em prol da clareza", há isso, não trabalham mesmo.
 
A infestação de fakes neste sítio

Ditado popular

 
Ditado popular
 
Em terra de cego quem tem um olho tem que ajudar os outros, mas não será compreendido.

Imagem mera ilustração
 
Ditado popular

Um abraço forte

 
Um abraço forte
 
Um abraço forte

Para modificar emoções

Transformar meu mundo

Te deixar contente

Um abraço forte

Para derreter o gelo

Aquecer a terra

Germinar a semente

Um abraço forte

Para trincar a rocha

Brotar a água

Lavar a mente

Um abraço forte

Para trazer para nós

O big bang do amor

Erradicando a morte

http://www.sendoluzmaior.com/2013/06/doce-pecado.html
 
Um abraço forte

A páscoa é um ritual da cabala negra

 
A páscoa nasceu em Israel, com o povo comemorando um suposto "êxodo do Egito".
Então os Hebreus começaram a comemorar o sofrimento que os teria levado a liberdade. Para agradar a Deus matavam um cordeiro em oferta na páscoa, uma espécie de pagamento pela liberdade. Assim na páscoa Hebraica alguém tinha de morrer para haver libertação e permaneceu desta forma durante séculos até a vinda de Jesus, que não via sentido nisso. Jesus passou a demonstrar que Deus não exigia a morte de nenhum ser como forma de reverência por habitar dentro de todas as coisas. Conforme a luz do Mestre se expandia as pessoas iam despertando para as verdades adormecidas dentro delas. Por ser de elevada frequência Jesus era intocável pelas forças sem luz. Desta forma a mensagem é de que ele não morreu na cruz, como a maioria aprendeu desde criancinha. A verdade liberta, já a mentira escraviza e perpetua a dor e sofrimento que não existiu. Naquela época era comum as pessoas serem crucificadas todos os dias, mas este não foi o caso de Deus, que se fez carne em Jesus e entre nós habitou buscando a solução de um impasse cósmico. Não temam interiorizar isso. Os escuros (seres sem luz) são os criadores da morte de Deus e inseriram isso em nossas memórias celulares (manipulação genética). Aqueles que sabem acessar a memória celular, apenas veem uma memória montada, mas que absolutamente, não é verdadeira. Na páscoa se prossegue a programação do sofrimento gerando mais sofrimento, contudo, aqueles que verdadeiramente buscam a Luz, já nela vivem.
 
    A páscoa é um ritual da cabala negra

Os Deuses são bons amigos, mas terríveis inimigos

 
Os Deuses são bons amigos, mas terríveis inimigos
 
Há um lugar secreto, no cume de uma montanha, onde só aquele que de fato ama consegue encontrar.
Ao subir por um estreito caminho, quase sempre com neblina, o viajante se encanta com a flora e a fauna local. Pássaros de várias espécies são abundantes na região e doam ao ambiente, lindos cânticos.
Há muitas flores em torno do caminho, mas as "palmas brancas" predominam nesta paradisíaca região, que quando a neblina baixa faz brilhar os olhos de qualquer mortal.
Havia um casal de amantes, que por forças das circunstâncias, sempre que possível, passeavam por ali e com o tempo, apaixonados pelo local, resolveram casar, tendo a natureza local por testemunha.
Ela segurando uma "palma recém-colhida", aceitou se unir de corpo e alma ao amado, que jurou libertá-la de forças "ocultas", que a assediavam, impedindo-a de alcançar patamares de vida mais iluminados.
O tempo passou e nada mais se soube sobre os amantes, que não mais foram vistos na região, contudo dizem que, um ser de luz, pode ser visto a noite, uma vez por ano, no mesmo dia "daquele casamento ao ar livre", colhendo palmas brancas.
Os mais antigos contam que é o tal amante, em busca da pureza original da "promessa”, uma vez, que libertá-la, parece ser uma tarefa, que vai além do entendimento humano, e vai demandar “muitas vidas”, tendo em vista que, a amada, era uma sacerdotisa de tempos antigos, condenada a eras de sombras, por ter conhecido o amor de homem, dentro do templo onde se sabe que, os Deuses são bons amigos, mas terríveis inimigos.
Verdade ou não, conto ou realidade, fato é, que todos que hoje encontram este "local secreto", percebem uma pureza no ar e veem que as palmas brancas refletem luz.

Da imagem:http://3fasesdalua.blogspot.com.br/20 ... uresa-da-sacerdotisa.html

Sobre a sarcedotisa:

A Sacerdotisa é uma mulher espiritualizada, que revela forças ocultas e segredos, dotando-nos com esse conhecimento, é a imagem do elo com o misterioso e insondável mundo interior que denominamos “inconsciente”. Esse universo contém nossos potenciais a serem desenvolvidos bem como as facetas sombrias e mais primitivas de nossa personalidade.
A Sacerdotisa é a lei natural operando dentro das profundezas da alma, que governa o desenrolar do destino a partir de um ponto invisível e que é apenas revelado por meio do sentimento, da intuição e dos sonhos.

Texto do site:http://3fasesdalua.blogspot.com.br/20 ... uresa-da-sacerdotisa.html
 
Os Deuses são bons amigos, mas terríveis inimigos

http://www.fraterinternacional.org/

Luz à terra. Este mantra deve ser repetido 333 vezes por vez.