Poemas, frases e mensagens de jamilluz

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de jamilluz

"[CARTA PARA O CORAÇÃO].

 
"[CARTA PARA O CORAÇÃO].
 
"[CARTA PARA O CORAÇÃO].


São Paulo...20/FEVEREIRO/2011.

Bom dia amigo,se é que posso chama-lo assim.
Em primórdio instante,desejo-lhe que esta o encontre em perfeita saúde.
Venho por meio desta,com muito pesar em comunicar-lhe que,por pura incompetência e falta de obediência fiz esse maldoso feito a ti,que tanto te fez infeliz.
Em circunstâncias inexplicáveis esse triste fato aconteceu.
Eu também me senti traído,assim como você.
Só que com uma enorme diferença.
Eu por natureza sou menos sensível,sendo que tu por ser movido à emoções esta sofrendo bem mais.
Fui traído pelos olhos que consequentemente o traí,por força do desejo da carne caí nessa besteira chamada de "aventura".
Onde que a nossa fonte de alimento descobriu,nos abandonando deixando tudo que tínhamos construído durante os anos de vivência com imensa felicidade.
Agora amigo,com o meu pedido de perdão e arrependimento sincero,espero veementemente que tudo volte ao normal a alegria o amor que tivemos antes desse malfadado feito.
Sem mais,aqui deixo escrito a certeza da esperança,que trago a ti com essas palavras.
Que voltaremos à sorrir,ao sairmos dessa situação desconfortante para ambos.
Com a volta do nosso alimento,que se chama "amor".Aquele que perdemos pela a minha displicência e falta de consideração sem pensar nas conseqüências que repercutiria,à quem leva a sério o seu bem viver e estar.
Agradeço-te pela paciência amigo,pedindo-lhe perdão também...

Att:Jamil Luz...
 
"[CARTA PARA O CORAÇÃO].

"[O ACRE E O SAL DA SOLIDÃO]".

 
"[O ACRE E O SAL DA SOLIDÃO]".
 
Solidão que desvirginas a paz,
adentra nos puros corações
dotada de enorme poder capaz
fomentas dores e projeções
com crescimento voraz
levados ao ápice das decepções.

Respaldas tudo em tristezas
atrofiando amores existentes
expelindo valores de incertezas
no acre e sal de males reagentes
deixando fora tantas belezas
de grandes paixões proeminentes.

Descolores ofuscando as alegrias
para eternos dolorosos breus
amostras que nos próximos dias
tem-se que pedir proteção à Deus
que assim voltes as harmonias
tirando a solidão dos corações seus...
 
"[O ACRE E O SAL DA SOLIDÃO]".

"[DESENGANOS]".

 
"[DESENGANOS]".
 
Vazei entre seus dedos
estatelei-me no chão
descobri que o segredo
estava guardado em sua mão
e entre tanto tomei-me de medo
pensavas que era no coração.

Desesperado chorei tanto
minhas lágimas descambaram
em dolorosos prantos
então assim se formaram
em tristes desenganos
que todos em mim notaram.

Quem viver isso verá
o modo que restaurarei
pelo poder que em mim está
entre tanto aqui deixarei
um legado que conquistará
em dizer que jamais chorarei.

Tomei como experiência
para novamente não cair
achando muita consistência
naquilo que estava por vir
buscar na consciência
podendo assim prosseguir...
 
"[DESENGANOS]".

"[ANDARILHOS]".

 
"[ANDARILHOS]".
 
"[ANDARILHOS]".

Andamos por aquela estrada
passo a passo nesse caminho
colhendo da sarjeta margeada
o plantado de amor e carinho
com tudo que fizemos nessa jornada
sublime como voar de passarinho.
sem restar sequer uma mágoa.

Sonhos e sonhos fomos realizando
e hoje aqui estamos sem amargura
nessa estrada onde fomos andando
semeando flores de beleza pura
conscientes firmes em alto comando
preenchendo toda a ruptura
extremamente felizes se amando
mostrado nessa bela moldura...
 
"[ANDARILHOS]".

"[DENTRO DE MIM]".(Rap)

 
"[DENTRO DE MIM]".(Rap)
 
"[DENTRO DE MIM]".(Rap).

Dentro de mim
tem uma trilha
com jardim
que muito brilha
as vezes cálida
as vezes fria
tão pálida,
mas inebria.
Dentro de mim
existe um rio
sem fim
e corre à fio
ao rumo certo
com brio
num completo
desafio.
Dentro de mim
existe um ser
de jeito assim
no proceder
desobediente
sem perceber
mas,consciente
com prazer.
Dentro de mim
existe um mundo
que diz sim
ao amor profundo
reprimindo
o feito imundo
e resistindo
cada segundo...
 
"[DENTRO DE MIM]".(Rap)

"[SEM SOMBRA DE SOBRA]".

 
"[SEM SOMBRA DE SOBRA]".
 
"[SEM SOMBRA DE SOBRA]".

Silvano,um trabalhador,e pai dedicado cumpridor dos seus deveres.
Cuidava da família com carinho e atenção,
inclusive prevendo o futuro.
Fez de tudo para a felicidade de todos.
Comprou planos e mais planos de saúde,
fez benfeitorias morais e materiais
pra sua esposa e filhos no decorrer
da sua vida ativa.
A vida foi passando.
Por conta do destino,acabou perdendo todos
em um acidente de carro ficando sozinho na vida.
Gastou tudo o que tinha,para pagar os custos do seguro pois seu filho estava errado,
quando provocou o acidente.
Cobraram-lhe todo prejuízo causado.
Aposentou-se voltando à ser assalariado novamente.
Poucos anos depois faleceu.Foi enterrado numa cova rasa como indigente,sem ninguém por perto,
para pelo menos oferecer-lhe uma flor...
 
"[SEM SOMBRA DE SOBRA]".

"[MANHÃ CALADA]".

 
"[MANHÃ CALADA]".
 
"[MANHÃ CALADA]".

Queria essa força gritante
fosse ao infinito encontrar
aquele amor tão distante
que tanto fez-me amar
a cada minuto constante
sentido a cada pensar.

E gritante fosse ouvido
sem sentimento de tristeza
nem fragmento ressentido
desse dito com clareza
que esse coração ferido
tem um montante de certeza,

Queria tanto e ainda quero
acordar-te para que ouça
em verdade que espero
nesse grito e sua força
o real que te venero
mi'adorada menina moça.

Ouça minha amada
essa poesia inspirada
e por mim gritada
nessa manhã calada...
 
"[MANHÃ CALADA]".

"[SEMEANDO AMOR]".

 
 "[SEMEANDO AMOR]".
 
"[SEMEANDO AMOR]".

Semear amor e carinho,
é muito importante,
não só para amante,
mas em todo caminho.

Verá o renascimento,
de paz e fraternidade,
em toda a humanidade,
com pureza e sentimento.

Sentirá no coração,
o labor da harmonia,
florescer em alegria,
na mais linda emoção.

Receberá a recíproca,
do iniciante ao mais velho,
refletindo como espelho,
até no hipócrita...
 
 "[SEMEANDO AMOR]".

"[O CAÇADOR DE NOTÍCIAS]".

 
"[O CAÇADOR DE NOTÍCIAS]".
 
"[O CAÇADOR DE NOTÍCIAS]".

Victor sujeito letrado,extremamente curioso
andava pela cidade à procura de notícias.
Em tudo que via,virava matéria para o pequeno jornal.
Desde um ovo com duas gemas,até um assassinato
fofocas de vizinhos,o padre politicando,
Victor ia escrevendo e editando,sem se importar com as consequências,ou de como repercutiria,
ele queria mesmo era reportar.
Quando passava sempre perguntando."Novidades?"
Quase toda a população temia essa cabeça fértil
e a caneta nervosa de Victor.
Um certo dia,deparou com um carro velho estacionado numa ruazinha deserta,curioso como era,foi espiar.
Dentro do carro,encontrava-se um casal entre beijos e abraços.
Vitor fez de tudo para que pudesse registrar
aquela cena,que seria o seu maior furo,já feito para o jornal.
Pois o casal que ali estava,o rapaz era de uma família humilde e a moça esposa do delegado local.
Cheio de euforia fotografou,e imediatamente foi para a redação redigiu o texto imprimiu as fotos editou,e na próxima edição colocou em circulação,vendeu tudo.
Dias depois dessa notícia,foram encontrados
dentro de um carro velho,em uma ruazinha deserta
três corpos crivados de balas.
Um era o rapaz de família humilde,
o outro da esposa do delegado e por último o outro corpo,era do Victor o caçador de notícias que virou notícia nacional...
 
"[O CAÇADOR DE NOTÍCIAS]".

"[ANJOS DO BEM II]".

 
"[ANJOS DO BEM II]".
 
"[ANJOS DO BEM II]".

Um extenso corredor,
com sequencia de portas,
atrás de cada uma tem dor,
e os anjos de branco confortas.

Com imensas dedicações,
nas bandejas que carregam
variadas medicações,
nos pacientes às empregam.

Dias e noites adentro,
com suma perfeição,
nos tem como centro,
da sua inteira atenção.

Logo após termos alta,
não queremos ali voltar,
mas sentimos a falta,
desses anjos à nos cuidar...
 
"[ANJOS DO BEM II]".

"[A POESIA]".

 
"[A POESIA]".
 
["[A POESIA]".


Nos faz viajar com calma
Não só em corpo,
Mas também na alma,

Com ela ouvimos sons
De músicas suaves
Nos seus belos tons

Sentimos o bem estar
Bom gostoso e diferente;
Parecendo que podemos voar


Invade com sonho belo
Fantasia sem perigo
Saldando em paralelo

Versos importantes aparecem;
Momentos felizes que vivemos;
De tantos feitos que enaltecem...
 
"[A POESIA]".

"[ETERNOS JOVENS]".

 
"[ETERNOS JOVENS]".
 
"[ETERNOS JOVENS]".

Não reparar nos traços do tempo
que expressamos através do olhar
e sim,ver refletir o crescimento
e junto com ele compartilhar.

Sem se perder nos passos cansados
que fazem nosso andar devagar
levando todos bons comportados
onde construímos com belo estar.

Não ouvir a rouquidão da voz
naqueles sussurros de carinho
só guardar aquele timbre que nós
acalentávamos-nos em nosso ninho.

Assim,nunca vamos envelhecer
pelo bem de tudo o que vivemos
entre esse formoso amar e crescer
jovens eternos felizes seremos...
 
"[ETERNOS JOVENS]".

"[LIÇÃO DE BONDADE]".

 
"[LIÇÃO DE BONDADE]".
 
"[LIÇÃO DE BONDADE]".

Dra.Esmeralda com 61 anos de vida bem vividos,
ainda trabalhava em sua farmácia que foi herdada do seu pai.
Ela pouco trabalhou ali pois era médica em tempo integral.
Só estava na farmácia para ocupar a cabeça e o seu tempo,e por gosto também de sempre ser útil para a comunidade do bairro.
Fazia consultas para todos que a procuravam,
sem cobrar nada,era especialista eu traumatologia.
Todas as manhãs,ela se dirigia para o trabalho,isso mesmo depois de aposentar-se,não faltava um dia sequer,era querida e adorada por todos que à conheciam e conviviam com ela.
Muito alegre,disposta,cumprimentava os funcionários sempre com um abraço e um beijo.
Isso era o início de um dia feliz de trabalho ao lado dessa pessoa maravilhosa.
Mas tudo nessa vida existe seus contra-tempos.
Numa dessas manhãs foi surpreendida por um malfeitor da sociedade,quero dizer um ladrão.
Entrou anunciando o assalto com a arma na mão fez horrores,pois naquela hora não havia dinheiro em caixa via-se logo que era um rapaz novo sem muita experiência nesse assunto pela hora que tentou assaltar a referida farmácia.
Depois de apavorar todos,já quando ia saindo sem levar nada,queria mesmo era dar prejuízo.
Deu um ponta pé na porta de vidro que separava ele da rua.O chute foi tão violento,que a sua perna ultrapassou para o lado de fora dando-lhe um tremendo corte na altura da virilha,
cortando a sua veia femural.
Para quem não sabe...Quando rompe essa veia mata menos que 5 minutos esvaindo-se em sangue.
Calmamente a velha e experiente Dra.foi até o rapaz caído no chão,tirou-lhe a arma da mão e pediu para ele que mantivesse calma que tudo iria terminar bem.
Calçou as luvas cirúrgica cortou-lhe a calça enfiou a mão dentro daquele daquele corte embebido de sangue e estancou a hemorragia.
Aguardou serenamente acalmando o rapaz, na espera dos paramédicos.
Chegaram e terminaram o procedimento de salvamento do moribundo ladrão.
Quem nasce para fazer bem,não consegue pensar no mal!!!
 
"[LIÇÃO DE BONDADE]".

"[NAMORO MINEIRO]".

 
"[NAMORO MINEIRO]".
 
"[NAMORO MINEIRO]".

Ele,
bem quetim,
xegô de mansim,
falô baxim,
com um jeitim,
bem minerim.
E disse,
te quero,
pá mim...
Ela respondeu,
com carim,
um sorrisim,
dando um bejim,
prolongadim,
oiando no zóim.
E disse,
mais que seja,
inté o fim...
 
"[NAMORO MINEIRO]".

"[DIA DO ABRAÇO]".(22 de maio)

 
"[DIA DO ABRAÇO]".(22 de maio)
 
"[DIA DO ABRAÇO]".(22 de maio).

aD'otamos esse gesto
tI'rando o preconceito
fA'zendo em manifesto

aD'entrando no peito
cO'locando no coração

pA'ra o entendimento
aB'raçar com emoção
pR'oporcionar sentimento
lA'ços de amor e amizade
aÇ'oitando a falsidade
cO'mum na humanidade...
 
"[DIA DO ABRAÇO]".(22 de maio)

"[TRANSFORMAÇÃO]".

 
"[TRANSFORMAÇÃO]".
 
"[TRANSFORMAÇÃO]".

aT'iro palavras ao vento
pR'ocurando com esperança
fA'zer em puro sentimento
aN'tecipada bonança.
aS'sistida que virá
aF'lorada com amor
fO'rmatada assim terá
bR'otos bons em flor
aM'orte a ser esquecida
fA'rta em promessa e desejo
aÇ'oitando essa ferida
nÃ'o fazendo-me,pelejo
tO'mar forma de boa vida...
 
"[TRANSFORMAÇÃO]".

"[SEU SORRISO]".

 
"[SEU SORRISO]".
 
"SEU SORRISO"

O seu sorriso
é tão belo e preciso
que emana paz
quando ele se faz
nos dando a vontade
e liberdade
de assim viver
a transcender
toda essa alegria
exposto em poesia
boa de se ler
e também escrever.
 
"[SEU SORRISO]".

"[FESTA DE SÃO JOÃO]".

 
"[FESTA DE SÃO JOÃO]".
 
"[FESTA DE SÃO JOÃO]".

No terreiro do galpão,
farra de peão,
com fogueira no chão,
é festa de São João.

Moça formosa e bonita,
vestido rendado de chita,
cabelos trançados com fita,
simbolizando a colheita.

Vem para o arraiá,
fazer rodas e brincá,
muito rojão estourá,
ver como é bom comemorá.

Nosso Santo padroeiro,
traga fartura pro celeiro,
com a fé em primeiro,
assim será o ano inteiro...
 
"[FESTA DE SÃO JOÃO]".

"[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".

 
                            "[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".
 
"[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".

Um cão do mato,aguardava na espreita que um leão
terminasse sua refeição.Atrás de uma moita ficou
ali quieto por muito tempo.
O que se ouvia naquele momento era o som das
mandíbulas do felino saboreando sua suculenta
comida,e o ronco do intestino do cão faminto.
Já perto de terminar essa espera,o cão sem per-
ceber que ali bem junto dele encontrava-se uma
cobra que desferiu-lhe um bote vindo a picar-lhe.
Nesse golpe mortal,a dor era tanta,que o coitado
além de estar com fome,sofria o efeito do veneno
da peçonhenta que se manifestava através do seu corpo.
Começou então a gemer e uivar,de tantos sofrimentos juntos.
Chamou a atenção do rei das selvas,que se aproximou
daquele moribundo agonizando de dor.
Olhou firmemente para o cão por alguns segundos,
e perguntou-lhe o que havia acontecido.
O cão já meio que sem forças contou o ocorrido,e
também qual seria sua intenção se não tivesse
acontecido essa fatalidade.
Imediatamente o leão tomou uma iniciativa inusitada é claro.
Pegou em cima do golpe mortal que a rastejante tinha feito,
e abriu uma fenda com sua unha longa e afiada deixando
que o sangue escorresse até sair o veneno.
E deu certo,resolvendo aquele problema que,
certamente seria fatal para o pobre cão faminto.
E assim o leão arrastou o cão pra perto do que restava
da caça deixando-o lá e disse...
Fique à vontade pode matar sua fome sossegado agora.
E tem mais uma coisa ressaltou o leão...
Quando estiver cuidando de algo preste muita atenção
ao seu redor,nos pequenos animais e objetos,
pois é onde que surtem os grandes efeitos.
Palavras,gesto e conselho de rei!!!
 
                            "[O LEÃO E O CACHORRO DO MATO]".

"[VIZINHOS]".

 
"[VIZINHOS]".
 
"[VIZINHOS]".

Um gato olhava firmemente para o passarinho na gaiola.
E o passarinho lhe disse...
Se me comer,deixaremos de ser vizinhos!!!
 
"[VIZINHOS]".