Poemas, frases e mensagens de Deco86

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Deco86

O Que Me Dói

 
O que me dói não é a despedida
Pois essa dor já me doeu
Por longos dias
Eu já disse adeus
O que me dói é o depois
É ter de dar sequência na vida
Quando não houver mais nós dois
Quando não houver mais alegria
O que dói é a deslealdade
A desfaçatez
A falta de caráter
A insensatez
O que me dói
É ter me deixado levar
Pela falsidade
Pela mentira
Que nesta hora se desfaz
E me deixa essa triste despedida
Essa tristeza que me corrói
E me esconde a saída...
 
O Que Me Dói

Quando Amei

 
A quem possa interessar
Quero contar
Que amei
Desmedida
E loucamente
Fiz do amor minha vida
Minha morada perene
E agora me vejo aqui
No tempo presente
Numa noite perdida
Sem saber o que sente
Aquela que um dia
Jurou-me me amor pra sempre
Me deu beijos ardentes
E noites infindas
De amor latente...
 
Quando Amei

Homenagem Ao Meu Pai

 
Durante 28 anos tive ao meu lado meu herói, meu amigo, meu conselheiro, meu confidente, meu professor, meu exemplo de homem, de conduta... Abracei, beijei, disse "eu te amo" tantas vezes, e mesmo assim, foram tão poucas que fica a vontade de te abraçar de novo pai, dizer o quanto te amo, o quanto você foi, é, e sempre será especial para mim. A vida e o amor nunca se acabam, e nós ainda vamos nos reencontrar um dia. Por enquanto, tenho que aceitar que você foi para junto dos seus, para junto de Deus, para nos cuidar lá de cima, de um modo especial.
Ás vezes tudo isso parece um pesadelo, um imenso pesadelo do qual eu vou acordar, olhar para o lado e ver você, sorrindo e me dizendo:
- Tá tudo bem filho, eu estou aqui...
Essa realidade é muito dura pai, a saudade só faz aumentar. Eu sei que você vai me ajudar a confortar nós que ficamos, que tanto te amamos e sentimos sua falta.
Eu só queria dizer pai, que sou honrado por ter sido seu filho, sou extremante grato a Deus por isso. Por ter tido um exemplo de homem, de caráter, de lealdade, de fidelidade, compaixão e amor. Sou grato por todos os ensinamentos, pelos momentos felizes e tristes, por tudo que passamos juntos. Eu sei que Deus lhe reservou um lugar especial, pois você cumpriu sua missão aqui com louvor. Nem sempre a gente entende a vontade de Deus quando as coisas acontecem, mas o tempo aclara, acalma e mostra que foi o correto. Fica com Deus pai, e saiba que nosso amor jamais acabará nós ainda vamos nos reencontrar!

Beijos, André
 
Homenagem Ao Meu Pai

No Ocaso da Vida

 
No ocaso da vida
Já de saída
Te vejo triste
A fitar o infinito

Neste momento
A tristeza insiste
Em aprofundar teu sofrimento
E a vida resiste

Por um curto espaço de tempo
Seguro em tuas mãos
Te vejo por dentro
E quanta beleza existe

O contraste do que estamos vivendo
Mas não fique infeliz
Pois o sol virá
Iluminar e aquecer teus dias
Enquanto este, descansará...
 
No Ocaso da Vida

Meu Pai e Eu

 
Foi fonte de vida
De amor...
Me ensinou todos os dias
Me balizou

Me ensinou lições
Que não esqueço
Me causou emoções
Que de lembrar, enterneço

Depois da missão cumprida
O eterno descanso
Mas segues comigo ainda
E sigo te amando...
 
Meu Pai e Eu

"Minha Poesia"

 
A poesia que eu faço, não pertence a mim
É do mundo
Passeia por aí
Vai saindo, saindo...
E gosto dela assim
Falo de tudo
A poesia que eu faço não tem dono
Nem rumo
É apenas um sopro
Algo que me tira do prumo
 
"Minha Poesia"

Tú...

 
Tu és meu recanto
Meu aconchego
Meu acalanto
Também meu desassossego
Motivo do meu pranto
Parte do meu desespero
Mas é em ti que encontro a paz
Em teus doces beijos
Teu amor fugaz
Tu me faz feliz por inteiro
Teu amor brejeiro
Me faz voar
 
Tú...

Sobre Meus Ideais

 
Não comercializo meus ideais
Minhas convicções
Por um punhado de reais
Não troco minhas paixões

Se o preço é ser julgado
Pago pra ver
Não me importa ser condenado
Prefiro isso á me perder
 
Sobre Meus Ideais

Sobre Escrever

 
Taxam-me de repetitivo
Todavia a vida
É algo cíclico
Um mar de ondas
Que se remexem ao sabor do destino
Preocupam-se com a forma
Porém, o que me interessa
É o conteúdo
O que a poesia expressa
Ou o que fica oculto
 
Sobre Escrever

Entregue-se

 
Entregue-se
Mas a quem te merece
A quem realmente te conhece

Muito cuidado com os cegos
Cegos de alma
Via de regra são deletérios

Tenha decoro
Se não perceberem sua beleza
Afaste-se desse fundo de poço

E não se desespere
Mantenha a calma
Pois logo logo o amor aparece
 
Entregue-se

Quando Eu Não Mais Existir

 
Quando eu não mais existir
Me procure nas estrelas
Na noite serena
Estarei com você

Quando eu não mais existir
Me procure no sol
Serei o farol
A iluminar teu caminho

Quando eu não mais existir
Me procure no vento
Virei esvoaçar seu cabelo
E passear ao teu lado por aí

Quando eu não mais existir
Me procure na canção
Que eternizou nossa paixão
Estarei sempre junto a ti

Quando eu não mais existir
Não chore
Pois não será a morte
Que me afastará de ti...
 
Quando Eu Não Mais Existir

Poesia Feminina (3)

 
Sou barco a vela
Sou aquela
Que te leva ao paraíso
Te faz voltar a ser menino

Sou fogueira
Que te aquece
Te esquenta
E você nunca esquece

Sou tua flor
Teu riso
Sou teu amor
Meu querido
 
Poesia Feminina (3)

Te Amo Pai

 
Os dias ficaram preto e branco
Perderam a graça...
Dói tanto, tanto
Mas não há nada que eu faça

Que lhe traga de volta ao meu canto
Sinto-me de mãos atadas
Só queria te dizer, pai
Uma vez mais
Que te amo tanto
Te amo demais
 
Te Amo Pai

Sobre Livros

 
Uma das coisas mais tristes desta vida, é um livro esquecido na prateleira...
 
Sobre Livros

Vida Que Segue

 
Não alimento mais esperanças vazias
E aos poucos perdi a alma de menino
Sei que a vida não será mais com foi um dia
E por vezes sinto-me triste por isso
E sigo
Lutando apenas por um pouco de calma
Tentando não me perder pelo caminho
Perseguindo a constância
Equilibrando-me na corda bamba
 
Vida Que Segue

Ás Vezes

 
Ás vezes o que eu preciso
É de uma mesa de bar na calçada
Uma cerveja gelada
E alguns amigos

Ás vezes o que eu preciso
É de um bom vinho
Chamego, carinho
Dormir agarradinho

Ás vezes o que eu preciso
É de um chacoalhão
Alguém para me dizer não
Me colocar de volta no rumo

Ás vezes o que eu preciso
É de alguém para me socorrer
Para me entender
Me conhecer

Ás vezes eu preciso de tudo
Ás vezes eu preciso de nada
Ás vezes eu quero luxo
Ás vezes eu sou desgraça
 
Ás Vezes

Um Certo Alguém

 
Eis que um belo dia
Você conhece alguém
Que muda por completo sua vida
E você não se contém

Ela chega trazendo novo viço
Novas cores
Novo sentido
Novos sabores...
 
Um Certo Alguém

Impotente

 
Quis escrever
E escrevi tão pouco
Quis correr o mundo todo
Sem poder

Fiquei aqui
Parado
Não me movi
Estou calado
 
Impotente

Viveria Tudo Outra Vez

 
Se tivesse que viver tudo outra vez
Viveria sem problemas
Pois foi minha história que me fez
Como minha "casca" hoje se apresenta
Se tivesse que fazer tudo de novo
Repetiria todo o esforço
Todas as alegrias
E os desgostos
Os mesmos erros
Para ser quem hoje eu sou
 
Viveria Tudo Outra Vez

Somos

 
Somos todos
Somos poucos
Somos poesia
Tristeza e alegria
Verdade incontida
Difícil de ser traduzida
Somos lúcidos
Loucos lúdicos
Devassos e puros
Somos presença e distância
Somos infância
Natureza morta
Medo atrás da porta
Verdades e mentiras
Realidade perdida
Batalha vencida
Prazo de validade expirado
Poeta inspirado
Incitado
Excitado
Somos coesão e contradição
Somos paixão
 
Somos