Poemas, frases e mensagens de CristinaNunes

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de CristinaNunes

Lusitana

 
Entre serras e mar, se foi encontrar
Nasceu a menina que só no português entende amar...
Que nos montes vê beleza
Que na praia devolve a tristeza
Polida por Deus a tempo inteiro
Atracção de paixões e algum devaneio...

Marca com flor ao peito, sem vergonha da paixão
É sincera e humilde no seu coração...
Faz das dores suas forças e das forças tira dores...

Sem saia curta mostra a franqueza
De uma mulher do norte sem qualquer frieza...
Fala de amores como só ela sabe
Do que carrega e que só no peito cabe...

Canta aos lírios, ás rosas e aos cravos
Caminha de mão dada contigo pelos prados...
Faz do seu amor uma vitória
onde com o seu companheiro quer fazer história...

Dança e se encanta na melodia da natureza
Se perde em cinco recantos da sua proeza
De vermelho a cor da sua paixão
Se destaca com seus lábios no meio da multidão...

E quando ama, mostra o seu jeito de menina, de mulher...
Que estará contigo para o que vier,
Entre quatro linhas te vai arrepiar
Com jeito de Lusitana e com fogo no olhar...

- Daniela Nunes
 
Lusitana

Senta-te aqui

 
Senta-te aqui
Vou cantar para ti...
Peço que ouças o meu coração
que se alegra com esta emoção...

Não fujas com olhar
não receies eu te gostar...
Ouve cada palavra
porque retomarei minha estrada...

Podes sorrir sim
Pois ele brilha tanto para mim
Pareces uma flor todo dia
onde guardas tanta magia?

Fica só mais um pouco
pega minha mão
sente o bater de meu coração
tão menino, tão bobo...
 
Senta-te aqui

Aquela menina

 
Aquela menina,
De sorriso rasgado
Aquela menina,
De sotaque açucarado
Aii, Aquela menina...

Uma flor da amazónia
Perdeu-se no mar
Uma pura magia
Perdi-me no seu olhar...

Sua conquista é um enigma
Seu encanto um labirinto
Ai, se soubesse o que sinto...
Meu peito pára quando se aproxima...

Ai, aquela menina
Só com seu carisma
Tocou minha mão
E roubou meu coração...

- Daniela Nunes
 
Aquela menina

São dias

 
São dias, o pensamento voa até ti
Pela tua mão macia
Pelo teu carinho, pela tua magia...
E fico assim...

Lembro que não esqueço
do teu pequeno abraço
A recordar, me enlaço
Para te ver, sempre peço...

Teu sorriso trás magia
Aquele beijo me fantasia
Tens toque de Cinderela
Me iluminas como vela...

No céu te procuro
No espaço infinito
Teu olhar bonito
É, meu porto seguro...
 
São dias

Afinal é crime

 
Foram anos que pareciam eternidade
julgava ser educação, não é verdade...
Foram lágrimas sem conta
por qualquer razão, sem afronta...

Seria eu e eles os culpados
sem nunca sabermos os factos...
Uma, duas, três
Inúmeras forças cruzadas em nossa direcção
ficava então, nosso corpo marcado pela mão...

Fizemos diferente, apenas tudo igual
simples crianças tentando viver como tal...
Vi nos olhos de quem amo o sofrimento
Tinha menos de 10 anos, por não fazer nada lamento...

Após isso não vi solução
Apenas o tempo me passando para a solidão...
Todos os traumas nos separaram
E depois de tanta luta, sofrimentos não acabaram...

Hoje com vinte e duas primaveras
me vejo a tentar entender
vivo com as pressas
de quem quer acalmar o coração
que foi magoado por um alguém com frustração...

e quando acordei,
eu perguntei, descobri
Afinal é crime...

Basta de violência doméstica!
 
Afinal é crime

No jardim de Éden

 
Muitas flores em meu redor
algumas despertam o amor
Com aromas tão únicos
com vários sabores...

Caminhei mais adiante
Uma rosa deslumbrante,
Fiquei perto, senti sua fragrância
No seu vermelho existe magia...

Escrevendo para explicar
Que rosas são flores para se amar
A cada detalhe reparo mais
Que não há flores iguais...

Na memória, a pequena história...
No olhar o brilho, me perdi no seu trilho...
Maravilhosa...
Como uma estrela tem brilho
Mas é, simplesmente uma rosa...
Me deu a razão
Para a existência do coração...
 
No jardim de Éden

...

 
Eu vi ao fundo me despertou amor
Vi sua cor mulata senti calor...
Senti seu beijo de vulcão
e o meu peito entrou em erupção...

Eu olhei para sua alma
e por estranho que pareça, me acalma...
Vi um mundo alem de toda a flor
vi a beleza pura na sua cor...

Por onde vou não sei
Só sei que não posso ficar sem...
Sem a cor que me dá vida
sem ti, minha diva...

Princesa negra em meu coração
tu minha paixão
tu minha razão...
Para sempre me dá a mão...
 
...

Será que é amor?

 
Todas as noites imagino você
Perto de mim para me abraçar
Para me amar...

Vi você nesse jardim
Me perdi em caminhos sem fim...
No no único beijo
No que despertou meu desejo...

Choro com a noção que não te vou ter
a dizer o te amo
a ficar comigo todo ano...

Mas meu coração teima em recordar você
A te querer...
Quando vejo sua boca
só isso me provoca...

Pára coração
Porque quando mais me afasto mais te quero
quando mais foge, mais espero...

Será que é?
 
Será que é amor?

À deriva

 
À deriva,
Pelos olhos que me roubaram o coração
À deriva,
pela tua razão...

Vida sem direcção
Nas palavras tentação
Na tua existência
Na tua essência

À deriva,
pelo teu esquema
À deriva,
neste poema...

- Daniela Nunes
 
À deriva

Tem

 
Tem,
uma lágrima de alegria
que caí nessa cama fria
Quando lembro de...

Tem,
Aquele sorriso
aquele olhar
o beijo que pude roubar...
o dia que vieste
o dia que não foste...

O tempo voa e não para
E tudo a memória vem...
Tudo no coração vai...

Passam dias sem te ver
e a saudade vem incomodar
trazendo você à noite no meu sonhar...
Sei que comigo não vai ficar...
Que pena não saber...

Mas...
Tem,
Um sentimento por você
Tem,
Um porquê...
 
Tem

anjo meu

 
Quanto mais vou sabendo
Mais vou te querendo...
Já não te vejo
Mas ainda te desejo...

Vou vagueando por ai
Peço que Deus me cruze contigo...
Sempre recordo, esse sorriso...
Nunca pensei ser assim...

São as palavras
São os sonhos
São os segredos
São as caras...

Que tens tu? anjo meu
sem ti não sou eu...
 
anjo meu

Pequena crioula

 
Pequena crioula, que existe em ti?
Doce desses lábios não sai de mim...
Fica mais um pouco
Contigo coração fica louco...

Pequena crioula, que tens em ti?
Tudo que é teu chama por mim...
Vem ao anoitecer
Deixa-me nos teus braços adormecer...

Pequena mas grande mulher
baralha um coração qualquer
Com sua pele morena
Com seu dialecto num poema...

Pequena crioula,
contigo leva a lua
me deixa ser tua
pois minha alma está nua...
 
Pequena crioula

Alma livre

 
Minha Alma livre
Somente o corpo me prive
Do sonho da imensidão
Da fantasia da paixão...

No mundo viajar
Duas vezes me apaixonar,
Pelos encantos me levar...
Em toda a noite voar...

Minha alma livre
Da mentira, como de terra fria...
Minha alma livre
Que assim sobrevive...

Que leve a sua cor clara
Que brilha ao luar
Que o mundo teima em roubar
Por prender a alma ao gritar...

- Daniela Nunes
 
Alma livre

Mágico pecado

 
Mágico pecado, sentido
Sem forma de falar
Sinónimo omitido
Para não amar...

Vento leva o tempo
Tempo trás no vento
Aquele momento
Que carece sentimento...

Num barco navegar
Sem destino marcado
No meio do mar...

Coração apaixonado
Quer sufocar
Para nós não há lugar
A não ser sonhar...

- Daniela Nunes
 
Mágico pecado

Lusa-paixão

 
A cada dia sinto mais...
Te procuro mais...
Não encontro olhos iguais...
Não encontro água de saís...

Conto o tempo
te procuro no vento
Ele me trás a brisa
Da mulher mística...

Respiro a tua fragrância
mesmo à distância
Tua palavra com magia
Sempre minha fantasia...

Minha alma se alegra na tua presença
Naquele abraço senti esperança...
Um ser humano erra com o coração
O meu te quer sem noção...

Rainha desta cidade
Te espero em qualquer tarde...
 
Lusa-paixão

O beijo da negra

 
Era dia quando tocou o coração
quando ela chegou com o sorriso
com o olhar e a mão...
Na sua pele que só Deus sabe porque pintou
tocando você
todo homem amou...

O tempo passou
e nem sei porque você me beijou...
Levou minha alma contigo
me devolve o amor que me tirou
me devolve o amor que me roubou...

Negra do lábio mais doce
negra dos olhos mais brilhantes
negra do sorriso radiante
negra que me deixa sem jeito
negra que vai e vem...

Negra que me calou
o gosto do seu beijo
minha boca guardou...
 
O beijo da negra

Negra África

 
Negra África...

Música fervorosa
Batuque sua proeza
E na sua alegria
Não existe tristeza...

Sangue puro
raça distinta
É verdadeira
Não se pinta...

Força da natureza
Fascínio na sua beleza...
Pedra polida pelo mar...
Descalça em ti caminhar...

Areia quente
Céu iluminado...
No peito patente
De qualquer,teu apaixonado...

- Daniela Nunes
 
Negra África

Seu Funaná

 
No seu sangue terá herança
Essa que encanta...
Pele mulata,
Essa que não disfarça...

Tem uma dança que toca e faz remexer
Tem mais que um passo para seguir...
Escutando criolo não pode resistir
Ela levanta a saía tem que ir...

Talvez descalça
Mas sempre na dança
Essa criola te mata
essa criola te encanta...

Não deixes ela te falar
Porque seu criolo vai te chamar
Vais querer com ela ficar
Vais querer casar...
 
Seu Funaná

Verdade do mundo

 
Mais um dia, mais alguém que sofre
Onde não sei, mas sinto...
Tantos bens que não nos levam a nada
tanta boca secando sem água tão sagrada...
Tanto prazer falado
Tanto mendigo não ajudado...
Tudo que nos rodeia é tão escasso
assim como o espaço...
Dias são felizes para uns sortes para outros...
E para outros são só mortes...
De que olhos vêem esse mundo
Pensemos um segundo...
Deixe fluir essa alma...
Ao meu redor vejo tudo e não vejo nada
Vejo um deserto no meio da estrada...
Caminhamos sem sentido
E não encontramos o verdadeiro destino...
Faz diferente, pensa diferente
Ajuda alguém
Porque a tentativa sempre vence...

PS: alguém indignada com as desgraças onde se mergulha o mundo
onde as diferenças estão nas posses
uns morrem sem frio
outros morrem à fome...
 
Verdade do mundo

Você (Desabafo)

 
Eu sei que você não me vê
Mas se soubesse o quanto penso em você
Mais um poema
Mais uma lembrança
Da menina que me levou o coração
da menina que me deu esperança...

Não vai ser para mim
que seja de alguém
e que ele a ame como ninguém...

Seja feliz com ele
pois eu fico feliz por você
Eu te queria
Mas respeito a vontade de Deus...
Se ele assim quer...
Por mais que custe tenho de aceitar
Seu coração pertence a outro alguém...
De longe te irei guardar
E quando precisar
Estarei bem perto
Para não se machucar...

Ps: gente o que se passa comigo isso é amor?
 
Você (Desabafo)