Poemas, frases e mensagens de MASOCORRO.DESOUSA

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de MASOCORRO.DESOUSA

Volúpia

 
Volúpia
 
Luz e sombras noturnas

Traça lâminas ... Taça imune

A Volúpia fazer Querer ... Parte de Mim

Soberbo Desejo Mais Que mortais

Eu me perdi. Terrivelmente apaixonado

Ma Socorro
 
Volúpia

Na Asa dos Sonhos

 
Na Asa dos Sonhos
 
Oh brisa do orvalho
Em rodopio secreto
Leva os sonhos ao vento
Pranto d’alma em retalho

Ao enleio dos teus olhos
Beija lágrimas em espelhos
Razão de coração partido
Crispa a luz. Miro proibido

Na asa brilhante dos sonhos
Giro sem adorno. Ausente
Ilusões dissipam carinhos

Vento vai… Cone eloqüente
Enganos eriçam nos caminhos
Fixam a saudade presente

Ma Socorro
 
Na Asa dos Sonhos

Não Digas Não [1]

 
Não Digas Não [1]
 
Não Digas Não

Surge sensível a tua luz
Súbita emoção o que sinto
Enche-me de alegre encanto
No teu riso que me conduz

Penetra com lívido ardor
Teu olhar em afago cativante
Aconchega-me sem pudor
Tua boca emocionante

Beleza da manhã não digas não
Vem! Beija os meus lábios
Vibra em tua boca louca paixão

Corpo e alma. Eloquentes desvarios
Tocou meu coração. Não digas não
Oh Me completas... Sem mistérios.

Ma Socorro
 
Não Digas Não [1]

Por Te Amar

 
Por Te Amar
 
Por te amar confesso em memória
Fascina-me tão precioso encanto
Tanto querer… Seduz. Confesso.

Em caminhos quase precisos
Paixão sem medida a ti confesso
Cinge-me a mão em sonho real

Por te amar só a ti confesso
Noites quentes cativa a memória
Coração atento cheio de saudade

Por te amar confesso em silêncio
Perplexo a tua beleza. Suspiros…
Quero-te! Loucamente só a ti confesso.
Ma Socorro
 
Por Te Amar

O Amor

 
O Amor
 
O amor que saltitava distante
Quero agora ter perto de mim
Consumir a paixão a cada instante
Viver o amor que toma conta de mim

Quero para mim o teu amor
Amor que me rasga a alma
Quero sentir o prazer abrasador
Dos teus carinhos que me acalma

Amor, meu lindo, lindo amor
Destila nos meus lábios o teu néctar
Sacia o meu desejo de amar-te...

Renovar a cada segundo este amor
É acreditar, querer e selar...
Amor, que bom é amar-te....
MA SOCORRO
 
O Amor

Eu Escolhi Você

 
Eu Escolhi Você
 
Eu escolhi você
Para pronunciar com desejo: Eu te Amo!
Para unir nossas almas neste enlace
Para sem medo viver este sonho
Para dizer o quanto te quero
Para sentir o aconchego do amor
Para ser notório o amor que sinto
Eu escolhi você
Para viver todos os dias esta paixão
Para ti entregar meu coração
Para ser a flor do álamo, significa que
Sentimentos profundos são sentidos
Minha alma apaixonada sempre te ama
Tu és o suficiente em minha vida
Eu te amo tanto assim... Te amo!

Ma Socorro
 
Eu Escolhi Você

Casas Comigo? [1]

 
Casas Comigo? [1]
 
CASE-SE COMIGO

Que lindo sonho
Assim... Cheio de cor
Se me amas... Com fervor
Casas comigo
Embarquemos neste amor
Conceda-me a tua mão
Aceitas casar comigo?
Tira-me do tédio
Deste vazio
Surpreenda-me com um beijo
Que sele este momento
Teu olhar meigo e sucinto
Saltita no peito o vermelho
A luz vira como fogo
Nas minhas veias agitadas
Corando a minha face
Teu sorriso é doce
Embriaga-me os teus lábios
Tua boca sopra minha mente
A emoção toma conta de mim
Só em imaginar neste enlace
Deixa acontecer
Apaixonadamente
Ma Socorro
 
Casas Comigo? [1]

Destino

 
Destino
 
DESTINO
A luz dos meus sonhos
Alcança os raios da manhã de sol
Estender a mão em direção ao destino
Quebram em meu ser todas as regras
Ao longo do tempo
Eu sinto sua falta

Nunca esqueça o embaraço em perigo
Desde sempre... Irresistível
Ma Socorro
 
Destino

Seus Lábios

 
Seus Lábios
 
Seus lábios invadiram minha memória
No meu cabelo fixa uma bela trança
Nos meus lábios o batom que tu aprecia
Sem esquecer o perfume que nos enlaça

Para meu amore a veste mais linda
Que logo tuas mãos desnudam em ânsia
Teus beijos desatam meus cabelos com audácia
Ama-me ali mesmo. Sou rainha. Sou querida.

Na minha boca pousem os teus beijos
Saciam em mim os teus loucos desejos
Meu amor imponderável! Te amo tanto…

Rasga a essência. Eriça a vida em canto
Define-me agora com mil beijos insanos
Quero tua boca beijar. Atenua os enganos
Ma Socorro
 
Seus Lábios

Revoar

 
Revoar
 
Neste revoar
De encontros e desencontros
Em místico encanto
O amor é o céu para viver
Viver a felicidade
Nesta irradiação invisível
Tenhamos sempre fé
Para viver o amor
Na simplicidade
De eterna serenidade
Sem formalidades
Alguns instantes de pura paixão
Encontros de felicidades
Desencontro em gravidade
Fênix luzente do amor
Dá-me a luz do teu coração
Em gotículas de saudade
Resta-me lacrar teu nome
No areal do meu coração
Neste revoar em verdade
Corações se unem...
Sublimes partículas
Sabor das emoções...
Felicidades
Por te amar demais.

Ma Socorro
 
Revoar

Teu Olhar

 
Teu  Olhar
 
Encanta-me a luz dos olhos teus
Que me permite em ti tocar
Potencial calor abrasa meu coração
Seduz-me o brilho do teu olhar
Beleza de luz que me fascina
Capaz de iluminar minha solidão
Impacto radiante dos meus crepúsculos
Por mil noites quero te amar
Celebra uma explosão irresistível
Deslumbrante raio de única essência
Me desperta aquecendo em chamas
Queima as desilusões nos vendavais
Intensa luz. Brilho que me despe
Raio de alegria. Luz que me ilumina
Fonte de minha saudade

Meu Sol. Vida minha!

Ma Socorro
 
Teu  Olhar

Luz do Amor

 
Luz do Amor
 
Neste Natal celebremos com luz
A luz do nosso olhar
Olhemos para a Estrela que guia
Ilumina os caminhos, nosso andar
Luz que conquista Belém de Judá
Traz Boas Novas de grande alegria
Glória a Deus nas alturas,
Paz na terra,
Boa vontade para com os homens
Alegremo-nos com grande júbilo
Ofertemos o nosso tesouro em dádivas:
Ouro, incenso e mirra
Ao menino Jesus
A Luz do mundo
Haja muitas luzes
No Ano Novo 2015
Cantemos um Novo cântico
Harmonia, Força e Fé
Espalhemos as Boas Novas
Alegrem-se e regozijem-se as Nações
Sabeis que o Senhor é Deus
Luz do Amor
Deus é Fiel.
Ma Socorro
(Texto para Revista Varaldo Brasil - dez 2015)
 
Luz do Amor

Felizes Para Sempre [1]

 
Felizes Para Sempre [1]
 
Em noite sem luar
Sonho em te amar
Estrela da manhã
Sol que me abrasa

Brilha na brisa do alvor
Guia o farol para o mar
Ápice em beleza exuberante
Esbanje raios ao revoar

Ardor do sol resplandecente
Surpreende-me a tua luz
Labaredas que me consome
Desde a minha alma. Amo-te!

Lapidar a tua pureza
Vais me levar à loucura
Preenche-me de amor
Minha princesa querida

Gritei ao mundo: casas comigo?
Oh você disse SIM... Eu te amo!
Em pedido de casamento
Felizes para sempre

Ma Socorro
 
Felizes Para Sempre [1]

Eu Te Amo

 
Eu Te Amo
 
Eu te amo
No amanhecer de cada dia
E antes de cada anoitecer
Na solidão o fogo inflama
Detém o pranto em minha face
Eu te amo
Quando vejo as nuvens no infinito
Quando observo os sinais do tempo
Quando me desperta e ampara
Em cada pingo de lágrima
Eu te amo
Na luz dos teus olhos
No sorriso que achegas a mim
Este coração dormente tu aquece
Cansado adormeço em teus braços
Eu te amo
O meu amor guardou para ti
Sentimento em delícia. Te amo.
Em secreto tens meu coração
De paixão deleita minha alma

Ma Socorro
 
Eu Te Amo

Janela

 
Janela
 
Meus sonhos escondem minhas lágrimas
O ímpeto embaralha em secreto cântaro
Semelhante florir de um amor tão raro
Atrai-me espreitar tua imagem em chamas

Entre as luzes concisas da nítida janela
Permite-me o silêncio invadir teu olhar
Instante memorável. Reluz o brio na cela
Impacto. Venci a mim por ti amar

Te quero em cada amanhecer. Te quero!
Completa-me com teus doces encantos
Queima meus lábios o teu néctar. Adoro!

Por ti alucinado contorno átrios em gritos
Sentindo a alma cativa. Luzente raio escuro
À tua espera segredam rios em prantos

Ma Socorro
 
Janela

Incógnita

 
Incógnita
 
Perspicaz ilusão
Ataque febril a mente
Pune sem anexo e fixa
Blitz ao cálice
Hostil deslize…
Anátema!
Inerme à exegese
Ósculo em vitrine
Anátema fatal
Crava como vício
Impresso ao coração que chora
Chamejante, espumante
Insana paixão, alucinante
Impetuoso desejo
Anátema…
Amavios?
Mordaça?
Seduz-me o vigor da volúpia
Cisma o sabor nos meus lábios…
Incógnita seiva clama sem mácula
Isento a ilusão amarga
Único ágape
Resgata em anelo sincero
A esperança…
Inserir sempre o amor
Sem anátema

Ma Socorro
 
Incógnita

O Amor II

 
O Amor II
 
A generosidade e a essência da alma nos faz ver o valor das pequenas coisas.

O Amor é o que engrandece o ser humano.

Ma Socorro
 
O Amor II

Noites Frias

 
Noites Frias
 
Preenche-me o vazio
Em minhas noites frias
Acalenta o meu ser
Não me deixes sozinha
Abraça-me forte
Quero sentir o teu calor
Consumindo em silêncio
O bálsamo dos meus lábios
Na essência da tua beleza
Quero sentir o amor
Exorbitante alívio
Enche-me de ti
Cerra minhas lágrimas

Sutil e cativante sorriso
Governante supremo

Ma Socorro
 
Noites Frias

Quero Sentir...

 
Quero Sentir...
 
Quero sentir estes lábios abrasados
Despindo-me com beijos atrevidos
Intenso o sabor. Ardente de caricia
O tocar de carinho com malícia

Quero sentir esta boca que me apetece
Afogar meus desejos nela contida
O calor do teu corpo me enlouquece
Aquece a minha alma esquecida

Quando mim envolves em teus braços
Seduz-me! Desatam em delírio os laços
Quero sentir a ânsia que tu sentes

O grito silencioso emudece teus lábios
Insuperável audácia. Chamas provocantes
Sinto tua ausência em todos os silêncios

Ma Socorro
 
Quero Sentir...

O Entusiasmo

 
O Entusiasmo
 
O entusiasmo é igual ao raio que transluz o brilho em espelho opaco; quando emana chamas recíprocas torna-se contagiante e eloquente.

Ma Socorro
 
O Entusiasmo

Simples Serva do Senhor Onipotente
Professora Escritora Nordestina Poetisa Romântica
Acadêmica Correspondente da ARTPOP Cabo Frio RJ; da ANBA Niterói RJ; da ACLAV Vitória ES; da ALAF Fortaleza CE; Acadêmica Senadora (da Cultura pelo Piauí) da CONHCLA...